Allegro: retorno em show com Lost Forever e Indiscipline

Resenha - Allegro, Lost Forever (Teatro Odisséia, Rio de Janeiro, 25/11/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marcos Garcia
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Muita chuva caiu sobre a cidade do Rio de Janeiro, mas mesmo assim, não diminuiu os ânimos dos presentes em mais um evento do Garage, que ocorre no Teatro Odisséia todos os meses. E este evento teve um sabor especial devido ao retorno do mítico ALLEGRO à ativa, tendo por convidados as bandas LOST FOREVER e INDISCIPLINE.

5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja5000 acessosTradução - Dark Side Of The Moon - Pink Floyd

A primeira banda da tarde/noite foi o trio feminino INDISCIPLINE, que destila uma mistura de Hard, Rock'n'Roll e Heavy Metal muito pessoal, despojada e cheia de energia, mas um ponto muito forte: de forma alguma, o trio usa de sensualidade para chamar atenção, mesmo porque sua música não necessita.

O show em si foi muito bom, com várias músicas próprias, como a ótima 'Shell', e mais covers para 'Lick It Up', do KISS, e 'Highway to Hell', do AC/DC, que teve a participação de Luiz Syren (do SYREN) nos vocais. O trio das meninas é muito bom e cheio de energia, com boa postura, com a guitarrista Maria Fernanda não parando um instante sequer, mas acreditamos que uma segunda guitarra ajudaria a dar mais peso à banda. E podem apostar: é um ótimo nome para um futuro bem próximo.

Após algum tempo, o quinteto LOST FOREVER sobe ao palco e faz um show ótimo!

Boa postura de todos os membros, que não parar de se movimentar e agitar no palco (apesar das dimensões diminutas), e com o vocalista James Galvão tendo uma postura ótima e segura, tendo o público presente nas mãos. O quinteto faz uma mistura de Prog com Metal Melódico, mas pesada, intensa, seca e cheia de energia, com muitos riffs fazendo incursões no Thrash, e aboliram o vocal agudo muito característico, e isso sem abrir mão da técnica. A banda desfilou músicas de seus dois discos, 'The End of Beginning' e 'Rising', como 'Lies Behind the Mirror', 'Let It Go', e a nova 'As One New Day'. E para aqueles que acham pouco, ainda teve uma ótima versão para 'Jump', do VAN HALEN, com um ótimo trabalho tanto de André Tavares (teclados) e Fabbio Nunes (guitarras). E por isso, vem a pergunta: quando sai o próximo CD mesmo???

Fechando a noite, o retorno no ALLEGRO!

Recebidos como heróis pelo público presente, a banda se mostrava animada e cheia de garra, executando seu estilo pomposo e melodioso com categoria e peso, despejando decibéis de pura energia e, se nos permitem o termo, tesão de estarem no palco. Seguros, com excelente postura, especialmente do vocalista Ilton e do tecladista Bruno, que mesmo atrás dos teclados, agitava sem parar, com um sorriso de uma criança feliz no rosto. Coisas que somente a música pode trazer...

'Enigma', 'Stormy Nights', 'Third Millenium' e outras que estão no único CD da banda, 'Allegro', levaram o público a cantar junto e reverenciar esta banda que retorna.

Pelo que sabemos, a banda tem material pronto, logo, que tal um selo dar-lhes uma chance? Público e talento eles possuem.

Um ótimo evento, e desejamos ao INDISCIPLINE e LOST FOREVER força na jornada, e ao ALLEGRO um retorno firme às atividades, e por favor, não parem mais.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Lost Forever"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Allegro"0 acessosTodas as matérias sobre "Lost Forever"0 acessosTodas as matérias sobre "Indiscipline"

Roqueiros conservadoresRoqueiros conservadores
A direita do rock na revista Veja

TraduçãoTradução
The Dark Side Of The Moon, do Pink Floyd

MetallicaMetallica
Lars sabe que os fãs não gostam do St. Anger

5000 acessosMegadeth - Perguntas e Respostas5000 acessosGuitar World: as 50 melhores canções de Rock de todos os tempos5000 acessosMini Iron Maiden: tocando "Ghost Of The Navigator" na escola5000 acessosSilverchair: Daniel Johns surge bêbado e de batom nas ruas de Sydney5000 acessosOzzy Osbourne: Ele passou pelo camarim do Metallica e eles ouviam Black Sabbath5000 acessosSlayer: "vendemos discos, não nossas almas"

Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online