Whitesnake e Judas Priest: Um show impecável em São Paulo

Resenha - Whitesnake e Judas Priest (Arena Anhembi, SP, 10/09/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jake Wizard e Eduardo Bianchi Rolim
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Para poder iniciar essa matéria, relatando novamente a passagem de duas grandes bandas do Hard Rock, Whitesnake e Judas Priest, vamos começar pelos oerganizadores: mais uma vez nota 8 para a TF4, com uma ótima infraestrutura montada na Arena Anhembi em São Paulo. E por que não nota 10? Os preços ainda praticados na pista VIP são absurdos, haja vista que somente 75% dela estavam tomadas, além do anuncio às vésperas das vendas com descontos nos ingressos, que de uma maneira prejudica quem compra antecipadamente. Seria mais fácil colocar o ingresso mais barato logo de cara, assim...casa cheia e todo mundo feliz.

Ugly Kid Joe: Whitfield Crane foi convidado para o Judas PriestBlack Sabbath: um Tony Iommi que você não conhecia

Com pouquíssimo atraso, o Whitesnake entra no palco, demonstrando que ali o público estava bem dividido entre as duas bandas. Competentes. Um show impecável, demonstrando que anos de carreira realmente levam à perfeição, mesmo sabendo que a rotatividade nesse anos foram muitas, porém, inegavelmente, não dá para esquecer que por essa banda já passaram Tommy Aldridge, Rudy Sarzo, Vivian Campbell, Cozy Powell, Adrian Vandenberg e Steve Vai. Tá bom...paro por aqui... a banda entrou com Best Years , seguida de Give Me All Your Love. Mas a galera realmente levantou os braços quando os primeiros acordes de Love Ain't no Stranger foram entoados, seguido por Is This Love. Em seguida, Coverdale e sua trupe apresenta duas músicas do novo disco, lançado esse ano, Steal Your Heart Away e a faixa título, Forevermore, mostrando que o Whitesnake ainda tem muita energia e poder criativo para criar boas músicas. Fizeram parte ainda do setlist, Love Will Set You Free, Here I Go Again, Still Of The Night, Soldier of Fortune (uma "capela", solo de voz de Coverdale) encerrando o show com uma surpresa, ao qual a banda não estava praticando na sua turnê: Burn / Stormbringer, covers do Deep Purple, que literalmente fizeram a Arena Anhembi pegar fogo.

Depois de quase uma hora, para preparação de toda a parafernália visual, escondida pelo enorme pano negro com a inscrição "Epitaph", o Judas Priest entra no palco, para o delírio de vários fãs dessa poderosa banda londrina de Hard Rock/Heavy Metal , ao qual o nome se mistura a lendas como Iron Maiden, Black Sabbath, Saxon, Def Leppard, entre outros, da era de ouro do metal inglês. É incrível a energia que essa banda passa em seus acordes, e como Rob Halford ainda consegue manter sua voz impecável, dando-se ao luxo de não cantar um dos seus grandes sucessos para ficar orquestrando o público não pelo motivo crasso de não ter mais voz, como já vimos alguns vocalistas com muito (e pouco...) tempo de estrada. Simplesmente por que ele é... Rob Halford. Conte nos dedos os vocalistas que conseguem segurar sua voz impecável por 21 músicas em quase duas horas de show. Alguém aí se arrisca a contar? O Judas abriu seu show com Rapid Fire, seguida de Metal Gods, Heading Out to the Highway e Judas Rising. Os efeitos visuais foram excelentes, com muita fumaça, lasers, labaredas de fogo e um telão atrás que passava vários momentos e capas dos discos da banda, ao qual Halford comentou alguns. Não deixaram de fazer parte do setlist alguns dos maiores sucessos do Judas Priest como Prophecy, Night Crawler, Turbo Lover, Beyond the Realms of Death, The Sentinel e The Green Manalishi (With The Two Pronged Crown).

O ponto alto do show ocorreu quando Rob Halford anunciou "Breaking the Law", a qual ele simplesmente deixou de cantar, enquanto orquestrava seus fãs que entoaram do seu jeito cada estrofe, seguindo da poderosa Painkiller, fechando o primeiro set. O show teve dois encores, começando por The Hellion, Electric Eye, Hell Bent for Leather - com direito a Halford entrando no palco com sua moto - e You've Got Another Thing Comin'. A banda fechou sua grande apresentação no segundo encore com Living After Midnight.

Mais uma vez fomos agraciados com dois grandes shows, uma bela infraestrutura, um público que se limitou a curtir o espetáculo sem nenhum tipo de problema mais grave. E... vamos ao próximo!

Acesse o Minuto HM para conferir uma galeria de fotos exclusivas, com qualidade profissional, desta já histórica noite!

http://minutohm.com/2011/09/17/resenha-judas-priest-e-whites...


Outras resenhas de Whitesnake e Judas Priest (Arena Anhembi, SP, 10/09/2011)

Whitesnake e Judas Priest: apresentações de arrepiar em SP




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Whitesnake"Todas as matérias sobre "Judas Priest"


Ugly Kid Joe: Whitfield Crane foi convidado para o Judas Priest

Rob Halford: Novo álbum natalino, Celestial, em Outubro; veja primeiro clipeRob Halford
Novo álbum natalino, Celestial, em Outubro; veja primeiro clipe

Rob Halford: revelada capa de um novo álbum natalino?Rob Halford
Revelada capa de um novo álbum natalino?

Ozzy Osbourne: vocalista anuncia retorno aos palcos com Judas Priest após meses doenteOzzy Osbourne
Vocalista anuncia retorno aos palcos com Judas Priest após meses doente

Judas Priest: Rob Halford não descarta retorno de K.K. Downing para a bandaJudas Priest
Rob Halford não descarta retorno de K.K. Downing para a banda

Judas Priest: Rob Halford não descarta possível retorno de K.K. DowningJudas Priest
Rob Halford não descarta possível retorno de K.K. Downing

Judas Priest: arrecadando US$ 150 mil para fundação de Glenn Tipton

Slipknot: e se eles tivessem gravado Painkiller do Judas Priest?Slipknot
E se eles tivessem gravado "Painkiller" do Judas Priest?

Ross The Boss e K.K. Downing: Juntos no Bloodstock Open Air

Judas Priest: banda arrecada 150 mil dólares para fundação de Glenn TiptonJudas Priest
Banda arrecada 150 mil dólares para fundação de Glenn Tipton

Judas Priest: Richie Faulkner revela seu momento mais constrangedor no palcoJudas Priest
Richie Faulkner revela seu momento mais constrangedor no palco

Collectors Room: em 1979, o clássico ao vivo do Judas Priest (vídeo)

Ximbinha: se Rob Halford pode fazer, porque ele também não poderia?Ximbinha
Se Rob Halford pode fazer, porque ele também não poderia?

Judas Priest: anunciado o primeiro show e planos para tour de 50 anosJudas Priest
Anunciado o primeiro show e planos para tour de 50 anos

Wacken: anunciadas as primeiras atrações de 2020Wacken
Anunciadas as primeiras atrações de 2020

Loudwire: em vídeo, dez bandas clássicas que ainda detonam!Loudwire
Em vídeo, dez bandas clássicas que ainda detonam!

Judas Priest: Downing comenta influências e estilo na guitarraJudas Priest
Downing comenta influências e estilo na guitarra

K.K. Downing: Tony Iommi e eu somos os grandes criadores de riffs do metalK.K. Downing
"Tony Iommi e eu somos os grandes criadores de riffs do metal"


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?Bandas
Por que ninguém está indo a seus shows?

Raul Seixas - Perguntas e RespostasRaul Seixas - Perguntas e Respostas
Raul Seixas - Perguntas e Respostas

Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMassacration: saiba quem é o baterista que tocava "de verdade"G.G. Allin: o extremo dos extremosLoudwire: os melhores Riffs do Metal nos Anos 80

Sobre Jake Wizard e Eduardo Bianchi Rolim

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.