Return's Festival: como foi o evento em Mauá, SP

Resenha - Return's Festival (Mauá, SP, 26/05/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Eduardo Vieira, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Return´s festival ocorreu no sábado, 26/05/2012, no Mossoró Rock Bar, na cidade de Mauá, região do grande ABC. Para quem não conhecia o Mossoró Rock Bar, ficou impressionado com o local, a princípio um simples bar, que possuí uma área aberta que comportou tranquilamente cerca de 200 headbangers ali presentes além de uma ótima estrutura de palco.

5000 acessosFotos de Infância: Dave Mustaine, do Megadeth5000 acessosBret Michaels: reveja os maiores constrangimentos do vocalista


Após a apresentação do evento o festival inicia com uma rápida queima de fogos e assim a banda da casa LEUCÓCITOS no palco, com o seu thrash / crossover cantado em português, faz um show recheado de energia, enquanto o publico agitava no moshpit, seu set baseado em músicas novas e algumas mais antigas como o hino dos bêbados “Alcolatra” a qual foi cantada por muitos ali presentes, mandou também um cover do EXODUS “Bonded by Blood” finalizando com “O Ódio”, o LEUCÓCITOS fez uma excelente apresentação aquecendo a galera preparando-os para o que viria a seguir.


A segunda banda a se apresentar foi o INFECTED mandando um thrashão que incendiou o publico insano por metal, provocando vários moshes enquanto o moshpit virava como um liquidificador. O INFECTED era uma banda até então desconhecida por mim, porém tem em sua formação duas figuras já conhecidas na cena paulista, Bodão e Hugo Golon, ambos que já participaram de várias bandas da cena paulista, tocaram diversas músicas de sua autoria cheias de passagens velozes e o destaque vai para a clássica música “Dirth Bitch”, dá lendária banda do ABC Paulista MX cover fantástico, coisa rara de se ver, atitude exemplar !


Após alguns minutos eis que surge ao palco a banda COMANDO NUCLEAR a qual este que vos escreve estava um tanto quanto curioso para conferir uma apresentação ao vivo da referida banda ” Unidos pelo metal” deu inicio a apresentação, com um set que variou entre músicas dos dois discos o debut “Batalhão infernal” e “Guerreiros da noite“, cantada por muitos a música “Batalhão infernal” foi a primeira e logo de cara nota-se uma impressionante segurança no palco, um grande entrosamento entre os músicos e não faltou carisma com o público, conversavam e agradeciam entre os intervalos das músicas, ”Vingança metal” que teve a participação especial de Jean Praelli (Resistência Metal) entre diversas músicas executadas e alguns pedidos do público, não poderia faltar a excelente “ Resistir” , o refrão dessa música é um convite para participar e cantar com a banda, enfim o COMANDO NUCLEAR executa um Heavy Metal cantado em português cheio de energia, com veia OldSchool reverenciando o metal nacional dos anos 80!


Um pouco antes da meia noite o BYWAR sobe ao palco, de volta a Mauá como nos velhos tempos e após retornarem da tour no norte/nordeste do país, já iniciam com ” The poltergaist time”, do mais recente álbum Abduction e muitos dos headbangers ali presentes já estavam frente ao palco para presenciar este show de Thash metal, agitando sem parar em “Broken Witchcraft” do seu Debut “Invincible War”, fizeram a galera bangear de forma insana dentro do moshpit, destilando músicas de sua discografia, “Toward the Unreal”, “Slaved By Dream”, a clássica, ”Heretics signs” que foi cantada em coro, entre outras músicas que fizeram a história do BYWAR e a apresentação se encerra com o hino “Thrasher’s Return”, uma apresentação segura executada de forma precisa que mostrou que o BYWAR merece o respeito que tem hoje no underground brasileiro.

O festival acabou cedo, porém em um bom horário, perfeito para quem dependia de condução pública para voltar para casa, uma vez que o Mossoró Rock Bar fica bem próximo da estação de Oníbus / Trem da cidade de mauá o que facilitou bastante para muita gente, e com certeza esse foi um grande evento, todos os headbangers estavam alí para saudar o metal nacional, muito bem representado pelas bandas, produção perfeita e organizada, boa estrutura, bandas e público bem recebidos, parabéns a todos envolvidos com o Return´s Festival, e ao público que compareceu em peso neste evento.

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Bywar"

Thrash MetalThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Leucócitos"0 acessosTodas as matérias sobre "Infected"0 acessosTodas as matérias sobre "Bywar"0 acessosTodas as matérias sobre "Comando Nuclear"

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Dave Mustaine, do Megadeth, muito antes da fama

Bret MichaelsBret Michaels
Reveja os maiores constrangimentos do vocalista

KissKiss
Vinnie Vincent é o maior filho da puta da história do rock?

5000 acessosAvenged Sevenfold: "Mike Portnoy não queria sair da banda"5000 acessosCensura: 53 nomes que você não pode dizer em uma rádio5000 acessosMetallica: noiva toca "Master..." na bateria no casamento3491 acessosMalmsteen: algumas de suas versões virtuosas de clássicos do rock5000 acessosMegadeth: faixa que Mustaine não toca é favorita de Drover3817 acessosIron Maiden: capas recriadas com... minions

Sobre Eduardo Vieira

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online