Creed: uma legião de fãs no domingo chuvoso em São Paulo

Resenha - Creed (Credicard Hall, São Paulo, 25/11/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rogério Talarico
Enviar Correções  

Após 17 anos de formação da banda, os americanos do CREED, banda que emplacou hits que viraram sucessos mundiais na virada do século XXI, pousaram pela primeira vez em solo brasileiro para quatro shows, sendo um deles com ingressos esgotados em São Paulo, no Credicard Hall, no último domingo, dia 25.

Cachorros: As raças que melhor combinam com cada gênero

Michael Kiske: "O Iron Maiden vende a morte às pessoas!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fotos: Bárbara Martins

Exatamente ás 20h15min, com luzes azuis ofuscando a visão de cada fã presente na casa de shows, o quinteto composto por Scott Stapp nos vocais, Mark Tremonti e Eric Friedman nas guitarras - sendo este último somente contratado para turnês-, Brian Marshall no baixo e Scott Phillips na bateria entraram no palco e iniciaram "Are You Ready?", uma ótima canção para início do show. Com a banda já muito entrosada, Stapp anunciou "Torn", de seu primeiro álbum "My Own Prison" lançado em 1997, extasiando os fãs mais antigos do grupo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com um pequeno discurso de Stapp, "What If" foi muito bem executada e assim como a próxima música, "Unforgiven", tiraram a calmaria da antecessora "Wrong Way". Após, Stapp claramente emocionado agradeceu o público pela espera e começaram "My Own Prison", que é belamente acompanhada por Tremonti nos vocais e "A Thousand Faces"- única música do álbum Full Circle de 2009 tocada, certamente mostrando que a noite seria somente composta por clássicos -, levaram o público ao delírio.

Com uma introdução recitada e gradativamente crescente, a agressiva "Bullets" foi acompanhada em um belo coro pelos fãs, assim como a inesperada "Beautiful" e "Say I", do CD Human Clay, 2009. "Faceless Man" não foi menos aclamada que as anteriores, e a ótima "What's This Life For?" foi cantada a plenos pulmões pelo público. Antes da costumeira pausa para encerrar o show, a banda ainda executou "One" e o grande single, "Higher".

Após alguns minutos e com o público cantando "Olê, olé, olé... Creed, Creed!", a banda retornou ao palco e muito divertida, tocou a melodia desta brincadeira, enquanto o público a cantava, mostrando muito apreço e forte entrosamento com sua plateia. Dalí em diante, só executaram os grandes clássicos que os levaram ao conhecimento mundial, os hits "With Arms Wide Open" e "One Last Breath" foram ovacionados pelo público e aparentemente surpreendendo até mesmo a banda, tamanho o entusiasmo demonstrado pelos fãs. Em seguida, Stapp iniciou "My Sacrifice", finalizando uma perfeita noite que com certeza compensou cada segundo esperado pela vinda desta banda que marcou uma geração e arrastou uma legião de fãs neste domingo chuvoso em São Paulo.

SET LIST:

Are You Ready?
Torn
Wrong Way
What If
Unforgiven
My Own Prison
A Thousand Faces
Bullets
Beautiful
Say I
Faceless Man
What's This Life For?
One
Higher

Encore:
With Arms Wide Open
One Last Breath
My Sacrifice

Agradecimentos a Tatiana Ito da Time For Fun pela atenção e credenciamento.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cachorros: As raças que melhor combinam com cada gêneroCachorros
As raças que melhor combinam com cada gênero

Michael Kiske: O Iron Maiden vende a morte às pessoas!Michael Kiske
"O Iron Maiden vende a morte às pessoas!"


Sobre Rogério Talarico

Rogério Talarico, 21 anos, residente em São Paulo/SP, é escritor, apesar se ser formado em análise de sistemas e, nas horas vagas estuda música e toca violoncelo. É fundador, administrador e escritor do site MetalConcerts.net que foi criado no intuito de suprir o mercado de divulgação de shows de Metal.Ouve o bom Metal desde os 10 anos, e sua banda favorita é o System of a Down. Ouve desde Black Sabbath à Alter Bridge, não tendo preconceitos se a música for boa. Siga no Twitter: @metal_concerts .

Mais matérias de Rogério Talarico no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin