Matérias Mais Lidas

imagemOzzy Osbourne é visto caminhando com dificuldade ao sair de estúdio

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemMalmsteen ameaça cancelar show por que vocalista Jeff Scott Soto estava no local

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemJonathan Davis, do Korn, explica qual seu problema com o Cristianismo

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden está ensaiando para turnê que passa pelo Brasil

imagemMetallica faz doação para complexo de saúde e educação em Curitiba

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemNovo álbum de Ozzy será lançado em setembro, de acordo com Sharon Osbourne

imagemFoto feita após fim da turnê mostra todos do Ghost sem máscaras, incluindo "Ghoulettes"

imagemLuciano Hang processa vocal do Fresno e quer indenização de R$ 100 mil por danos morais

imagemGuitarrista diz que não entrou na banda de Ozzy por não ter cabelo loiro

imagemMalmsteen diz que Jeff Scott Soto foi expulso de seu show porque não pagou entrada

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemGrave Digger: veteranos do metal em clipe com cavaleiro templário e capirota


PRB

BLS: "If You Can't Fucking ROCK, Don't Fucking Come!"

Resenha - Black Label Society (HSBC Brasil, São Paulo, 13/08/2011)

Por Nacho Belgrande
Fonte: Site do LoKaos Rock Show
Em 16/08/11

E eis que o BLACK LABEL SOCIETY pisou – forte- em São Paulo novamente após três anos na noite do último dia 13. Como já tínhamos exultado antes, o Black Label Society já pertence àquela rara espécie de banda que cria exércitos de seguidores, não fã-clubes. Quem acompanha a banda sempre acompanha com atenção, e ao vestir-se com os trajes feitos famosos pelo líder e fundador da banda ZAKK WYLDE, parecem uniformizados, não fantasiados.

E foi essa mesma milícia que compareceu ao HSBC Hall na noite de sábado, meio que já sabendo o que testemunharia. Ledo engano.

O bando – denominação que soa muito mais apropriada aqui, já que se dava início a um legítimo assalto – de Wylde fincou a bandeira no palco às 10 da noite e o que se seguiu foi um tributo ao Metal sem frescuras, sem flertes com o dubstep, sem maquilagem no rosto, sem ternos bem cortados: apenas um bando ‘botando pra fuder’.

O set list por si próprio já foi um show à parte, com a banda cobrindo material desde o disco de estréia, ‘Sonic Brew’, até o último lançamento de estúdio da BLS, ‘The Song Remains Not The Same’, lançado em maio passado.

De brinde, o público ainda pôde ser rato de laboratório de experimento sonoro por parte do técnico de som responsável: o mix estava longe de ser limpo e perfeito, e foi isso que conferiu uma atmosfera ainda mais arrebatadora a tudo, deixando todo mundo com a impressão de que a guitarra de Wylde estava plugada a um amplificador a 2 metros de distância.

O/A Black Label Society pode não vender milhões de discos, pode não vir pro Rock In Rio, pode não ter estréia de clipe no Fantástico, mas o que eles já têm de sobra é o que dezenas de milhares de bandas ao redor do mundo passarão décadas procurando, só para no final morderem o próprio rabo: o nome escrito na história do rock à custa de lançamentos constantes e coesos, com padrão de qualidade, turnês infindáveis e o mais importante, um total e absoluto desapego e descaso com a moda, com o que é cool e com a crítica.

Cheers, Berzerkers!

Fotos: Fábio S. Maczka
Agradecimentos: Agnnes Franco da Top Link


Outras resenhas de Black Label Society (HSBC Brasil, São Paulo, 13/08/2011)

Resenha - Black Label Society (HSBC Brasil, São Paulo, 13/08/2011)

Resenha - Black Label Society (HSBC Brasil, São Paulo, 13/08/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemZakk Wylde comenta novo clipe do BLS; "é tão bom que aliviou minha coceira na virilha"

imagemO duro recado do médico de Zakk Wylde que fez o guitarrista parar de beber

imagemZakk Wylde revela quais foram os artistas que o fizeram se interessar pela música

imagem"Zakk Wylde não ama heavy metal tanto quanto eu", diz Tom Morello

imagemZakk Wylde: a inusitada reação do guitarrista ao ouvir Black Sabbath pela primeira vez

imagemZakk Wylde relembra o amigo Dimebag: "Ele era como o Papai Noel com uma barba rosa"

imagemLoudwire: 50 álbuns de rock and roll e heavy metal que completarão 20 anos em 2022




Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.