RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemMembro do Guns N' Roses vai na Galeria do Rock de SP e compra camiseta oficial

imagemA banda que mostrou no Rock in Rio como se faz um show num festival gigantesco

imagemRafael Bittencourt confessa ambições no início do Angra: "Queria derrubar o Metallica!"

imagemComo o Green Day seria se fosse formado nos tempos atuais? Billie Joe Armstrong responde

imagem"Mulher gostosa" não ouve metal, diz Adam Levine do Maroon 5

imagemCinco perrengues que todo headbanger já passou em algum show de metal

imagem"Tá na hora de termos críticos de críticos", diz Maurício Meirelles sobre Regis Tadeu

imagemGuns N' Roses pede sugestões de músicas para tocar nos shows

imagemOs dois rockstars que influenciaram Casagrande a entrar no mundo das drogas

imagemA chave oculta no disco do Led Zeppelin que Raul usou para abrir as portas do conhecimento

imagemEx-guitarrista do Whitesnake relembra seu teste para substituir Ace Frehley no Kiss

imagemO hit de Cazuza feito durante internação e que seria indireta para affair Ney Matogrosso

imagemRegis Tadeu diz que faixa-título de novo álbum de Ozzy é "uma canção muito medíocre"

imagemA curiosa origem da rivalidade Sepultura x Sarcófago, segundo Jairo Guedz

imagemCasagrande diz que rock já bateu martelo na história da humanidade, porém...


Stamp

Velhas Virgens: "Ninguém Beija Como as Lésbicas" no Circo

Resenha - Velhas Virgens (Circo Voador, Rio de Janeiro, 02/10/2010)

Por Ygor Gomes
Em 10/10/10

Na noite do sábado, 2 de outubro, a banda VELHAS VIRGENS esteve de volta ao lendário Palco do Circo Voador, no Rio de janeiro, para mais uma noite de show no evento "A GRANDE ROUBADA".

Mesmo com o mesclado de garoa e chuva pairando sobre a Cidade, e a tentação de bebida barata característico do bairro da Lapa, não foi suficiente para que os fãs deixassem de estar presentes no segundo show da banda no Circo Voador, esse ano.

Intitulada como a maior banda Independente do Brasil, a banda das Velhas Virgens ainda em clima de comemoração de seu 24º aniversário, esteve produzida no clima de seu ultimo CD, o "ópera-rock" "Ninguém Beija Como as Lésbicas" trazendo figurinos e cenários ao Palco do Circo, além das próprias canções já muito bem aceitas e aclamadas pelo público.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A nova "O Gênio da Garrafa", "Essa Mulher Só Quer Viver na Balada", a conhecida "Tudo o Que a Gente Faz" e a clássica "Toda Puta Mora Longe" foram as músicas de abertura da noite, tocadas praticamente sem intervalos pela banda e levando os presentes à loucura, até a entrada da Vocal Feminina Juliana Kosso para alegria geral do público, devidamente paramentada com os louváveis e já conhecidos modelitos sensuais, para marmanjo nenhum colocar defeito, interpretando a música "Cafajeste".

Um ponto importante a ser destacado, é que recentemente o vocalista da banda, Paulo Carvalho ou "Paulão" como é mais conhecido, teve de se afastar temporariamente dos shows devido ao nascimento de sua filha e a um grave problema de saúde com a mesma. A banda então realizou aproximadamente duas apresentações sem Paulão nos vocais, retornando assim pouco tempo depois, numa apresentação na noite anterior a do Circo, no Café Aurora em São Paulo.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Paulão retorna ao palco caracterizado para a música "Velho Safado", seguido da nova "Ninguém Beija Como as Lésbicas" e "Strip'n'Blues". Intenso, essa palavra resume bem como são as apresentações da banda no Rio de Janeiro. Mesmo com a notável rouquidão na voz, conseqüente do show da noite anterior, seu carisma e interatividade com o público fizeram com que esse detalhe passasse quase que despercebido.

"E o Que É Que a Gente Quer? (b.u.c.e.t.a.)", "Se Deus Não Quisesse" e a balada "A Ultima Partida de Bilhar" marcam o meio do show. Paulão agradece pelo apoio e pelas orações pela recuperação de sua filha, e quase cai em prantos quando o público começa a gritar seu nome "Maju, Maju", mais uma vez, marcando o apoio para com o Artista.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Sem duvida o ponto mais alto da noite, com as conhecidas "Siririca Baby", "Madrugada e Meia" e "Abre Essas Pernas" com todo o público vibrando e cantando as mais clássicas e famosas canções da banda.

"Amor é Outra Coisa", "Beijos de Corpo", "Uns Drinks" e "Bortolotto" marcam os momentos finais do show, que sem dúvida deixou com aquele gostinho de "quero mais"! A banda agradece a todos os presentes pela presença e pelo carinho, e novamente enfatiza a grande honra que é para eles estar tocando no Lendário Palco do Circo Voador.

Para os presentes, a noite ainda não havia acabado, seguindo o evento "A GRANDE ROUBADA" com a apresentação da banda CACHORRO GRANDE.

O Setlist do show:
"O Gênio da Garrafa"
"Essa Mulher Só Quer Viver na Balada"
"Tudo o Que a Gente Faz"
"Toda Puta Mora Longe"
"Cafajeste"
"Velho Safado"
"Ninguém Beija Como as Lésbicas"
"Strip'n'Blues"
"E o Que É Que a Gente Quer? (b.u.c.e.t.a.)"
"Se Deus Não Quisesse"
"A Ultima Partida de Bilhar"
"Siririca Baby"
"Madrugada e Meia"
"Abre Essas Pernas"
"Amor é Outra Coisa"
"Beijos de Corpo"
"Uns Drinks"
"Bortolotto"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Eu Toco Rock N' Roll: doc mostra dificuldade de viver do estilo

Wikimetal: Seis motivos para gargalhar ouvindo Heavy Metal

Velhas Virgens: o motivo pelo qual rock precisou voltar ao underground, segundo Paulão

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?