Guitarpedia: Os 10 riffs de guitarra mais complicados da história

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Adrian Dragassakis, Fonte: Ultimate-Guitar, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em uma votação popular pela Ultimate-Guitar.com, foram eleitos os 10 riffs mais intrincados, “embaçados”, enfim, os mais complexos da história da guitarra. E o vencedor foi... Smoke on the Water! (Calma, é brincadeira).

124 acessosGuilherme Costa: demonstrando técnicas em 5 clássicos do rock/metal5000 acessosComo enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do Whiplash.Net?

A seguir, a lista dos 10 riffs mais complicados. Claro, que por se tratar de uma lista, nem todos concordarão, pois sempre vai faltar “aquele” riff que você passa anos estudando e o considera muito complexo. Escreva nos comentários se houver algum que não esteja na lista.

10 - Led Zeppelin – Black Dog

Black Dog foi realmente uma das primeiras músicas a introduzir riffs complexos para o reino do rock. O riff em si não foi escrito por Jimmy Page como se poderia supor , mas pelo Sr. John Paul Jones, o baixista. Aqui está o que ele tinha a dizer:

“Eu queria escrever um ‘blues elétrico’, mas que não poderia ser muito simples. Mostrei aos caras e colocamos na música.”

9 – Cannibal Corpse – Frantic Disembowelment

Tomando uma grande virada em termos de peso , Cannibal Corpse estão com a posição 9, com " Frantic Disembowelment , " um riff agitado apoiado por letras sangrentas sobre a mesma coisa mencionada no título . A canção é creditada ao baterista Paul Mazurkiewicz e guitarrista Pat O'Brien .

8 – Joe Satriani – Satch Boogie

Não apenas o solo é complexo aqui, mas o riff é igualmente intrincado. É de Satch que estamos falando e o domínio da guitarra simplesmente, é com ele!

7 - Metallica – Blackened

Indiscutivelmente, o único grande riff que Jason Newsted criou para o Metallica. "Blackened" é mais uma obra de um baixista para a lista. E mais uma vez, a canção tem a palavra "Black" nela. De qualquer forma, aqui está o que Jason disse sobre a coisa toda:

“Sim, o riff principal é meu. Eu o escrevi no baixo, apesar de tudo. Eu só estava na banda por um tempo muito curto. Eu ainda estava em um pequeno apartamento de um quarto alugado. E James viria para minha casa, como se fossemos amigos. Ele viria para jantar. Nós saímos e tocamos guitarra no sofá e era incrível para mim estar no Metallica, era a minha banda favorita, foi muito surreal.”

Visite:
http://www.guitarpedia.com.br

6 – Dream Theater – The Dark Eternal Night

Essa é uma música cheia de riffs, mas com destaque para o que se inicia aos 5:53. A qualidade da canção é atribuída a todos os músicos da banda, mas com destaque aos riffs criados pelo tecladista Jordan Rudess.

5 – Megadeth – Poison was the cure

Começando com uma linha de baixo estranha, "Poison Was the Cure" demora cerca de um minuto apenas para expulsar os congestionamentos de um riff selvagem. E por selvagem queremos dizer sim intrincado. O riff, assim como é a música inteira, é o trabalho do vocalista e guitarrista Dave Mustaine.

4 – Eric Johnson – Cliffs of Dover

Nós temos outro mestre da guitarra aqui, o Sr. Eric Johnson e seu instrumental "Cliffs of Dover". O riff melódico, juntamente com o resto da faixa, foi inteiramente escrito por Eric, que tipo de recusa a tomar todo o crédito por isso.

"Eu nem sei se eu posso levar o crédito por ter escrito 'Cliffs of Dover", disse o guitarrista. "Ele estava lá apenas para mim um dia... literalmente escrevi em cinco minutos ... uma espécie de presente de um lugar mais alto que todos nós são elegíveis. Nós apenas tivemos que escutá-la e estarmos disponíveis para recebê-lo. "

3 – Racer X – Technical Difficulties

Bem, o título já diz tudo aqui, agora não é? Partes de guitarra gravadas e produzidas por Paul Gilbert, composta por Gilbert e Scott Travis.

2 – Red Hot Chili Peppers – Snow

Se você apenas olhar para os acordes básicos, verá uma simples progressão usada na indústria do pop. Mas John Frusciante conseguiu dar-lhe algumas voltas e reviravoltas, resultando em um riff bastante complexo e uma posição surpreendentemente elevada.

1 – Animals as leaders – CAFO

Os capitães dos riffs complicados instrumentais, os Prog-Metallers dos Animals as Leaders chegam paraa reivindicar o trono da complexidade desta semana. E é graças a uma das suas músicas mais populares, "CAFO." Prog metal e jazz fusion, jovial e esmagador, está tudo lá, e na primeira posição.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 14 de novembro de 2015
Post de 22 de novembro de 2015
Post de 26 de novembro de 2015
Post de 02 de junho de 2017


124 acessosGuilherme Costa: demonstrando técnicas em 5 clássicos do rock/metal126 acessosGuitarra: Licks Aranha (misturando Satriani e Paul Gilbert)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Instrumentos"

BaixoBaixo
O melhor solo com uma só corda da história (vídeo)

MetallicaMetallica
Aria Guitars anuncia Cliff Burton Custom Bass

Guitarra do futuroGuitarra do futuro
Instrumento fabricado com impressora 3D

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Instrumentos"


Whiplash.NetWhiplash.Net
Como enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do site?

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Foi difícil evitar as drogas durante as tours

MTV UnpluggedMTV Unplugged
As 25 melhores apresentações da história

5000 acessosRaul Seixas: 10 importantes obras do Maluco Beleza5000 acessosJohnny Ramone: "Não era bom abrir o show do Black Sabbath"5000 acessosEllen Jabour: Slayer, Metallica, Guns e Judas no seu Top105000 acessosGuns N' Roses: Chris Pitman diz que escreveu besteiras porque estava bêbado5000 acessosSlayer: 10 fatos que você já sabe, mas com detalhes curiosos5000 acessosAlmir Figueiredo: o brasileiro que arrematou os óculos de Ozzy

Sobre Adrian Dragassakis

Nascido em 91, paulista, estudante de Jornalismo e músico nas horas vagas. Conheceu o Rock e o Metal com 11 anos de idade e até hoje carrega no sangue e nas veias bandas como Iron Maiden, Savatage, Dream Theater, Megadeth, entre outras...

Mais matérias de Adrian Dragassakis no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online