Resenha - Bruce Kulick (Manifesto Bar, São Paulo, 02/02/2013)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Otávio Augusto Juliano
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Confesso que não imaginava um Manifesto Bar tão cheio para o show do guitarrista BRUCE KULICK, ex-KISS. Não por ele não ser famoso e capaz de lotar uma casa, mas pelo fato de serem muitos shows no mesmo final de semana e de KULICK já ter passado por aqui outras vezes.

3759 acessosPaul Stanley: "guitarristas não aprendem a fazer base"5000 acessosAxl Rose: sugerindo prática oral sexual a Paul Stanley

Mas quando pensei isso, certamente não me atentei para um fato muito importante: estamos falando de fãs do KISS, uma das maiores bandas de Hard Rock do planeta. Não tem jeito, qualquer evento com o nome do KISS envolvido tem grande procura. Ainda mais nesse caso, com o ótimo guitarrista BRUCE KULICK como atração principal. É garantia de casa cheia.

KULICK é muito simpático e mostrou nesse sábado que conhece como ninguém os riffs e solos das canções da banda da qual fez parte durante mais de 10 anos, o KISS. Extremamente atencioso com os fãs (ao final do show atendeu uma fila imensa de fãs, para fotos e autógrafos), o guitarrista distribuiu sorrisos e mostrou sua felicidade de mais uma vez encontrar com os brasileiros.

A abertura da noite ficou por conta da banda ROCK SOLDIERS e KULICK entrou em cena por volta das 20hs, ao lado do vocalista argentino SEBASTIAN GAVA e dos músicos da banda KILLERS (KISS Cover), grupo apontado como o melhor cover do KISS no Brasil.

No repertório, obviamente, só sucessos do KISS. Tanto da fase mascarada como da fase sem máscara, da qual KULICK fez parte de 1984 em diante. Aliás, depois de tocar “Crazy Cracy Nights”, o guitarrista lembrou dessa fase áurea e ainda brincou que essa música o fazia voltar à época dos “grandes cabelos, das roupas extravagantes e das garotas”. Recordou-se também da passagem do KISS por aqui em 1994, no festival Monsters Of Rock, com ele no comando da guitarra solo da banda.

GAVA também esbanjou simpatia com o público e não cansou de perguntar a todos em espanhol: “están pasando un buen momento?”. É impressionante a semelhança de GAVA e do vocalista do KISS, PAUL STANLEY. O argentino lembra seu ídolo não só fisicamente, mas nos trejeitos que imita no palco e no timbre da voz, que é muito parecido.

O evento teve o apoio do Brazilian KISS Army, fã-clube oficial da banda, e GAVA e KULICK foram presenteados no palco com camisetas do KISS Army com as inscrições dos nomes dos músicos na parte de trás.

“Lick It Up” fechou a primeira parte da apresentação e o bis veio com “God Gave Rock ‘n’ Roll To You II” e, claro, “Rock ‘n’ Roll All Nite”, finalizando um show de aproximadamente 1 hora e meia.

Parabéns aos músicos do KILLERS (KISS Cover) pela apresentação e aos organizadores de mais esse grande evento dedicado aos fãs dessa instituição do Rock que é o KISS.

BRUCE KULICK e SEBASTIAN GAVA voltem sempre para trazer esse talento musical e essa simpatia de vocês.

Agradecimentos ao Manifesto Bar (Silvano) e Heloisa Vidal (Brasil Music Press) pela atenção e credenciamento.

Banda:

Sebastian Gava (vocal e guitarra)
Bruce Kulick (guitarra)
Helio Pavan (guitarra)
Osvaldo Motanha (bateria)
Fernando Luiz (baixo)

Set List:

Detroit Rock City
Deuce
Heavens On Fire
Watchin’ You
Domino
Tears Are Falling
Unholy
Who Wants To Be Lonely
Hide Your Heart
Forever
War Machine
Crazy Crazy Nights/Turn On The Night
I Love It Loud
Lick It Up

Bis:

God Gave Rock ‘n’ Roll To You II
Rock ‘n’ Roll All Nite

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 03 de fevereiro de 2013

Paul StanleyPaul Stanley
"Guitarristas não aprendem a fazer base"

457 acessosAce Frehley: "Anomaly" ganha versão deluxe; ouça música inédita749 acessosKiss: bicicleta de triathlon em edição limitada0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Kiss"

TúmulosTúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos nos EUA

Guns N RosesGuns N' Roses
Segundo Gene Simmons, Axl merecia uma surra

KissKiss
O que Gene Simmons faria se fosse presidente?

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Bruce Kulick"0 acessosTodas as matérias sobre "Kiss"

Axl RoseAxl Rose
Sugerindo prática oral sexual a Paul Stanley

Metal ProgressivoMetal Progressivo
Os melhores álbuns do estilo segundo o About.com

ListaLista
As dez melhores músicas para se ouvir na estrada

5000 acessosMax Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merda5000 acessosUltimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os tempos5000 acessosDavid Bowie: a última foto pública e a última foto privada5000 acessosOzzy Osbourne: volta de Zakk Wylde une útil ao agradável5000 acessosAngra: uma sincera homenagem aos mestres Chimbinha e Joelma5000 acessosSlayer: É difícil ser um pai responsável enquanto canta sobre morte?

Sobre Otávio Augusto Juliano

Otávio é paulistano, tem 29 anos e faz algo nada a ver com o Rock: é advogado. Por gostar muito de música e não possuir talento algum para tocar instrumentos musicais, tornou-se um comprador compulsivo de cds. Sempre interessado em leitura ligada ao Rock e Metal, começou a enviar algumas pequenas colaborações para a Whiplash e hoje contribui principalmente com textos relacionados ao Hard Rock, estilo musical de sua preferência. De qualquer forma, é eclético e não dispensa álbuns de todas as demais vertentes do Metal, sendo fã incondicional de W.A.S.P., Mötley Crüe e dos trabalhos do guitarrista Steve Stevens.

Mais matérias de Otávio Augusto Juliano no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online