RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemEx-guitarrista do Megadeth não liga para Mustaine e diz que está "fazendo dinheiro para ele"

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemSlash se sente feliz por não existir internet nos primórdios do Guns N' Roses

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger


Allegro: retorno em show com Lost Forever e Indiscipline

Resenha - Allegro, Lost Forever (Teatro Odisséia, Rio de Janeiro, 25/11/2012)

Por Marcos Garcia
Postado em 29 de novembro de 2012

Muita chuva caiu sobre a cidade do Rio de Janeiro, mas mesmo assim, não diminuiu os ânimos dos presentes em mais um evento do Garage, que ocorre no Teatro Odisséia todos os meses. E este evento teve um sabor especial devido ao retorno do mítico ALLEGRO à ativa, tendo por convidados as bandas LOST FOREVER e INDISCIPLINE.

A primeira banda da tarde/noite foi o trio feminino INDISCIPLINE, que destila uma mistura de Hard, Rock'n'Roll e Heavy Metal muito pessoal, despojada e cheia de energia, mas um ponto muito forte: de forma alguma, o trio usa de sensualidade para chamar atenção, mesmo porque sua música não necessita.

O show em si foi muito bom, com várias músicas próprias, como a ótima 'Shell', e mais covers para 'Lick It Up', do KISS, e 'Highway to Hell', do AC/DC, que teve a participação de Luiz Syren (do SYREN) nos vocais. O trio das meninas é muito bom e cheio de energia, com boa postura, com a guitarrista Maria Fernanda não parando um instante sequer, mas acreditamos que uma segunda guitarra ajudaria a dar mais peso à banda. E podem apostar: é um ótimo nome para um futuro bem próximo.

Após algum tempo, o quinteto LOST FOREVER sobe ao palco e faz um show ótimo!

Boa postura de todos os membros, que não parar de se movimentar e agitar no palco (apesar das dimensões diminutas), e com o vocalista James Galvão tendo uma postura ótima e segura, tendo o público presente nas mãos. O quinteto faz uma mistura de Prog com Metal Melódico, mas pesada, intensa, seca e cheia de energia, com muitos riffs fazendo incursões no Thrash, e aboliram o vocal agudo muito característico, e isso sem abrir mão da técnica. A banda desfilou músicas de seus dois discos, 'The End of Beginning' e 'Rising', como 'Lies Behind the Mirror', 'Let It Go', e a nova 'As One New Day'. E para aqueles que acham pouco, ainda teve uma ótima versão para 'Jump', do VAN HALEN, com um ótimo trabalho tanto de André Tavares (teclados) e Fabbio Nunes (guitarras). E por isso, vem a pergunta: quando sai o próximo CD mesmo???

Fechando a noite, o retorno no ALLEGRO!

Recebidos como heróis pelo público presente, a banda se mostrava animada e cheia de garra, executando seu estilo pomposo e melodioso com categoria e peso, despejando decibéis de pura energia e, se nos permitem o termo, tesão de estarem no palco. Seguros, com excelente postura, especialmente do vocalista Ilton e do tecladista Bruno, que mesmo atrás dos teclados, agitava sem parar, com um sorriso de uma criança feliz no rosto. Coisas que somente a música pode trazer...

'Enigma', 'Stormy Nights', 'Third Millenium' e outras que estão no único CD da banda, 'Allegro', levaram o público a cantar junto e reverenciar esta banda que retorna.

Pelo que sabemos, a banda tem material pronto, logo, que tal um selo dar-lhes uma chance? Público e talento eles possuem.

Um ótimo evento, e desejamos ao INDISCIPLINE e LOST FOREVER força na jornada, e ao ALLEGRO um retorno firme às atividades, e por favor, não parem mais.

[an error occurred while processing this directive]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".
Mais matérias de Marcos Garcia.