Doro: Rainha do Metal surpreende súditos

Resenha - Doro Pesch (Ilha dos Pescadores, RJ, 21/04/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thaís Vinhas, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

O Rio de Janeiro, neste ano está recheado de mega atrações com o decorrer do tempo. Este ano já houve IRON MAIDEN e OZZY, outros mais virão. Mas surpresa foi a reação de muitos durante a apresentação da banda DORO, nesta última quinta-feira (21) na Ilha dos Pescadores – Barra da Tijuca.

5000 acessosGuns N' Roses: Axl mandou expulsar Steven Adler de show5000 acessosIndústria: quanto $$$ ganham as bandas do "Time B" do Metal?

WARLOCK, heavy metal, foi o primeiro nome da banda no anos 80, nesta época Doro Prech (vocalista) ficou conhecida como Metal Queen – Rainha do Metal. Com a entrada e saída de integrantes na banda e somente a permanência de Doro Pesch a banda trocou de nome e começa a se chamar apenas DORO.

Esse foi primeiro evento de metal da casa de eventos Ilha dos Pescadores, levou os fãs da banda a loucura com a energia e simpatia de todos integrantes da DORO. Depois do show ouvia-se muitos comentários de que o show foi simplesmente diferente do que se foi imaginado por muitos. Alguns comentaram que achavam que seria mais calmo, não sabiam que ia ser tão quente como Doro Prech falou durante o show.

A banda subiu ao palco com um set list, com mais de 20 músicas. Teve início às 21:30 e teve aproximadamente 1 hora e meia de show. Logo no início do show, Doro Pesch recebeu uma blusa (presente de um fã) e agradeceu com muita simpatia e irreverencia. De uma música para outra, Doro Pesch, Nick Douglas (baixo) e Luca Princiotta (guitarra - teclado) conversavam com a galera, pediam palmas, acompanhamento com as músicas.

Em todo momento a banda lembrava que esse show no Brasil seria inesquecível, pois agora eles tinham mais integrantes em sua família. Doro P
esch, teve todo o cuidado de preparar uma ‘cola’ no palco para arriscar algumas palavras em português durante a apresentação. “Amo você, adoro...” Não consegue mais falar quando a plateia começa o coro: Olê, olê olê DORO, DORO. Então simula um abraço e responde, obrigada em português.

A banda somente tocou uma música 'cover', antes de cantar Doro Pesch lembra que a música foi de grande influencia para seu gosto musical. Os primeiros acordes da guitarra de Luca Princiotta, já denuncia a qual seria a muúsica, Breaking The Law do JUDAS PRIEST. Dora Pesch desce do palco e canta com o público.

No final toda a banda chega a frente do palco e faz reverência e todos agradecem. Seria o final do show? Não, a banda se reuniu e tocou mais músicas para alegria dos fãs. Depois do show o tão esperado Back Stage. Mais uma vez uma surpresa, cada integrante saiu, um de cada vez e deu atenção a todos que aguardavam a entrada no Camarim.

No dia 23 a banda DORO segue para São Luís- MA e dia 24 São Paulo-SP, fechando a turnê pelo país.

Confira o Set List.

Earthshaker Rock
I Rule The Ruins
East Meets West
Running From The Devil
Nigth Of The Warlock
Burning The Witches
Egypt
Für Immer
Metal Racer
We Are The Metalheads
True As Steel
Haunted Heart
Breaking The Law
All We Are
--------------
You’re My Family
Love In In Black
Above The Ashed
Metal Tango
Herzblut
Unholy Love
Fight For Rock

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Doro Pesch"

Doro PeschDoro Pesch
"Para mim, o Heavy Metal sempre significou liberdade!"

Doro PeschDoro Pesch
Musa alemã do Metal quer morrer no palco

Dia da MulherDia da Mulher
10 nomes femininos de destaque no hard rock

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 23 de abril de 2011

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Doro Pesch"

Guns N RosesGuns N' Roses
Axl mandou expulsar Steven Adler de show?

IndústriaIndústria
Quanto $$$ ganham as bandas do "Time B" do Metal?

MegadethMegadeth
Friedman explica os motivos de sua saída da banda

5000 acessosSlash: guitarrista escolhe seus riffs favoritos5000 acessosManowar: assista discurso épico de DeMaio no Monsters Of Rock5000 acessosFotos de Infância: Ozzy Osbourne5000 acessosGene Simmons: a democracia e economia livre do Brasil5000 acessosBon Jovi: o que aconteceu com a fã que ganhou um beijo de Jon?5000 acessosMetal: em vídeo, o riff mais copiado de todos os tempos

Sobre Thaís Vinhas

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online