RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemMustaine tentou fazer hit radiofônico e acabou escrevendo a "música mais idiota" do Megadeth

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemOs 4 fatores determinantes que levaram Renato Russo a dependência química

imagemA opinião de Paul McCartney sobre a música dos Sex Pistols

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemA opinião de Slash sobre Dave Mustaine e "Rust In Peace", clássico do Megadeth

imagemIron Maiden, RATM e Soundgarden são indicados ao Rock And Roll Hall Of Fame

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemMike Portnoy escolhe os álbuns preferidos de sua adolescência


Stamp

Black Dahlia Murder: Resenha do show no Rio de Janeiro

Resenha - Black Dahlia Murder (Teatro Odisséia, Rio de Janeiro, 23/10/2016)

Por Guilherme Guerra
Postado em 01 de novembro de 2016

Pleno domingo (23/10) no Rio de Janeiro e todas as atenções de headbangers da cidade eram voltadas para o Teatro Odisséia.

THE BLACK DAHLIA MURDER retornava ao Brasil para apresentações em São Paulo, Curitiba e RJ.

A banda está inserida no sub-gênero de Melodic Death Metal e conta com o vocalista Trevor Strnad, Brian Eschbach e Brandon Ellis nas guitarras, além do baterista Alan Cassidy e do baixista Max Lavelle.

Para a abertura foram selecionadas duas bandas brasileiras: RECKONING HOUR e SIRIUN, que após um pequeno atraso na abertura da casa, inundaram a Lapa com metal nacional.

Com a SIRIUN, vimos um Thrash, puxando para o death metal, de muita qualidade. Foram poucas músicas, mas bem intensas e que deram as boas vidas ao público. Até cover do DECAPITED teve, surpreendendo bastante. Já RECKONING HOUR, apresentou um estilo mais melódico, alternando momentos de pancadaria. A banda é razoável, mas pareceu não empolgar tanto um Teatro Odisséia que aguardava a agressividade do TBDM.

A banda americana entrou e colocou o Odisséia abaixo com "What a Horrible Night to Have a Curse" seguida de "Statutory Ape". O som perfeito e o carisma da banda iam conquistando todos os que estavam ali. Trevor conversava com o público a todo momento e sempre pedia a participação puxando moshpits e com seu tradicional "muscle time" flexionava os braços arrancando até risadas.

Seguiram com "Abysmal" faixa mais melódica do novo trabalho da banda que leva o mesmo nome.

Passaram por "Nocturnal" e "Malenchantments of the Necrosphere" até voltarem para o recente trabalho com "Vlad, Son of the Dragon" e "Receipt". Nessas duas faixas ficou evidente o belo trabalho de bumbo duplo de Alan e a técnica de Brandon nos solos.

E por lá se foi a uma hora de setlist, com direito incluive a "Miasma", grande música do segundo disco da banda. Encerraram o show com a já tradicional "I Will Return".

Ao final de um show incrível, THE BLACK DAHLIA MURDER agradou todos os presentes no Teatro Odisséia com seu carisma e deixou um certo gostinho de quero mais nos cariocas.

Setlist:
What a Horrible Night to Have a Curse
Statutory Ape
Abysmal
Nocturnal
Malenchantments of the Necrosphere
Vlad, Son of the Dragon
Receipt
Warborn
Threat Level No. 3
Contagion
Unhallowed / Funeral Thirst
Miasma
On Stirring Seas of Salted Blood
Everything Went Black
Deathmask Divine
I Will Return

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



The Black Dahlia Murder anuncia primeira turnê após morte de Trevor Strnad

Death Metal: cinco bateristas do gênero que são insanos


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal