Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemBaixista do Faith No More diz que integrantes odiavam músicas do "The Real Thing"

imagemOzzy acha que suas novas músicas deveriam ter sido gravadas pelo Black Sabbath

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemA história da capa de "Christ Illusion", que fez o Slayer ter problemas

imagemRevista Veja diz que Rock in Rio virou "túmulo do rock" e explica motivo

imagemAntes mesmo do fim do primeiro semestre, Mike Portnoy escolhe seu "Álbum do ano"

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemSem ter o que fazer, guitarrista do Journey comprou 150 guitarras durante a pandemia

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemO show do Angra em que Edu Falaschi se sentiu um vitorioso com a mãe na plateia

imagemO álbum de David Bowie que Mick Jagger disse que achou "horrível"

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado


In-Edit

Dokken: os integrantes que cantavam tão bem quanto Don Dokken

Por Igor Miranda
Em 05/04/17

Bandas de hard rock, em especial da safra oitentista, destacaram-se por, entre outros motivos, contarem com bons vocalistas. E não falo apenas do cantor principal, mas, também, aos músicos que assumiam outros instrumentos e ainda providenciavam bons backing vocals.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A sequência de listas abaixo podem mostrar um pouco deste contexto. Parte dos músicos citados são de bandas de hard rock.

Voz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte I)

Voz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte II)

Voz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte III)

Neste cenário, uma banda que se destaca é o Dokken. Além de Don Dokken, que assume os vocais principais, o baixista Jeff Pilson, que fez parte do grupo de 1983 a 1989 e de 1993 a 2001, e o baterista "Wild" Mick Brown, que ainda integra a line-up, também são donos de bons timbres de voz.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No Dokken, Jeff Pilson foi quem mais se destacou como co-vocalista ao longo dos anos. Ele já assumiu o microfone em trechos de algumas músicas, especialmente nos shows.

Já no acústico "One Live Night" e no disco "Shadowlife", Pilson se arrisca como cantor principal. No primeiro registro, ele canta os clássicos "Just Got Lucky" e "It's Not Love" (música que, em versão demo, ainda na década de 1980, teve os vocais gravados por ele). No segundo, ele interpreta a faixa "Here I Stand".


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A voz de Jeff Pilson enquanto cantor principal pode ser conferida, com mais exatidão, no disco "Slave To The Empire" (2012), do T&N, que reuniu Pilson, George Lynch e Mick Brown. Além de canções autorais, Jeff interpreta "Into The Fire".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os vocais de Jeff Pilson também são aproveitados, em especial, nos shows da banda Foreigner. Ele integra o grupo e, constantemente, dá uma "força" para Kelly Hansen nos microfones.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Wild" Mick Brown, por sua vez, teve momentos mais tímidos enquanto vocalista. Apesar de colaborar com backing vocals, o único momento em que assumiu o microfone principal foi em "One Live Night". Na ocasião, ele cantou a música "Tooth And Nail".

Os backing vocals de Mick Brown também foram aproveitados durante a sua passagem pelo Lynch Mob, ainda na década de 1990. Ele integrou o grupo de 1989 a 1994 e, posteriormente, na reunião que durou de 1998 a 1999, e gravou "Wicked Sensation" (1990) e o álbum autointitulado (1992).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outros músicos com boas vozes também integraram o Dokken ao longo dos anos. Entre eles, estão o guitarrista John Norum, o baixista Juan Croucier e o vocalista Mark Boals, que tocou baixo na banda entre 2014 e 2015, além de ter excursionado com Don Dokken em uma turnê acústica.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Veja também:

Dokken: os curiosos períodos com Reb Beach e John Norum

Comente: Qual a sua opinião sobre os vocais do Dokken?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Guitarra: dez canções mais difíceis pra quem tem mãos pequenas

Ozzy Osbourne: George Lynch chorou após ser dispensado da banda



Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.