Nemesis Brazilian: Azaghal, Heia, Miasthenia, Vultos Vocíferos

Resenha - Nemesis Brazilian Tour (Brasília, 08/08/2014)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Alex Chagas
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Sexta-feira, dia 08 de Agosto vai ficar na história, com apenas uma hora de atraso, inicia-se o grande evento e primeira horda a subir no palco é a Heia de Goiânia que estava lançando seu terceiro Cd "Ritos Noturno". A horda desfila seus hinos negros, e músicas como: "Onde as Trevas Predominam", "Face do Mal", e um cover clássico de "Elizabeth Bathory" marcam sua apresentação. Com o set reduzido, a horda finaliza sua apresentação com a clássica e matadora música "Magia Negra".

Lindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da MarshallKrisiun: "Edu Falaschi não viveu o underground"

Por Místico Cultus

"Foi uma grande honra para nós participarmos desse grande evento ao lado das maiores hordas de Black metal do mundo, a organização está de parabéns, pois desde a hora que chegamos até a passagem de som, fomos muito bem recebidos e respeitados profissionalmente pela Mosh Produções.

Em seguida entra a grande horda Miasthenia, que dispensa comentários, desde o início da apresentação esbanja precisão e profissionalismo. Destaque para o guitarrista Thormianak , que entoou riffs limpos e uma presença de palco marcante. A horda esta lançando seu novo disco "Legados do Inframundo" e desfilou seus grandes hinos na ocasião, além dos clássicos como "Rituais de rebelião" e "XVI". Finalizou sua apresentação com uma música que virou clássica, imortalizada com clipe para "Entronizados na Morte". Foi aclamada pelo público e a horda sobe ao palco de novo e entoa mais um grande hino e selou a grandiosa apresentação do Miasthenia nessa noite profana.

Em seguida entra o Vultos Vocíferos, que está em turnê do álbum "Sob a Face Oculta". A horda que vem de uma sequência de show com grandes nomes do cenário negro, sobe no palco e mostra que é a maior horda de Black Metal do Brasil. A destruição segue com " Sacrificio", "Sangue e Poder", "Algoz de Deus", e os clássicos "Imperioso Satanás" e " Ecce Verme Infector. E a horda segue Destruindo em um show impecável. Destaque para a marcante presença de palco do vocalista Malleficarum.

E para finalizar os finlandeses do Azaghal, que vieram para a turnê no Brasil sem nenhum instrumento (isso mesmo) , pois ele tocaram com instrumentos emprestados das hordas do evento. Mas isto não abalou em nada a apresentação da horda, que fez uma apresentação memorável com clássicos como "Kyv "e "Agios Baphomet". Destruiu ao executar hinos do seu novo álbum "Nemesis".

Foi uma grande noite, parabéns aos organizadores e a produtora!

Acompanhe Heia no FB: www.facebook.com/HeiaOfficial
Oficial: www.blacklegionprod.com/Heia

Assessoria de Imprensa
http://www.blacklegionprod.com
http://www.fb.com/BlackLegionProd




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Heia"Todas as matérias sobre "Azaghal"Todas as matérias sobre "Miasthenia"Todas as matérias sobre "Vultos Vociferos"


Lindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da MarshallLindo Demais
Conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall

Krisiun: Edu Falaschi não viveu o undergroundKrisiun
"Edu Falaschi não viveu o underground"

Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill WardBlack Sabbath
O dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

Ozzy Osbourne: Madman dá a cura para a ressacaKiss: as 10 músicas mais "demoníacas" da bandaUltimate Classic Rock: astros da luta-livre que parecem com os membros do MetallicaOzzy Osbourne: produtor de Ozzmosis revela que o Madman não dava a mínima

Sobre Alex Chagas

Alex Chagas mora em Resende-RJ, um dos caras mais influentes da cena metal podre no interior do estado do Rio de Janeiro, dono da BLACK LEGION PRODUCTIONS que trabalha com metal sendo a produtora de eventos, assessoria de bandas, distribuição de gravadoras independentes. Ainda levou a sério por alguns anos o extinto programa de rádio FM DISINCARNATE METAL, que foi o primeiro dedicado a cena nacional de metal extremo, com Fabrício Grilo. O estilo preferido de Alex Chagas é o death metal, mas também escuta muito thrash e black metal e se dedica arduamente para que a cena nacional seja divulgada e respeitada. As colunas no Whiplash geralmente abordam as bandas nacionais que muitas vezes são esquecidas, onde os meios dão muito espaço para bandas gringas. A luta continua!!!

Mais matérias de Alex Chagas no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336