In Flames: O que esperar dos shows no Brasil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Mateus Ribeiro
Enviar correções  |  Comentários  | 

Na próxima semana,a banda In flames voltará a fazer shows na América do Sul,após longos oito anos de espera. Naquela oportunidade, a banda fez apenas uma apresentação em solo brasileiro. No histórico show realizado naquele inesquecível 15 de fevereiro de 2009, a banda executou um setlist excelente, que reuniu músicas de praticamente todos os discos lançados até 2009. Tanto os fãs da fase antiga, quanto os da fase mais moderna a banda, saíram satisfeitos do Santana Hall naquele domingo.

474 acessosIn Flames: "Eu acho estúpido", diz vocal sobre celulares em shows5000 acessosVH1: 100 melhores músicas de hard rock de todos os tempos

Pois é, nove anos e meio depois, a banda mudou (mais ainda) sua sonoridade, e passou por mudanças cruciais em sua formação. Jesper Strömblad (que não veio ao Brasil naquela oportunidade) saiu da banda em 2010, e dali em diante, a mudança se tornou assustadora. Após alguns lançamentos no mínimo controversos, Daniel Svensson e Peter Iwers também abandonaram o barco. Portanto, teremos uma banda um pouco diferente da que tocou por aqui em 2009, ao menos no baixo e na bateria, já que na passagem anterior do In Flames por aqui, o atual guitarrista, Niclas Engelin, havia sido escalado para substituir Jesper. E quanto ao som, o que podemos esperar das apresentações no Brasil?

Muita energia, em primeiro lugar. As performances da banda sempre foram muito intensas, com destaque para o vocalista Anders Fridén (que já não tem mais o mesmo alcance ao vivo, é verdade, mas compensa com muita energia). Os demais instrumentistas executam com muita precisão e presença de palco as músicas do repertório. E é aí que mora a maior dúvida da maioria dos fãs: o que a banda prepara em seu repertório?

A resposta, claro, ninguém sabe, já que não temos a capacidade de adivinhar o futuro. Porém, podemos ter uma prévia, de acordo com o as músicas tocadas pela banda nos últimos anos. Com base nesses shows, podemos esperar que a banda dê uma atenção especial para os últimos álbuns. E claro, que pelo fato da banda estar divulgando seu último lançamento, "Battles", é bem provável que o repertório conte com músicas do disco no começo, meio e fim do show.

Músicas de "Siren Charms", "Sounds Of a Playground Fading" e "A Sense Of Purpose" também aparecerão em um bom número, já que representam bem a mudança da banda na última década.

Clássicos dos discos "Come Clarity" e "Reroute To Remain" são praticamente obrigatórios no setlist. São os casos de "Take This Life" e "Cloud Connected".

Quanto aos discos mais antigos, acho difícil que toquem alguma coisa além de "Only For The Weak" (que por sinal, é o maior clássico da banda). Talvez toquem uma ou outra música de "The Jester Race", como fizeram no festival Hellfest este ano.

Analisando friamente, dificilmente a banda mudará o que vem fazendo nos últimos anos, que é dar uma ênfase maior para os discos da fase mais alternativa. Entretanto, por outro lado, existe uma outra situação que pode se tornar realidade. Como a banda pelo nosso continente apenas uma vez, pode apresentar surpresas em seu repertório, acrescentando clássicos que muitos fãs daqui gostam, casos de músicas dos estupendos "Whoracle" e "Colony", ou de "Pinball Map", por exemplo.

Acho difícil que mudem muita coisa, e sinceramente, gostaria, e muito, que a músicas dos últimos discos não fossem a base do show. Porém, é praticamente certeza que os últimos três discos construam a estrutura do show.

Resta aguardar, e torcer para que os caras reservem algumas surpresas para o pessoal da América do Sul, que tanto esperaram para receber a banda de braços abertos. De qualquer forma, podemos esperar um ótimo show, com muita emoção e profissionalismo.

Falta pouco. No próximo domingo a banda desembarca na Colômbia, e dia 19, chegam até o Brasil, para tocar em Belo Horizonte.Até lá, fica a dúvida, e a esperança de ver uma apresentação memorável.

Desejo a todos os fãs ótimos shows, e para quem for até o show em São Paulo, espero poder curtir com vocês!

In Flames We Trust!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

474 acessosIn Flames: "Eu acho estúpido", diz vocal sobre celulares em shows1392 acessosIn Flames: EP é um tapa na cara dos críticos de plantão1340 acessosIn Flames: "de surpresa", banda lança EP de covers582 acessosIn Flames: Seguindo sua intuição36 acessosEm 20/02/1996: In Flames lança o álbum The Jester Race793 acessosIn Flames: show regado de cerveja e bom humor em Curitiba0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "In Flames"

Metal HammerMetal Hammer
As melhores músicas da história do Death Metal

MetalMetal
Os dez melhores guitarristas da atualidade

Metal suecoMetal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "In Flames"


VH1VH1
As 100 melhores músicas de hard rock

Led ZeppelinLed Zeppelin
Plágios, homenagens ou mera coincidência?

BehemothBehemoth
Nergal mitando em foto no Aeroporto de Guarulhos

5000 acessosElvis Presley: as últimas 24 horas do Rei do Rock5000 acessosMetallica: Lars concorda quando Bruce diz que Maiden é superior5000 acessosMetallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?5000 acessosRock and Roll: brigas internas que serviram como inspiração para clássicos (Parte I)5000 acessosMetallica: personagem de Whiplash enquadra Lars Ulrich5000 acessosAvenged Sevenfold: A mudança no visual com o passar dos anos

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de outubro de 2017


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online