Doom Metal Fest: resenha do evento de São José dos Campos

Resenha - Doom Metal Fest (Hocus Pocus, São José dos Campos, SP, 27/04/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Oliveira
Enviar Correções  

Na noite de 27 de abril de 2012, uma fria sexta feira, foi realizado em São José dos Campos/SP um evento voltado unicamente ao Doom Metal, algo de ocorrência rara e que por si só já tornava este show digno de atenção.

Humor: Roupas de seda? Espadas? Você precisa ser épico!

Fotos de Infância: Jon Bon Jovi

publicidade

O local que abrigou o "Doom Metal Fest" foi a Hocus Pocus, uma casa tradicional e bem localizada da região. Infelizmente, mesmo tendo sido está uma proposta e inédita, o publico foi reduzido e de certa forma isto já era esperado uma vez que tratava-se de um inicio de feriado prolongado somado ao fato de que São José dos Campos está afastada do centro da cidade de São Paulo.

publicidade

Entretanto uma coisa é certa: A qualidade das apresentações que os presentes puderam conferir foi inquestionável e perder a oportunidade de conferir 2 dos principais expoentes do gênero na atualidade juntos é algo e se lamentar.

publicidade

A primeira banda da noite subiu ao palco por volta das 00:00, o Les Mémoires Fall, banda local que realizou seu show de estreia nesta noite intercalando sons próprios com covers de Tristania, The Gathering, Theatre of Tragedy e Venom!

publicidade

Em seguida foi a vez da Sentenced Soil um sexteto que executa exclusivamente covers de Draconian. A apresentação da banda como um todo foi convincente, sofreram um pouco nas primeiras músicas devido a algumas falhas com o microfone do vocalista masculino, mas nada que comprometesse a eficácia de sua apresentação que pode contar inclusive com a interação dos presentes.

publicidade

Um breve intervalo se sucede ao som de "Destruction" nos auto-falantes até o momento em que o HellLight dá inicio ao seu aguardado show.

A apresentação da banda tem tudo aquilo que se espera de um grupo de funeral doom: é densa, atmosférica, muito pesada e impiedosamente intensa. A HellLight alterna momentos atmosféricos e extremamente melancólicos, com outros mais pesados, e ainda outros mais agressivos, e mostrou muita garra surpreendendo inclusive com a movimentação pelo palco de Alexandre Vida (B) e Fabio de Paula (G/V). Os vocais limpos de Fabio de Paula (G/V) são sem duvidas os responsáveis pelos melhores momentos de suas composições bem como seus inspirados solos. A banda anunciou a sua última música Funeral Doom, e fechou seu set deixando os presentes com sede de mais.

publicidade

A banda responsável por fechar a noite foi a Of the Archaengel que divulga seu aclamado CD "The Extraphysicallia". Já no inicio de sua apresentação nota-se que a banda não faz um som convencional e isto se torna um atrativo que prende a sua atenção para acompanhar o que os músicos (definitivamente a banda mais técnica da noite) tem a nos propor. A música do Of the Archaengel é dinâmica, agressiva e pesada, com partes atmosféricas e várias partes mais rápidas, até mesmo com blasting beats onde em nenhum momento a aura sombria e densa de sua música deixa de estar presente onde se nota também influencias progressivas e góticas. A banda tem uma presença de palco marcante, todos os membros agitaram durante toda a apresentação e presentearam aos "bravos" que permaneceram até a alta madrugada com uma excelente performance e um ótimo show!

Faixas como "Platino", e a extremamente melancólica "The Silence of the Dead Things" -para mim o destaque de seu set – formaram o momento mais tipicamente Doom Metal de seu show somados a "With the Dragon´s Hand" faixa com a qual encerraram sua apresentação num desfechos para se aplaudir de pé.

O Doom Fest foi uma iniciativa louvável e um grande show para quem compareceu. Resta esperar agora que o público valorize eventos como este e compareça nos próximos, para que a música autoral e o metal brasileiro possa se fortalecer como um todo e em todas as suas vertentes. DOOM ON!

SET LIST

Of the Archaengel

1- Sun Shaped Archangel
2- Consent to the Devilish Fantasies
3- Black Raven
4- The Silence of the Dead Things
5- Platino
6- With the Dragon’s Hand

HellLight

1- Marche funebre
2- The light that brought darkness
3- Afterlife
4- Deep Siderial Silence
5- Funeral Doom

Sentenced Soil (Draconian cover)

1- Intro Elysian Night / The Amaranth
2- Seasons Apart
3- The Last Hour of Ancient Sunlight
4- Earthbound
5- Bloodflower
6- Elysian Night
7- The Gothic Embrace
8- Heaven Laid In Tears

Les Mémoires Fall

1- Strange Machines (The Gathering)
2- Deception
3- December Elegy (Tristania)
4- My Death
5- Venus ( Theatre of Tragedy)
6- Tears
7- Countess Bathory (Venom)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Humor: Roupas de seda? Espadas? Você precisa ser épico!Humor
Roupas de seda? Espadas? Você precisa ser épico!

Fotos de Infância: Jon Bon JoviFotos de Infância
Jon Bon Jovi


Sobre Rafael Oliveira

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin