Tradução - Numbers - Cat Stevens

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Numbers - Cat Stevens

Traduzido por Márcio Ribeiro

  | Comentários:
Imagem

O disco Numbers é um álbum conceitual que tem como subtítulo "A Pythagorean Theory Tale", ou seja, 'Um Conto do Teorema de Pitágoras.' Durante sua excursão pela Austrália, Cat Stevens conheceu uma mulher chamada Lovejoy que lhe explicou sobre o teorema de Pitágoras. Com isto em mente, Stevens passou a contemplar a idéia de usar números como símbolos para falar das leis naturais da vida e como elas conduzem o universo.

Enquanto Cat Stevens morou no Rio de Janeiro, ele passou três meses montando a base de sua história, com personagens e trilha sonora. Essa trilha sonora é este disco traduzido aqui para vocês. Stevens depois voltou para a Inglaterra e contratou dois escritores, Chris Bryant e Allan Scoff para escrever a história que seria lançando como um livro.

Qual é a história de Numbers? Este disco sozinho não dá a total noção, só servindo o livro para saber os detalhes. Basicamente trata-se de um musical que conta a história de um planeta distante chamado Polygor com seus habitantes, os Polygons. No reino de Polygon, existe um castelo e nele, uma máquina cujo propósito único é de fazer números para servir o resto do universo. Existem apenas dez habitantes em Polygon, cada um representando um dos números de 0 a 9. O representante do número '0', de nome Jzero, acaba se mostrando ser o grande profeta do reino, vindo literalmente do nada, porém capaz de confundir todos com suas verdades simples.

O disco foi gravado no Canadá e os desenhos que acompanham tanto o álbum como o livro (que teve lançamento simultâneo) foram feitos por Cat Stevens em Paris em junho de 1975.

Whistlestar

(instrumental)

Estrela-Assobio

(instrumental)

Novim's Nightmare

Once I had a dream, that worried me
Like a drunken guillotine
Lingering just above my head
Why, why, why, why?
Why was I born "The Nine"
Cursed repeatedly
Who would know if I should die
No one needed me
Doo doo doo doo doo

Dark and empty was the place to which I'd come
Cold and silent was the house my name was on
Nine rooms and a tomb in every one
Dark and empty was the place to which I'd come

All at once my bones began to change
I was tall and young again
Sweet as rain falling on the snow
Who, who, who, who?
Who is he, who am I, and
What laid in between?
How can I say goodbye?
No one let me in
Can't see no need for Nine no more
Now it's too late to open the door.

O Pesadelo de Novim

Certa vez tive um sonho, que me deixou preocupado
Como uma guilhotina bêbada
Dependurada bem acima da minha cabeça
Porque, porque, porque, porque?
Porque eu nasci “O Nono”
Amaldiçoado repetidamente
Quem irá saber caso eu morra
Ninguém precisa de mim
Doo doo doo doo doo

Escuro e vazio era o lugar para onde vim
Frio e silencioso era a casa que levava o meu nome
Nove quartos e uma tumba em cada um
Escuro e vazio era o lugar para onde vim

De uma só vez meus ossos começaram a mudar
Eu estava alto e jovem novamente
Doce como a chuva caindo na neve
Quem, quem, quem, quem?
Quem é ele, quem sou eu, e
O que ficava entre os dois?
Como poderei dizer adeus?
Ninguém me deixaria entrar
Não vejo mais necessidade para o Nove
Agora já é tarde para abrir a porta.

Majik of Majiks

What kind of power
What kind of demon is this
Who kicks me out in shame
With every word he says
What kind of majik of majiks

What kind of war is this
That I can't fight no more
That leaves me weaponless
And nails me to the floor

What kind of power, of powers
What kind of man-
Can make me turn and see
The way I really am
Oh tell me who, oh who?

Where have my brothers gone
Why I don't see them about
They're all around him now
And keeping me out
What kind of madness, of madness

"Go on and let him in
He’s only asking for
A simple job to do
And nothing more" they said
But looking back
I see this stranger had the key
To any door he wished
With his eyes I say

What kind of majiks, of majiks
What kind of man
Can make me turn and see
The way I really am
Oh tell me who, oh who?

"Go on and let him in
He’s only asking for
A simple job to do
And nothing more" they said
"Go on and let him in."
"Go on and let him in
He’s only asking for
A simple job to do
And nothing more."
But looking back
I see this stranger had the key
To any door

Majika das Majikas

Que tipo de poder
Que tipo de demônio é isso
Que me chuta em desgraça
Com cada palavra dita
Que tipo de majika das majikas

Que tipo de guerra é essa
Que eu não posso lutar mais
Que me deixa desarmado
E pregado no chão

Que tipo de poder, de poderes
Que tipo de homem
Pode me fazer virar e enxergar
A maneira que eu realmente sou
Oh diga-me quem, oh quem?

Para onde foram meus irmãos
Porque não os vejo por aí?
Estão ao redor dele agora
E me deixando de fora
Que tipo de loucura, de loucuras

“Vá lá e deixe-o entrar
Ele apenas está pedindo
Um trabalho simples a fazer
E nada mais” eles dizem
Mas olhando o passado
Eu vejo que este estranho tinha a chave
Para qualquer porta que desejase
Com seus olhos, digo eu

Que tipo de majika, das majikas
Que tipo de homem
Pode me fazer virar e enxergar
A maneira que eu realmente sou
Oh diga-me quem, oh quem?

“Vá lá e deixe-o entrar
Ele apenas está pedindo
Um trabalho simples a fazer
E nada mais” eles dizem
“Vá lá e deixe-o entrar”
“Vá lá e deixe-o entrar
Ele apenas está pedindo
Um trabalho simples a fazer
E nada mais” eles dizem
Mas olhando o passado
Eu vejo que este estranho tinha a chave
Para qualquer porta

Drywood

You've got to learn
To brighten up your ways
Kick out your dull padded life
There's much to know
And no doors in space
They were only mirrors
You imagined in your mind
Now that you've got no place to go
And you stand alone
Know that there's just one place to be
And it's in your soul, oh

Like drywood takes to fire
The truth will come to you
Like streams that seek the ocean
They will find ways through
Like morning meets the moon
My love will guide the way
It's time to wipe your eyes now, and awake
I've come to take you over
There's much for you to do
I've come to take you over, then it's up to you

Be like the light, in the shadows
Throw down your mask and be real
Don't wish to win, and don't mind to lose
That was just a cycle like a squirrel in a wheel
Now that you've got no place to look
And you stand alone
Know that's there's just one place to be
And it is your home, oh

Like fish that seek the water
The truth will come to you
Like leaves upon the soil
They will find ways through
Like flowers seek the sun
My love will guide the way
It's time to wipe your eyes now, and awake

You say you're really with me
But you only follow me around
How much you love me yes,
But I don't want the kind of love
I have to sit down and count
You think you're free and lucky
But you're stuck behind a prison wall
How well you know yourself
But I see something else within you
That you don't see at all
You may give up your number
Disowning all your wealth
You may sell all the pieces
But you'll never never never
Give up yourself
Oh no no no.

Like drywood takes to fire
The truth will come to you
Like streams that seek the ocean
They will find ways through
Like morning meets the night's stars
My love will guide the way
It's time to wipe your eyes not, and awake
I've come to take you over
There's much for you to do
I've come to take you over, then it's up to you

Lenha Seca

Você tem que aprender
Para iluminar os seus caminhos
Livrar-se de sua vida tediosa e acomodada
Existe tanto a aprender
E nenhuma porta no espaço
Eram apenas espelhos
Que você imaginou em sua mente
Agora que você não tem para onde ir
E você está de pé só
Saiba que existe apenas um lugar para estar
E é dentro de sua alma, oh

Como lenha seca aceita fogo
A verdade chegará a você
Como córregos que buscam o oceano
Eles encontrarão seus caminhos
Como o amanhecer encontra a lua
Meu amor irá guiar o caminho
Está na hora de esfregar os olhos, e acordar
Eu vim para te assumir
Há muito para você fazer
Eu vim para te assumir, e depois é com você

Seja como a luz, nas sombras
Deixe cair a máscara e seja verdadeiro
Não deseje vencer, e não se incomode em perder
Isto era apenas um ciclo como um esquilo na roda
Agora que você não tem para onde olhar
E você está de pé só
Saiba que existe apenas um lugar para estar
E é dentro de seu lar, oh

Como o peixe que busca a água
A verdade chegará a você
Como folhas sobre a terra
Eles encontrarão seus caminhos
Como a flor busca o sol
Meu amor irá guiar o caminho
Está na hora de esfregar os olhos, e acordar

Você diz que está comigo
Mas você apenas me segue pelos lugares
Quanto você me ama, sim
Mas eu não quero o tipo de amor
Que eu preciso sentar e contar
Você pensa que é livre e sortudo
Mas você está preso atrás de uma parede de prisão
Quão bem que você se conhece
Mas eu vejo algo dentro de você
Que você não enxergou
Você pode largar os números
Abrindo mão de sua fortuna
Você pode vender os pedaços
Mas você jamais, jamais, jamais
Vai desistir de si mesmo
Oh não, não, não

Como lenha seca aceita fogo
A verdade chegará a você
Como córregos que buscam o oceano
Eles encontrarão seus caminhos
Como o amanhecer encontra a estrela da noite
Meu amor irá guiar o caminho
Está na hora de esfregar os olhos, e acordar
Eu vim para te assumir
Há muito para você fazer
Eu vim para te assumir, e depois é com você

Banapple Gas

Banapple gas, oh Banapple gas
Everybody's sniffing it Banapple gas
O-o alas!
All the world is stuck on it Banapple gas

Does it do you good, make you better
Set you healthy when you're bed-tied?
Well I don't know if it makes you well...
But it must be healthy ‘cause it don't smell

Banapple gas, oh Banapple gas
Everybody's living on Banapple gas
O-o alas!
All the world is grooving on Banapple gas

Do you know what goes inside to make it
What kind of strange spice makes it right?
Well I don't know what kind of spice
But it must be healthy 'cause it's sterilized

Banapple gas...Banapple gas
Give me more Banapple gas
O-o...o-o-o

Does it help you smile more to wake up
Make you happy just to be alive?
Well I don't know if it makes you happy...
But it must be healthy 'cause it's certified.

Banapple gas, oh Banapple gas
All the world is breathing Banapple gas
O-o alas!
No one knows what's inside it
Banapple gas Oh Banapple gas.

Gás Banamaçã

Gás Banamaçã, oh gás Banamaçã
Todo mundo cheirando gás Banamaçã
O-o que pena!
Todo o mundo viciado em gás Banamaçã

Te faz bem, te faz melhor
Ajeita sua saúde quando estás de cama?
Bem eu não sei se te deixa melhor...
Mas deve ser saudável pois não tem cheiro

Gás Banamaçã, oh gás Banamaçã
Todo mundo vivendo a base de gás Banamaçã
O-o que pena!
Todo o mundo está curtindo gás Banamaçã

Você sabe o que tem dentro
Que tipo de estranho tempero o deixa no ponto?
Bem eu não sei que tipo de tempero
Mas deve ser saudável pois é esterilizado

Gás Banamaçã, oh gás Banamaçã
Dê-me mais gás Banamaçã
O-o...o-o-o

Te ajuda a sorrir mais ao acordar
Te faz feliz apenas estar vivo?
Ben eu não sei se te deixa feliz...
Mas deve ser saudável pois é certificado

Gás Banamaçã, oh gás Banamaçã
Todo mundo respirando gás Banamaçã
O-o que pena!
Ninguém sabe o que tem dentro de
Gás Banamaçã, Oh gás Banamaçã.

Land o' Free Love & Goodbye

Oh the trees grow higher than the mountains
In the land of free love and goodbye
The river's ever flowing, fishing growing
And the God I love loves me

In the sky rides a gleam of white horses
And the glimmer clean in your eye
The bird of dawn is bringing
The simpleness of singing
And the God I love loves me

Oh the trees grow higher than the mountains
In the land of free love and goodbye
The river's ever flowing, fishing growing
And the God I love loves me.

And the Sun lies all around
And everything is as it must be
And winter lies underground
And the God I love loves me.

Terra do Amor Livre e Adeus

Oh as árvores crescem mais alto que as montanhas
Na terra do amor livre e adeus
Os rios sempre desaguando, peixes crescendo
E o Deus que eu amo, ama a mim

No céu cavalga um cintilhar de cavalos brancos
E o límpido vislumbre em seu olho
O pássaro da nascente traz
A simplicidade de cantar
E o Deus que eu amo, ama a mim

Oh as árvores crescem mais alto que as montanhas
Na terra do amor livre e adeus
Os rios sempre desaguando, peixes crescendo
E o Deus que eu amo, ama a mim.

O sol repousa por todo lado
E tudo é como deveria ser
E o inverno repousa debaixo da terra
E o Deus que eu amo, ama a mim.

Jzero

Jzero:
Well I ain't got nothing
But it don't worry me
I came to this life
Like a free-walking tree
No need to be tied
No need to be
They call me Jzero

Well I ain't got nothing
And to nothing I belong
You won't find me right
Yet you won't find me wrong
If you think about me
Don't think too long
Jus' call me Jzero.

Well I don't house no past
Never carried a key
My sun doesn't rise from under the sea
There is only one morning
Eternally...dee d'lee d'lee

Polygons:
Well he says he hasn't got nothing
But he seems to possess less
He waltzed through the door
Like a tapdance with death
What kind of fool is he?

Jzero:
No need to guess
jus' call me Jzero

Well I don't eat a lot
I do work for nothing so
If there's a job I can fill the gap
I don't need a room, bed or pillow oh
Once you've decided to trust me with time
You won't need to look back...
A doo de doo de doo

Well I ain't got nothing
But it don't worry me
I came to this life
Like a free-walking tree
No need to be tied
No need to be
They call me Jzero.

Jzero

Jzero:
Bem eu não tenho nada
Mas não me preocupo
Eu vim para este mundo
Como uma árvore que anda livremente
Nenhuma necessidade de ser amarrado
Nenhuma necessidade de estar
Eles me chamam de Jzero

Bem eu não tenho nada
E a nada eu pertenço
Você pode me achar certo
No entanto você não me achará errado
Se você pensar em mim
Não pense por muito tempo
Apenas me chame Jzero

Bem eu não abrigo o passado
Jamais carreguei a chave
Meu sol não nasce por debaixo do mar
Só existe uma manhã
Eternamente... dee d'lee d'lee

Polygons:
Bem ele diz que não tem nada
Mas ele parece ter menos
Ele valsa pela porta
Como um sapateado com a morte
Que tipo de tolo é ele?

Jzero:
Não há necessidade de adivinhar
Apenas me chame Jzero.

Bem eu não como muito
Não trabalho para nada portanto
Se houver um trabalho, eu posso ocupar a vaga
Eu não preciso do lugar, cama ou travesseiro oh
Uma vez você decidiu confiar em mim com o tempo
Não irá precisar olhar pra trás...
A doo de doo de doo

Bem eu não tenho nada
Mas não me preocupo
Eu vim para este mundo
Como uma árvore que anda livremente
Nenhuma necessidade de ser amarrado
Nenhuma necessidade de estar
Eles me chamam de Jzero

Home

Home on a kite we fly
Home on a breeze we blow
Eyeing the folks below and
Watching everybody run
Each one heading for a different place
Watching everybody hide
Each behind a different face

Home where the days are long
Back where the people are free
Home where all sides agree
And everybody has a friend, oh
And no one ever has to grab
Everybody shares the love
Giving everything they have

Forever forever your lamp will burn
Forever home forever
Would that you'd learn
That you came with nothing
So with nothing you'll return

Home

You know you're not alone
It's only 'cause you're not a home
That you feel so out of place
Forever forever your lamp will burn
Forever home forever would that you'd learn
That you came with nothing
So with nothing you'll return

Home where all the mums can sing
Back where the children don't cry
Home where you never ask why
And everybody has enough
And y'don't have to put on clothes
Nobody has to hide
'Cause everyone already knows

Casa

Para casa, em uma pipa nós voamos
Para casa, em uma brisa sopramos
Olhando o povo lá embaixo
Vendo todos a correr
Cada um na direção de um lugar diferente
Vendo todo mundo esconder
Cada um atrás de um rosto diferente

Em casa, onde os dias são longos
De volta para onde as pessoas são livres
Em casa, onde todos os lados concordam
E todo mundo tem um amigo, oh
E ninguém precisa agarrar
Todo mundo divide o amor
Dando tudo que eles têm

Para sempre, para sempre sua lamparina irá queimar
Para sempre, em casa para sempre
Poderia isto você aprender
Que você chegou sem nada
E sem nada você retornará

Casa

Você sabe que não está só
É apenas porque você não está em casa
Que você se sente tão fora de lugar
Para sempre, para sempre sua lamparina irá queimar
Para sempre, casa para sempre, isto aprenderia
Você chegou sem nada
Portanto sem nada você irá retornar

Em casa, onde todas as mães podem cantar
De volta onde as crianças não choram
Em casa, onde você nunca pergunta porque
E todos têm o suficiente
E você não precisa colocar roupas
Ninguém precisa se esconder
Pois todo mundo já se conhece

Monad's Anthem

One is the ever blazing star
Sword of the immortal world
And highest light
Yes, this is our star

Out star is ever rising
Born of the eternal lamp
And holy fire

Mighty burning mountain
The everlasting love of One is
One is one is one is one is one is
One is the ever kindling star
King of the immortal spark
In heaven's eye
Yes, this is our star
Yes, this is our star
Our star Our star

Hino de Monad

Um é a estrela eternamente resplandescente
Espada do mundo imoral
E mais alta luz
Sim, esta é nossa estrela

Nossa estrela para sempre erguendo
Nascida da lamparina eterna
E fogo sagrado

Majestosa montanha flamejante
O duradouro amor do Um é
Um é um é um é um é um é
Um é a eterna estrela flamejante
Rei da faísca imortal
No olho do paraíso
Sim, esta é nossa estrela
Sim, esta é nossa estrela
Nossa estrela Nossa estrela









Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Cat Stevens"

Yusuf / Cat Stevens: galeria completa do show no Credicard Hall
Cat Stevens: o mais importante da carreira do artista
Dia dos Pais: músicos em homenagem aos seus filhos
Ozzy Osbourne: um "Crazy Train" diferente em Washington
Coldplay: Cat Stevens perdoa o grupo por suposto plágio
Coldplay: "nós não plagiamos Cat Stevens", diz Will
Yusuf Islam, aka Cat Stevens, regrava Animals
Depois de 28 anos, Cat Stevens prepara disco
Cat Stevens receberá prêmio pela paz
Cat Stevens é barrado nos Estados Unidos
Yusuf Islam, aka Cat Stevens, lança seu primeiro DVD
Relançamento Cat Stevens para 2001

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Márcio Ribeiro

Nascido no ano do rato. Era o inicio dos anos sessenta e quem tirou jovens como ele do eixo samba e bossa nova foi Roberto Carlos. O nosso Elvis levou o rock nacional à televisão abrindo as portas para um estilo musical estrangeiro em um país ufanista, prepotente e que acabaria tomado por um golpe militar. Com oito anos, já era maluco por Monkees, Beatles, Archies e temas de desenhos animados em geral. Hoje evita açúcar no seu rock embora clássicos sempre sejam clássicos.

Mais matérias de Márcio Ribeiro no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas