Matérias Mais Lidas

Charlie Brown Jr: Marcão diz que filho de Chorão mente ao falar em dívida impagávelCharlie Brown Jr: Marcão diz que filho de Chorão mente ao falar em dívida impagável

Zakk Wylde: o riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocarZakk Wylde: o riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocar

Exodus: acordei e estava fora da banda, isso quase acabou comigo, diz ex-guitarristaExodus: "acordei e estava fora da banda, isso quase acabou comigo", diz ex-guitarrista

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt CobainNirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain

Metallica: quando Tracii Guns encontrou James Hetfield bêbado num bar em Nova YorkMetallica: quando Tracii Guns encontrou James Hetfield bêbado num bar em Nova York

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Ian Gillan: Dio e Klaus Meine, dois baixinhos junto com o giganteIan Gillan: Dio e Klaus Meine, dois baixinhos junto com o gigante

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Charlie Brown Jr: filho de Chorão dá sua versão sobre briga com Thiago e MarcãoCharlie Brown Jr: filho de Chorão dá sua versão sobre briga com Thiago e Marcão

Alter Bridge: Não sei se Deus existe, mas espero que exista, diz Mark TremontiAlter Bridge: "Não sei se Deus existe, mas espero que exista", diz Mark Tremonti

Linkin Park: Evanescence e Halestorm cantam cover em homenagem ao falecido vocalistaLinkin Park: Evanescence e Halestorm cantam cover em homenagem ao falecido vocalista

Gloria: quanto a banda ganhou para tocar no Rock in Rio 2011 - e quanto sobrouGloria: quanto a banda ganhou para tocar no Rock in Rio 2011 - e quanto sobrou

Cradle of Filth: há liberdade criativa ou Dani Filth dita tudo?Cradle of Filth: há liberdade criativa ou Dani Filth dita tudo?

Megadeth: baixista Felipe Andreoli grava cover da clássica Holy Wars; confiraMegadeth: baixista Felipe Andreoli grava cover da clássica "Holy Wars"; confira


Stamp
Tarmat

Ablaze My Sorrow

Em 06/04/06

Por Gustavo Fiali

Ablaze My Sorrow surgiu em 1993 em Falkenberg na Suécia da iniciativa do guitarrista Magnus Carlsson e do também guitarrista e vocalista Martin Qvist (ex Aphocrypha, The Ancient Rebirth e Fall fron Grace), de criar um novo estilo encima do black metal da época. Em poucas semanas os músicos já contavam com a presença do baixista Anders Brorsson e de Fredrik Wenzel na batera, também determinados a criar e direcionados a gravar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No final do mesmo ano produziram sua primeira demo: "For Brereavement We Cried" marcando a saída de Fredrik Wenzel e a entrada de Alex Bengtsson na bateria.

Engrenados com a mudança de baterista, pouco tempo depois estavam nos estúdios Höök para gravar a trilha promo de seu novo trabalho, chamada "The Song Of The Dancing Sins". Com a promo, a banda apresentou um estilo mais agressivo voltado para a tendência do deth metal melódico que tomava a Suécia neste período.

Em 1994 a promo teve seu primeiro contato com o público e como resultado já em janeiro 1995 a banda decidiu voltar outra vez ao estúdio de Höök para gravar sua segunda demo. Esta demo, incluía três faixas, e foi intitulada simplesmente como "Demo`95". Estas três trilhas apareceram também em seu primeiro álbum "If Emotions Still Burn". Após esta demo Martin Qvist decidiu concentrar-se apenas nos vocais abrindo caminho para o guitarrista. Roger Johansson.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Durante o verão de 1995 Ablaze My Sorrow finalmente se direcionou a gravação do primeiro álbum nos estúdios de Musik Maffian em Varberg e gravaram seu álbum intitulado "If Emotions Still Burn". O álbum lançava oito faixas de death metal melódico intenso e agressivo apresentando o estilo que a banda se propôs a criar. Após a liberação de "If Emotions Still Burn", Roger Johansson o membro que entrou para substituir Martin nas guitarras deixa a banda e é substituído por Dennie Linden.

Durante 1997 Ablaze My Sorrow foi a estúdio terminar o material para um novo álbum tendo logo no inicio da gravação uma surpresa desagradável. Antes do inicio sessão de gravação do "The Plague", o vocalista, Martin Qvist anunciou que deixaria a banda e teve que ser substituído às pressas por Fredrik Arnesson (ex-Cromlech).

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Mais uma vez com nova formação, Ablaze My Sorrow foi a estúdio para gravar o problemático "The Plage" durante agosto e Setembro de 1997. Depois da liberação do álbum, novos problemas na formação da banda surgiram e o guitarrista Magnus Carlsson, foi substituído por Anders Lundin, também vindo da ex banda de Fredrik Arnesson a Cromlech.

Ainda com problemas de adaptação pela constante troca de integrantes, a banda começou correr atrás de motivação para não acabar.

Sem vocalista em 1999 a banda convocou Kristian Lönnsjö (ex-Deification) para finalizar a constante troca de músicos. Com esta formação a banda se direcionou a composição de material para o lançamento de um novo álbum. O Anger hate and fury foi gravado em 2002, em Varberg na Suécia e está sendo divulgado em turnê européia pela banda.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Garimpeiro
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo