As I Lay Dying: show curto, mas intenso como poucos

Resenha - As I Lay Dying (Espaço Lux, São Bernardo, 01/03/2009)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Flisch Cavalanti, Fonte: Rock Dinasty
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Quem compareceu ao Espaço Lux em São Bernardo do Campo-SP no domingo (01/03/2009), pôde conferir o excelente, mas infelizmente curto (porém extremamente intenso), show da banda americana do intitulado “Metalcore Cristão”, AS I LAY DYING.

5000 acessosMax Cavalera: Os motivos que o levaram a sair do Sepultura5000 acessosRegis Tadeu: Comparando fãs do Dream Theater e Miley Cyrus

A banda teve seu início em 2001 enquanto ainda era um trio lançando o disco "Beneath the Encasing of Ashes", e contando com o debut lançou 4 discos de inéditas, 3 singles, uma coletânea, a saber:

2001 - Beneath The Encasing of Ashes
2002 - American Tragedy (Single)
2003 - Frail Words Collapse
2005 - Shadows are Security (Single)
2005 - The Darkest Nights
2005 - Shadows are Security
2006 - A Long March: The First Recordings (Coletânea)
2007 - An Ocean Between Us

Logo na entrada já notava-se uma imensa fila de headbangers de diversos estilos, público de certa forma surpreendente pela penetração da banda junto aos brasileiros, e também pela localização não tão privilegiada e a pouca publicidade por parte dos organizadores, no caso a Liberation.

Quem teve a missão de abrir a tarde/noite foi o Jeffrey Dahmer, já que a banda Deeper than That havia cancelado sua participação dias atrás. E o Jeffrey Dahmer não fez feio não, mas não conseguiu empolgar o público sedento por AS I LAY DYING.

Com relação à casa, o Espaço Lux, trata-se de uma antiga danceteria que foi adaptada para casa de espetáculos, pode ser considerada grande para um local underground, mas é pequena para receber grandes artistas. No caso da banda em questão, foi perfeito.

Pouco mais das 19h, o AS I LAY DYING entra em cena tocando uma música instrumental em playback, e emendando com a paulada "Nothing Left" do mais novo disco "An Ocean Between Us", levando todos ao delírio. Era nítida a qualidade do som que estavamos presenciando e a famosa energia que a banda demonstrava.

Entre um clássico e outro, pudemos conferir "Forsaken", "I Never Wanted", "The Sound of Truth", "An Ocean Between Us", "Meaning in Tragedy" e "Within Destruction" do último trabalho da banda, "94 Hours" e "Forever" do disco "Frail Words Collapse", "Through Struggle", "The Darkest Nights" e "Confined" do disco "Shadows of Security".

Durante o show eram comuns as enormes circle pits que se abriam para os bangers se divertirem (há tempos não via rodas tão grandes em shows por aqui), e Tim solicitou e tentou organizar algumas vezes os chamados "Walls of Death", onde tal como em bailes funks (ótima referência, que venham as pedras), a pista se divide em duas partes/equipes e a um sinal as duas partes saem na pancadaria. Para sorte dos desavisados esse evento não ocorreu.

Grandes destaques para o ótimo baterista Jordan Mancino que mantém o ritmo durante todo o espetáculo e toca com precisão, além de Tim e do vocalista de apoio que faz a parte melódica tão envolvente como nos CDs.

Um show curto, mas intenso como poucos, intercalando clássicos o AS I LAY DYING conseguiu fazer com que muita gente saísse com a alma lavada e com o corpo em frangalhos do show.

Infelizmente, dias atrás foi anunciado que o baterista Jordan Mancino não presseguiria na tour devido a falecimento na família, mas quem irá substituí-lo será Justin Foley (baterista do KILLSWITCH ENGAGE).

Banda:
Tim Lambesis - Vocal
Phil Sgrosso - Guitarra
Nick Hipa - Guitarra
Josh Gilbert - Baixo/Vocais
Jordan Mancino - Drums

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "As I Lay Dying"

MetalcoreMetalcore
Nove razões para você adorar o estilo

BehemothBehemoth
Banda cristã comenta proximidade com Nergal

As I Lay DyingAs I Lay Dying
"90% das bandas gospel fingem fé pra vender mais"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "As I Lay Dying"

Max CavaleraMax Cavalera
Os motivos que o levaram a sair do Sepultura

Regis TadeuRegis Tadeu
Comparando fãs do Dream Theater e Miley Cyrus

Iron MaidenIron Maiden
Bruce Dickinson revela sua "canção de merda"

5000 acessosPato Donald cantando The Number of the Beast5000 acessosNirvana: Hard rockers comentam impacto de Nevermind5000 acessosKiss: enganaram Paul Stanley na hora de servir a feijoada5000 acessosSammy Hagar: ego fora de controle ou mentiroso descarado?5000 acessosComo formar uma banda de Hard Rock em 69 lições5000 acessosSign of the horns: o sinal do Demônio

Sobre Vitor Flisch Cavalanti

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online