Ayreon: a origem da magnifica história do projeto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Guilherme Niehues, Fonte: All That Metal - ATM
Enviar correções  |  Comentários  | 


Antes de iniciar a leitura do texto abaixo, deixo claro que este não é uma resenha do álbum, mas sim, uma explanação inicial de seu compositor e qual a ideia/história por trás do primeiro álbum do projeto.
2745 acessosMetal Progressivo: 12 álbuns do 1º semestre que merecem atenção5000 acessosSeparados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

Este é o primeiro capítulo, uma vez que todos os álbuns serão comentados, trazendo toda a história de AYREON a tona, e permitindo que o leitor entenda este magnifico projeto.

Bem, vamos ao texto em questão:

No ano de 1994, Arjen Anthony Lucassen começou a trabalhar em seu projeto solo, trazendo consigo todo o experimentalismo e facetas de um multi-instrumentista. O primeiro trabalho, The Final Experiment, reviveu o que conhecemos hoje por ópera metal/rock, e não prendendo a um único estilo de rock ou metal em geral. O que nos é mostrado é uma soberba mistura de gêneros, vozes, elegância, e puramente música para todos os gostos.

A ideia inicial de Arjen era criar um álbum conceitual que fugisse dos padrões espalhados no meio musical da época, onde a maioria dos álbuns já conceituais utilizam histórias reais. Ficção cientifica, era o primeiro passo a ser adicionando a fórmula do holandês, que logo adicionou também um novo conceito entre as demais bandas, injetando vários músicos para trabalharem em seu projeto, seja através dos instrumentos ou vozes. Uma palavra poderia resumir todo o trabalho que ali estava a ser executado: ousadia.

Porém, a ousadia foi mais além do convencional, uma vez que Arjen estruturou toda a sua música e suas composições em cima de diálogos entre pessoas ou até mesmo sentimentos humanos, como será explanado em outra oportunidade. O processo permitiu que a história fosse baseada em uma narração de primeira e terceira pessoa, podendo entender o que o personagem demonstra no momento de sua fala, através da sua escrita e tom de voz/melodia aplicada.

Com quase todos os detalhes arquitetados, Arjen trouxe a tona o primeiro álbum do projeto, revivendo o metal opera, demonstrando a sua criatividade e carimbando o seu cartão de visitas ao mundo. O experimentalismo e a amarração a vários gêneros cercados de corais, vozes e um instrumental bastante rico, demonstraram a pretensão de Arjen para este projeto que até hoje continua na ativa, tendo 8 (oito) álbuns de estúdios, sem contar vários singles e compilações.

Antes de entrarmos no enredo da fabulosa história do THE FINAL EXPERIMENT, é preciso salientar que o mesmo possui 4 (quatro) atos, dividindo os eventos ocorridos da trama. Portanto, o resumo da história será retrata separadamente em seus atos e também quais músicas fazem parte de cada ato, segue um prólogo:

Prólogo
(1. Prologue)

"No ano de 2084, cientistas descobriram uma forma de enviar mensagens para o passado através da telepatia temporal. Com o planeta terra quase destruído por diversas causas, eles tinham uma esperança com o experimento: avisar o passado sobre o futuro para reverter o destino do planeta.”.

Ato I – O Inicio.
(2. The Awareness | 3. Eyes of Time | 4. The Banishment)

O receptor das mensagens telepáticas é Ayreon, um menestrel cego que vive na Grã-Bretanha do século seis. Ele viveu sua vida na escuridão desde o momento que nasceu, até que um dia tudo mudou – Ayreon podia ver imagens. O menestrel acreditou que estas visões eram enviadas a ele pelos senhores do tempo. Sem saber quanto tempo restava até que o planeta terra fosse destruído, Ayreon se propõe a contar o conto do fim do planeta cantando músicas de guerras, desastres naturais e sobre tecnologia e computadores. Os terríveis contos assustaram moradores de uma cidade que o expulsaram.

Ato II – A corte do rei Arthur.
(5. Ye Courtyard Minstrel Boy | 6. Sail Away to Avalon | 7. Nature’s Dance)

Sozinho e expulso de sua cidade, Ayreon segue até o castelo do rei Arthur, e, sendo um menestrel famoso, é permitido a ele o direito de cantar suas visões na corte do próprio rei.

Ato III – Ecos Visuais.
(8. Computer-Reign (Game Over) | 9. Waracle | 10. Listen to the Waves | 11. Magic Ride)

Merlin, o mago da corte, que possuía grande inveja das habilidades de Ayreon de prever o futuro, não está satisfeito com as mensagens contadas e decide convencer a corte de que o menestrel é um falso profeta.

Ato IV – O desejo de Merlin e o destino de Ayreon.
(12. Merlin’s Will | 13. The Charm of the Seer | 14. Swan Song | 15. Ayreon’s Fate)

Merlin acreditou que era necessário silenciar Ayreon de uma vez por todas, e, o amaldiçoa. Com a maldição concluída, Merlin percebe seu erro, porém é muito tarde para voltar atrás. O mago prevê que a mensagem chegará à mente de outro menestrel no final do século vinte...

Inegável que, para entender melhor a trama, é necessário entender o básico em inglês e ouvir cada música com a letra ao lado, permitindo associar cada rico detalhe na trama da história a ser desenrolada.

Contudo, a melhor parte do projeto de Ayreon é que a história apenas começou com o The Final Experiment, onde a evolução dos personagens, da história em si e de Ayreon possuem uma continuidade nos álbuns subsequentes lançados por Arjen. Portanto, é imprescindível que o amigo leitor, tenha um tempo para apreciar os demais álbuns com as letras para se adiantar e descobrir como termina a trama criada por Arjen no inicio dos anos 90.

Fiquem ligados, que conforme explanado no inicio do texto, existirão mais artigos referente aos demais álbuns do projeto e também novidades sobre essa magnifica história, contada por seu mestre Arjen Anthony Lucassen.

Tracklist do álbum The Final Experiment:
1. Prologue
2. The Awareness
3. Eyes of Time
4. The Banishment
5. Ye Courtyard Minstrel Boy
6. Sail Away to Avalon
7. Nature's Dance
8. Computer-Reign (Game Over)
9. Waracle
10. Listen to the Waves
11. Magic Ride
12. Merlin's Will
13. The Charm of the Seer
14. Swan Song
15. Ayreon's Fate

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Metal ProgressivoMetal Progressivo
12 álbuns do 1º semestre que merecem atenção

121 acessosNerd Metal: Ayreon, Metal Ópera de qualidade1407 acessosAyreon: apenas adicionei uma dimensão extra para a música0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ayreon"

Top 10Top 10
Álbuns conceituais

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Ayreon"

SsemelhançaSsemelhança
Separados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

Iron MaidenIron Maiden
Conheça a equipe e família que viaja com a banda

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

5000 acessosSarcófago: Wagner fala da banda, radicalismo, Ghost e muito mais5000 acessosA História Impopular dos Rolling Stones - Livro 1 - Brian Jones5000 acessosContra-baixo: as melhores introduções do Heavy Metal5000 acessosBon Jovi: Richie fala do ultimato de Jon que o tirou da banda5000 acessosKerrang: os melhores singles já lançados5000 acessosAfro-Americanos: 10 nomes que estão destruindo no metal

Sobre Guilherme Niehues

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online