McCartney & Lennon ou Lennon & McCartney? Yoko furiosa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Fonte: RockWave
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 11/12/02. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Paul McCartney deixou a viúva de John Lennon furiosa com o lançamento de seu disco "Back In The U.S.". O CD inclui dezenove músicas dos Beatles, creditadas a "Paul McCartney e John Lennon" ao invés do tradicional "Lennon/McCartney". "O que ele fez foi absolutamente inapropriado", disse o advogado de Yoko, Peter Shukat. "John e Paul tinham um acordo. Isso é muito insignificante. John e Paul discordavam a respeito de quem tinha escrito qual música. Se John estivesse aqui, ele poderia lutar por isso ou, talvez, ele nunca concordasse. Mas, o ponto importante é que John teria de estar aqui. Ele não está", acrescenta Yoko. Segundo ela, a dupla decidiu creditar todas as músicas a "Lennon/McCartney" há quarenta anos. Embora Paul não tenha comentado o assunto pessoalmente, seu porta voz, Geoff Baker, disse que o acordo era diferente e, "na década de sessenta, ficou decidido que ele poderiam trocar os nomes de lugar se assim quisesse". Paul declarou que esta era a regra na pulicação do livro "Beatles' Anthology", em 2000, vinte anos depois da morte de Lennon. O contrato de Paul com sua gravadora permite que ele modifique os créditos das músicas conforme entender e, de fato, as cinco músicas dos Beatles incluídas no disco "Wings Over America" (lançado pelos Wings em 1976) foram creditadas a "McCartney/Lennon". Por outro lado, em qualquer lançamento feito pala gravadora dos Beatles, os créditos deveriam ficar como estão. Foi aí que a briga realmente começou, em 1996, quando, no livreto do CD "Anthology 3" estava sendo escrito. O advogado e cunhado de Paul, John Eastman, exigiu que 18 músicas dos Beatles (incluindo "Blackbird", "Get Back" e "Hey Jude"), que eram creditadas à dupla, fosse passadas para o nome de Paul, omitindo-se completamente Lennon. Na época, os Beatles remanescentes se opuseram violentamente a idéia e Eastman foi obrigado a publicar uma declaração dizendo que agiu com zelo demais e que agiu sem instruções de Paul.

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Beatles
A ocasião em que Ringo Starr saiu da banda

Paul McCartney: K7 exclusivo será lançada na Record Store DayBeatles: a história do integrante temporário vai virar filmeBeatles: "Sgt Peppers" ganha edição de 50 anos com faixas extrasTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

Beatles
A influência dos Fab Four em faixas de Raul Seixas

Pattie Boyd
O infernal triângulo com George Harrison e Eric Clapton

Beatles
Como seriam as mensagens por celular entre eles?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Beatles"

Motorhead
Lemmy fala sobre Jimi Hendrix, drogas e mais

Rob Zombie
Vocalista detona Ozzy Osbourne por roubar seus músicos

Avenged Sevenfold
Cheirando cocaína com The Rev após a rehab

Nightwish: Anette não queria Floor Jansen na banda em 2012Limp Bizkit: Os visuais mais bizarros do guitarrista Wes BorlandCeltic Frost: Sombrio, brutal e revolucionárioVinnie Vincent: os obscuros últimos anos do ex-guitarrista do KissDio: algumas curiosidades inusitadas sobre o vocalistaIron Maiden: "Somos músicos, não políticos"

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online