Pholhas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Fonte: Site Oficial
Enviar correções  |  Ver Acessos

Numa fria manhã do mês de junho de 1968, na cidade de Sào Paulo, Helio Santisteban, Paulo Fernandes e Oswaldo Malagutti haviam acabado de sair da banda "WANDER MASS GROUP" e pretendiam montar outro grupo que tivesse mais a ver com a personalidade musical deles. Convidaram então o amigo Wagner "Bitão" Benatti, guitarrista e vocalista (autor, aliás, da música Tijolinho - um dos grandes sucessos da Jovem Guarda) que já havia tocado com várias bandas mas oportunamente estava sem banda fixa. Como os quatro rapazes tinham a mesma afinidade musical, após algumas conversas e encontros Bitão aceitou o convite e no início de 1969, mais precisamente no dia 18 de fevereiro, fizeram o 1o ensaio juntos sendo essa a data oficial da fundação da nova banda que após quase dois meses de ensaios ainda não tinha nome. Foi então que um grande amigo dos rapazes: Marco Aurélio, o Lelo, sugeriu “PHOLHAS”, que grafado com “PH” ficava um tanto quanto diferente, sendo prontamente aceito sem restrições por todos.

5000 acessosIron Maiden: 15 melhores coisas sobre o single "Speed Of Light"5000 acessosGuns N' Roses: Silvester Stallone se prepara para Rambo V com "Welcome To The Jungle"

Já com o novo nome a banda fez sua estréia oficial num baile no bairro do Tatuapé em maio daquele mesmo ano e apenas três anos depois, após muitos e muitos bailes com enorme sucesso, o “PHOLHAS” tinha conseguido incorporar ao seu patrimônio uma das melhores aparelhagens dentre os grupos musicais da época e também uma enorme legião de fiéis admiradores.

Com essa crescente popularidade era inevitável que o caminho natural das coisas fosse a gravação do 1o disco, o que tornou-se realidade em 1972 quando dois diretores da gravadora RCA Victor foram a um ensaio dos rapazes ficando impressionados com a qualidade instrumental-vocal e as composições da própria banda, a qual havia optado por cantar e compor em inglês, até porque na época 90% da programação das rádios e TVs era de sucessos internacionais e a MPB não tinha a mesma força atual.

O “PHOLHAS” lança então em setembro de 1972 o LP Dead Faces do qual foi extraido um compacto duplo com as canções My Mistake, Pope, Shadow of love e My first girl, que chegou ao 1o lugar das paradas apenas 3 meses após o lançamento, vendendo a fabulosa quantia de 400.000 cópias!, isto lhes concedeu o primeiro disco de ouro da carreira. Nesta época o grande público chegou a pensar que o “PHOLHAS” fosse um grupo americano, coisa que os rapazes sempre fizeram questão de desmentir explicando que eram apenas 4 brasileiros cantando em inglês a fim de internacionalizar mais suas próprias canções, a exemplo do que também fazem hoje em dia alguns grupos nacionais como o “Sepultura”; a seguir vieram as canções She Made Me Cry, I Never Did Before e Forever, todas com vendagem superior a 300.000 cópias, firmando o “PHOLHAS” como um dos maiores fenômenos no cenário “pop” musical brasileiro o que levou a RCA a lançar o LP Dead Faces, em 1975, na Espanha e em toda América do Sul com o título “HOJAS” dando mais um disco de ouro ao grupo.

Em 1977, após 4 anos de seguidos sucessos, a banda (bem como também a maioria dos artistas dessa época) viu-se um pouco perdida no meio da nova onda mundial que surgia e que estava fazendo a cabeça da moçada: a "discotheque", tipo de música "mecânica" que reinou absoluta em todas as casas de "shows", clubes, rádios e TVs durante um bom tempo. Os rapazes do "PHOLHAS" não estavam dispostos a fazer esse tipo de música, que nada tinha a ver com a filosofia do grupo, preferindo dedicar-se mais à montagem do próprio estúdio de gravações e ensaios, mas por força de contrato e cedendo às fortes pressões da gravadora lançaram o LP "O som das discotheques" contendo "covers" dos principais sucessos do gênero chegando a vender 150.000 cópias. Nessa época o tecladista Hélio Santisteban resolveu fazer carreira solo e em seu lugar entrou Marinho Testoni, ex "Casa das Máquinas". Este fato fez com que o "PHOLHAS" experimentasse uma mudança radical no trabalho que até então vinha fazendo, sendo lançado no final de 1977 um dos melhores discos já elaborados pelo grupo, totalmente voltado para o rock progressivo com "pinceladas" do bom e velho rock’n’roll tradicional e todo cantado em português , da maneira como os rapazes já vinham querendo fazer a algum tempo. O LP não chegou a ter uma vendagem igual aos anteriores mas acabou virando "cult"e ainda hoje é muito disputado pelos colecionadores.

No ano seguinte, em 1978, é a vez de Oswaldo Malagutti deixar a banda para dedicar-se exclusivamente ao estúdio de gravações, sendo substituido pelo excelente baixista João Alberto, que como Marinho Testoni também tocou no "Casa das Máquinas".

Bitão, Paulo, João Alberto e Marinho, esta formação permaneceu até o final de 1979 quando o tecladista Hélio Santisteban retornou ao grupo e os rapazes resolveram retomar o antigo esquema de trabalho que os consagrou cantando e compondo em inglês lançando então o LP "Memories" no início de 1980. Alguns meses depois, com a saída de Marinho em 1981, o "PHOLHAS" teve a última e definitiva mudança, que é a formação atual:

Bitão - guitarras e vocais
Paulo Fernandes - bateria e vocais
Hélio Santisteban - teclados e vocais
João Alberto - baixo e vocais

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net



Musical BoxMusical Box
Pholhas, Casa das Máquinas e Womp! na estréia da coluna

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Pholhas"


Iron MaidenIron Maiden
15 melhores coisas sobre o single "Speed Of Light"

Guns N RosesGuns N' Roses
Stallone se prepara para Rambo V com clássico

Metal/HardMetal/Hard
Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais

5000 acessosMúsica Clássica e Metal: estudo diz que fãs são parecidos5000 acessosHipgnosis: as dez capas de álbuns mais famosas5000 acessosSarcófago: Wagner fala da banda, radicalismo, Ghost e muito mais5000 acessosUltimate Classic Rock: As 10 maiores bandas de rock americanas2300 acessosAxl Rose: ex-empresário contratou satanista para jogar feitiço nele?4205 acessosMetallica: decoração de Natal com "Enter Sandman"