Resenha - In Flames (Santana Hall, São Paulo, 15/02/2009)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Erick Tedesco
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

A primeira turnê sul-americana da banda sueca In Flames quase não passou pelo Brasil. Quase, mas passou e o único show na capital paulista foi avassalador. Apesar da irritante chuva que caía sobre a fila que dobrava quarteirões, e também sobre outras pessoas que se acomodaram em bares nas proximidades ou debaixo de toldos, o atraso para a apresentação da Claustrofobia foi tolerável. E o show da banda lemense burocrático. Funcional, mas nada mais do que usual thrash metal de sempre.

2416 acessosShows: veja quanto Sabbath, A7X, Red Hot e Disturbed faturaram5000 acessosRolling Stones: as 10 melhores segundo a... Rolling Stone

Então pouco ou nada conhecida pelo público da música pesada, o Santana Hall engana à primeira impressão. Simplório na faixada, mas com uma excelente estrutura interna. A qualidade da aparelhagem que viabilizou a propagação do som, para ambas as bandas, foi nítida. Um espaço adequado para acomodar os aproximadamente três mil presentes naquela noite. Sem empurra empurra, sem brigas e sem aglomeração.

E de fato tudo contribuiu para o esperado espetáculo satisfatório. Ao fim do set da Claustrofobia, que tocou por quase uma hora, a equipe técnica e o bom senso funcionaram e a atração principal, a In Flames, já estava prestes a aparecer no palco. Na bagagem, os suecos, sem Jesper Stromblad (se tratando do alcoolismo) substituído na turnê latino-americana por Niclas Engelin (que já tocara no In Flames e lançou dois álbuns com a banda Gardenian), estão com nove álbuns e uma notável popularidade na Europa. Banda de porte grande, mesmo!

O que foi comprovado na primeira apresentação da banda em terras brasileiras. Um show profissional, não apenas pela técnica e domínio dos músicos com seus respectivos instrumentos, mas pelo carisma. Principalmente do vocalista Anders Friden e também do guitarrista Björn Gelotte. À parte do ofício musical, Friden mostrou que se daria bem como comediante de stand up comedy, em evidência no Brasil.

A primeira canção do show foi a agitada "Delight And Angers", do último lançamento, "Sense of Purpose". Para legitimar a emoção de muitos fãs que há tempos esperavam por este dia, a clássica "Pinball Map" é executada vigorosamente. E, após "Leeches", do penúltimo "Come Clarity", "Episode 666", umas das primeiras músicas que de fato pavimentou o sucesso de hoje. Em seguida, "Drifter" e "Colony", do álbum homônimo, cujo ritmo cadenciado, em meio a camadas de riffs, ao vivo funciona absurdamente bem.

Outra do "Whoracle", "The Hive", fez a festa dos saudosistas, enquanto "Cloud Connected", da "fase nova", fez grande parte do público pular. E outra do novo álbum, "Alias", que não é balada, mas possui balanço e é uma das preferidas entre as novas canções. Mas "Behind Space" novamente remete aos primeiros álbum da In Flames com muito peso. Muito, mesmo. Já a seguinte, "Only For The Weak", outro clássico do Clayman, foi muito cantada.

Já nos momentos finais do show tocaram a "Disconnected", a balada "Come Clarity" e a contagiante "The Quiet Place", do "Soundtrack To Your Escape". Sucesso após sucesso, outro hit do "Sense of Purpose", "The Mirror´s truth", seguida de "Trigger" e "Take This Life". A derradeira foi "My Sweet Shadow", que finalizou a apresentação da banda, que optou por não fazer ceninha para "bis" e encerrar de forma respeitosa com os fãs. Sim, fãs, porque mesmo quem foi ao evento com indiferença, ao final do set, penso eu, o sentimento geral foi de ter assistido ao show de uma "banda e tanto".

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de In Flames (Santana Hall, São Paulo, 15/02/2009)

2523 acessosResenha - In Flames (Santana Hall, São Paulo, 15/02/2009)

2416 acessosShows: veja quanto Sabbath, A7X, Red Hot e Disturbed faturaram284 acessosPassenger: O projeto de Anders Fridén, do In Flames0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "In Flames"

Metal suecoMetal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia

Metal SucksMetal Sucks
Os 522 melhores álbuns de metal do século 21

Metal HammerMetal Hammer
As melhores músicas da história do Death Metal

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "In Flames"

Rolling StonesRolling Stones
As 10 melhores segundo a... Rolling Stone

SilverchairSilverchair
Daniel Johns surge bêbado e de batom nas ruas de Sydney

DarkthroneDarkthrone
Fenriz comenta Sepultura, Sarcófago e MPB

5000 acessosIron Maiden: Brad Pitt e Angelina Jolie educam bem as crianças5000 acessosSeguidores do Demônio: as 10 bandas mais perigosas do mundo5000 acessosThrash Metal: dicas de dez ótimas bandas underground4029 acessosKiss: orgulho por estar na categoria de bandas clássicas5000 acessosSlipknot: A banda é satânica? O que diz Corey Taylor?5000 acessosGuns N' Roses: "último show foi em 1990", diz ex-empresário

Sobre Erick Tedesco

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online