Dream Theater: O último show da turnê Norte-Americana

Resenha - Dream Theater (Auditório Telmex, Guadalajara, México, 26/04/2014)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Cesar Valadão
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Os fãs do DREAM THEATER em Guadalajara estavam eufóricos para conhecer a Mike Mangini ao vivo. A última vez que tocaram aqui na terra da Tequila, foi em 2010 ainda com Portnoy num show de arrepiar, com direito a uma "canja" de "Limelight" do Rush. Em 2011, na turnê "A Dramatic Turn of Events", o show de Guadalajara foi cancelado devido a problemas de logística.

11 de Setembro: as tristes coincidências envolvendo Slayer e Dream TheaterOito razões pra dormir com um baterista

Durante a espera para o início do show, o telão mostrava uma imagem de um céu estrelado parecido com a foto de "Along for the Ride". O show estava marcado para começar as 21h em ponto, e assim foi. As 21h as estrelas se juntam formando o "Majesty" e começa uma contagem regressiva que ao terminar, começa "False Awakening Suite" e uma vídeo-montagem com a capa de todos os discos. Seguiram com "The Enemy Inside", sendo apresentado o vídeo oficial como pano de fundo.

Seguiram com "The Shattered Fortress", "On the Back of Angels" e "The Looking Glass" também como pano de fundo o vídeo oficial. Em "Trial of Tears", LaBrie trocou "New York" por "Guadalajara". Imagino que tenha feito isso em todos os shows, mas realmente a galera ficou alucinada. Seguiu o solo do Petrucci, depois "Enigma Machime" com o pano de fundo um desenho animado com os integrantes e solo do Mangini. Apagam-se as luzes por uns segundos, aumentando a expectativa do que viria. Rudess e Petrucci iniciam "Along for the Ride" e LaBrie senta ao lado de Rudess para cantar a introdução. Iluminação perfeita, simplesmente fantástico. Seguem com "Breaking All Illusions" e ao final LaBrie pede 15 minutos de descanso e explica que "Awake" e "Scenes" estão fazendo 20 e 15 anos respectivamente e que vai tocar "algumas músicas" destes discos.

Na tela aparece um cronometro regressivo de 15 minutos, até que de repente aparece o texto de uma conversa aparentemente entre 2 computadores. Inicia o "Half-Time Show", com propagandas fictícias de bonecos dos integrantes, apresentações de fãs por todo o mundo e tal. Muito bem elaborada.

A segunda parte começa detonando "The Mirror" e seguem com "Lie". Iniciam a introdução de "Lifting Shadown Off a Dream". Eu nunca tinha visto "Lifting" ao vivo e Mangini fez umas modificações, que na minha opinião ficaram interessantes. Seguiram com "Scarred" e termina a jornada de "Awake" com "Space-Dye Vest", nunca antes tocada ao vivo. Outra vez apagam as luzes e começa "Illumination Theory", dando tempo de LaBrie se recompor. Al final sai agradecendo a todos.

No BIS, mostram uma contagem regressiva até 1928. É "Overture 1928", "Strange Deja Vu", depois seguem com "The Dance of Eternity" e terminam o show com "Finally Free".

Saem todos os integrantes e todos os que trabalharam no show para agradecer a plateia. Depois disso mostram os "créditos" como num filme, com o piano do último segmento de "Illumination Theory" para fechar esta maravilhosa experiência.

Este foi o último show da turnê Norte-Americana fechando o primeiro semestre e voltando 5 de Julho na Inglaterra para a turnê europeia, segundo o site do DT. Depois de 31 de Julho não há datas, além de 19 de Outubro no Japão, assim que torçam para que eles apareçam no Brasil no segundo semestre.

O set list desse show, igual que todos os demais desta turnê foram:

1. False Awakening Suite
2. The Enemy Inside
3. The Shattered Fortress
4. On the Back of Angels
5. The Looking Glass
6. Trial of Tears (Solo do Petrucci)
7. Enigma Machine (Solo do Mangini)
8. Along for the Ride
9. Breaking All Illusions

(Intermission)

10. The Mirror
11. Lie
12. Lifting Shadows Off a Dream
13. Scarred
14. Space-Dye Vest
15. Illumination Theory

(BIS)

16. Overture 1928
17. Strange Deja Vu
18. The Dance of Eternity
19. Finally Free

(Piano final de Illumination Theory)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Dream Theater"


11 de Setembro: as tristes coincidências envolvendo Slayer e Dream TheaterHá 18 anos: Dream Theater lançava Live Scenes From New YorkLars Ulrich: e se ele tocasse em uma banda country?Dream Theater: em 1994, o Dream Theater cravava seu nome na cena

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Dream Theater: banda lança vídeo animado de Barstool Warrior; assistaDream Theater
Banda lança vídeo animado de "Barstool Warrior"; assista

Dream Theater: banda confirma turnê no Brasil

Dream Theater: datas da turnê brasileira e início das vendasDream Theater
Datas da turnê brasileira e início das vendas

Dream Theater: banda vai executar Scenes From a Memory na íntegraDream Theater
Banda vai executar Scenes From a Memory na íntegra

Dream Theater: o habilidoso baixista caladãoDream Theater
O habilidoso baixista caladão

Dream Theater: Mangini ficou boquiaberto com The AstonishingDream Theater
Mangini ficou boquiaberto com The Astonishing

Dream Theater: LaBrie conta qual outro baterista podia ter substituído Mike PortnoyDream Theater
LaBrie conta qual outro baterista podia ter substituído Mike Portnoy


Oito razões pra dormir com um bateristaOito razões pra dormir com um baterista
Oito razões pra dormir com um baterista

Planet Rock: As músicas com os melhores solos de guitarraPlanet Rock
As músicas com os melhores solos de guitarra

Tirando a poeira do tímpano: 20 novas bandas de rock pra curtirTirando a poeira do tímpano
20 novas bandas de rock pra curtir

Guitar World: melhores solos de guitarra de todos os temposGuitarristas e vocalistas: os 10 melhores "casamentos"Ozzy: quando viu o Slipknot, ele pensou "mas que porra é essa?"Metallica: Metal Club lista do melhor ao menos expressivo álbum

Sobre Cesar Valadão

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336