Resenha - Enemy of God Revisited - Kreator

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Enemy of God Revisited - Kreator


  | Comentários:

Para quem já aguarda com ansiedade o sucessor do Kreator para “Enemy of God”, de 2005, os alemães mataram um pouco dessa saudade e lançaram recentemente uma espécie de versão “deluxe” englobando esses dois últimos anos após o 11º álbum de estúdio. “Enemy of God Revisited” é meio que um combo desta fase, contendo o CD inteiro com o acréscimo de duas bônus ao vivo e um DVD com shows da última tour, os videoclipes e o disco completo no modernoso som digital 5.1. Há ainda um belo encarte com letras das músicas e boas fotos, além de uma nova capa que é a cara da banda.

Nota: 9

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
Sobre o “Enemy of God” em si, não há nada novo. Ele marca definitivamente a volta do Kreator ao seu tradicional Thrash Metal, após algumas viagenzinhas em três álbuns e uma retomada, e já entrou para os clássicos do quarteto. São faixas sensacionais como a abertura, na faixa-título, e a dobradinha com “Impossible Brutality”, ou outras como a violenta “Murder Fantasies” e o início lento de “Voices of the Dead”, só para citar algumas das doze faixas. A diferença do lançamento original fica para as duas bônus ao vivo, ambas gravadas numa passagem por Busan, na Coréia do Sul: a veloz “Toxic Trace” e “Coma of Souls”, impecáveis.

A novidade vem mesmo no DVD, onde os felizardos que possuem home theater podem acompanhar a remixagem em 5.1 de todo o álbum, um trabalho do mais que competente Andy Sneap. As músicas ainda têm acompanhamento de algumas animações junto às apocalípticas letras, o que as tornou mais atrativas, já que dificilmente alguém ficaria apenas ouvindo um DVD.

Mas o melhor é poder relembrar a passagem brasileira feita também em 2005, assistindo aos 60 minutos de apresentação no lendário Wacken Open Air do mesmo ano. Fica difícil este registro superar o último DVD, “Live Kreation: Revisioned Glory”, de 2003, que foi um magnífico apanhado abrangendo toda a carreira dos alemães, além é claro, de ter a apresentação no então Directv Music Hall, em São Paulo, em 2002. Mesmo assim, é algo imperdível para quem curte o som destes caras.

O show do Wacken, apesar de curto, tem um set list bem escolhido, um som de primeira e capta muito bem a intensidade da banda tocando em casa. Em termos de imagem, a linguagem adotada remete ao último registro, por parecer sempre um grande videoclipe: trocas de câmeras a todo o momento, efeitos — principalmente na mudança de cores e qualidade de imagem — e tudo num ritmo frenético.

Fora isso, há a grande performance do Kreator por si só, que parece ter se estabilizado com um line-up poderoso: Miland "Mille" Petrozza, Sami Yli-Sirniö, Christian "Speesy" Giesler e Jürgen "Ventor" Reil. Mille parece berrar ainda mais (e mais agudo!) que em estúdio, passando toda a sua agressividade naquela pose quase corcunda em que fica à frente do microfone. Aliás, ele não mede esforços para botar fogo numa platéia já quente, como ao gritar frases do tipo: “Vocês estão prontos para matar uns aos outros?”. Na guitarra, Mille demonstra entrosamento de sobra com Sami, que dá show em seus solos, apesar de ser bem paradão no palco. Já o baixista Speesy agita tanto (e toca tanto) que o desafio é enxergar o seu rosto. E Ventor dispensa comentários, segurando com firmeza e muita velocidade a banda, principalmente com o seu bumbo duplo.

Claro que estão no set as melhores faixas do “Enemy of God”, além de clássicos como “Phobia”, “Extreme Agression” e “Flag Of Hate”. Para quem acha 60 minutos pouco, há ainda um extra. São três faixas de um show no Rockpalast, um programa de TV da Alemanha: “Reconquering the Throne”, “Renewal” e “Servant in Heaven - King in Hell”. É uma ótima chance de ver o Kreator num ambiente mais intimista, com público reduzido. Claro que eles não decepcionam.

Encerrando, há quatro videoclipes que seriam muito bem divididos em duas seções: os sérios e os toscos. “Enemy of God” e “Impossible Brutality” têm uma grande produção, profissional, e são realmente muito bons, com destaque para o primeiro, que conta a história de uma garotinha que poderia estar em qualquer filme de terror. Para esta música há ainda um making of de 10 minutos. Os outros dois são “Dystopia”, com uma animação bem tosca, e “Dying Race Apocalypse”, com atores ruins interpretando um enredo pior ainda. Pelo menos a banda não aparece nestes dois últimos!

É claro que para quem já possui o CD, parece que comprar outro não é uma boa opção. Mas para quem não tem e, principalmente, para fãs, colecionadores e outros que estejam querendo ver um bom show dos alemães, a compra se faz mais que necessária. Agora, é torcer para que a banda volte logo a quebrar tudo com um sucessor à altura de “Enemy of God”.

Formação:
Miland "Mille" Petrozza - guitarra e vocal
Sami Yli-Sirniö - guitarra
Christian "Speesy" Giesler - baixo
Jürgen "Ventor" Reil - bateria

CD:
01. Enemy of God
02. Impossible Brutality
03. Suicide Terrorist
04. World Anarchy
05. Dystopia
06. Voices of the Dead
07. Murder Fantasies
08. When Death Takes Its Dominion
09. One Evil Comes - A Million Follow
10. Dying Race Apocalypse
11. Under a Total Blackened Sky
12. The Ancient Plague

Bonus:
13. Toxic Trace (Live in Busan, Coréia do Sul)
14. Coma Of Souls (Live in Busan, Coréia do Sul)

DVD:
- Live Wacken 2005:
01. Intro
02. Enemy Of God
03. Impossible Brutality
04. Pleasure To Kill
05. Phobia
06. Violent Revolution
07. Suicide Terrorist
08. Extreme Agression
09. People Of The Lie
10. Voices Of The Dead
11. Terrible Certanity
12. Betrayer
13. Flag Of Hate
14. Tormentor

Bonus - Bootleg "Live At The Rockpalast":
01. Reconquering the Throne
02. Renewal
03. Servant in Heaven - King in Hell

Videoclipes:
01. Enemy of God
02. Making of Enemy of God
03. Dystopia
04. Impossible Brutality
05. Dying Race Apocalypse

Áudio:
Enemy Of God 5.1 DTS 96/24 Mix

Lançamento Hellion Records – nacional – 2007

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Outras resenhas de Enemy of God Revisited - Kreator

Resenha - Enemy Of God Revisited - Kreator
Kreator: reedição poderia ser mais especial


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Kreator"

Kreator: filmagem multi-câmera da apresentação no Hammerfest
Kreator: 15 anos do lançamento do álbum "Endorama"
Kreator: "Quando o sol queima vermelho"
Kreator: questionamentos sobre usinas nucleares em "Fatal Energy"
Kreator: a devastação da Terra em "Toxic Trace"
Kreator: qual álbum você salvaria e qual descartaria?
Thrash Metal: Os melhores discos lançados depois do ano 2000
Wacken Open Air: DVD oficial será lançado em Fevereiro
Melhores de 2013: as escolhas de Petrozza, Enslaved, Tankard
Claustrofobia: shows inesquecíveis com Kreator e Sepultura
Kreator: "Sempre acreditei que a música nos une!"
Kreator: ingressos esgotados para o show em São Paulo
Kreator: líder da banda fala no Wikimetal
Kreator: edição em inglês da biografia oficial sai em dezembro

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Maurício Dehò

Nascido em 1986, é mais um "maidenmaníaco". Iniciou-se no metal ao som da chuva e dos sinos de "Black Sabbath", aos 11 anos, em Jundiaí/SP. Hoje morando em São Paulo, formou-se em jornalismo pela PUC e é repórter de esportes, sem deixar de lado o amor pela música (e tentando fazer dela um segundo emprego!). Desde meados de 2007, também colabora para a Roadie Crew. Tratando-se do duo rock/metal, é eclético, ouvindo do hard rock ao metal mais extremo: Maiden, Sabbath, Kiss, Bon Jovi, Sepultura, Dimmu Borgir, Megadeth, Slayer e muitas, muitas outras. E é de um quarteto básico que espera viver: jornalismo, esporte, música e amor (da eterna namorada Carol).

Mais matérias de Maurício Dehò no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas