Matérias Mais Lidas

Whitesnake: por que Glenn Hughes nunca foi chamado para a banda, segundo CoverdaleWhitesnake
Por que Glenn Hughes nunca foi chamado para a banda, segundo Coverdale

Iron Maiden: veja Bruce Dickinson empolgado cantando ZZ TopIron Maiden
Veja Bruce Dickinson empolgado cantando ZZ Top

Slipknot: bateria isolada de Psychosocial mostra criatividade e talento de JordisonSlipknot
Bateria isolada de "Psychosocial" mostra criatividade e talento de Jordison

Cannibal Corpse: por que eles não queriam participar do filme Ace Ventura, de Jim CarreyCannibal Corpse
Por que eles não queriam participar do filme Ace Ventura, de Jim Carrey

Ozzy Osbourne: veja a reação dele ao ouvir solo isolado de Randy Rhoads em Crazy TrainOzzy Osbourne
Veja a reação dele ao ouvir solo isolado de Randy Rhoads em "Crazy Train"

Pearl Jam: por que Eddie Vedder sofreu mais com o sucesso do que os outros integrantesPearl Jam
Por que Eddie Vedder sofreu mais com o sucesso do que os outros integrantes

Joey Jordison: seu disco favorito dos últimos 50 anos era um clássico do black metalJoey Jordison
Seu disco favorito dos últimos 50 anos era um clássico do black metal

Nightwish: banda fez show secreto na Finlândia se passando por banda coverNightwish
Banda fez show secreto na Finlândia se passando por banda cover

Iron Maiden: lendário show no Hammersmith, de 1982, finalmente chega ao streaming; ouçaIron Maiden
Lendário show no Hammersmith, de 1982, finalmente chega ao streaming; ouça

Corey Taylor: Não podíamos trabalhar junto com JordisonCorey Taylor
Não podíamos trabalhar junto com Jordison

Angra: a reação de Edu Falaschi ao saber que Marcelo Barbosa entraria para a bandaAngra
A reação de Edu Falaschi ao saber que Marcelo Barbosa entraria para a banda

Sinistra: o que aconteceu com a banda, que surgiu e logo sumiu? Luis Mariutti respondeSinistra
O que aconteceu com a banda, que surgiu e logo sumiu? Luis Mariutti responde

Utilidade pública: músicas para incomodar vizinhos que ouvem sertanejo no último volumeUtilidade pública
Músicas para incomodar vizinhos que ouvem sertanejo no último volume

Jerry Cantrell: guitarrista do Alice in Chains lança a música Atone e anuncia soloJerry Cantrell
Guitarrista do Alice in Chains lança a música "Atone" e anuncia solo

Lobão: O Rock In Rio de 85 foi muito ruim para o rock brasileiroLobão
O Rock In Rio de 85 foi muito ruim para o rock brasileiro


Pentral

Living Colour: Mesmo alto nível da outra passagem da banda pelo Rio

Resenha - Living Colour (Canecão, Rio de Janeiro, 16/05/2004)

Por Raphael Crespo
Em 16/05/04

Texto originalmente publicado no
JB Online e no Blog Reviews & Textos.

Não deve haver nada mais satisfatório para uma banda de rock do que, depois de encerrar um show, ver a platéia ir sorridente para casa. Foi exatamente o que aconteceu após a apresentação do Living Colour ontem, para um Canecão lotado. O show teve o mesmo alto nível da outra passagem da banda pelo Rio, no Hollywood Rock de 1992, na Praça da Apoteose. Corey Glover (vocal), Vernon Reid (guitarra), Dough Wimbish (baixo) e Will Calhoun (bateria) tocaram por cerca de duas horas e meia, em que mostraram que o grupo continua a se renovar, incorporando ao repertório elementos eletrônicos e até uma canção da banda White Stripes (Seven nation army).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A comunicação entre banda e público foi perfeita desde a abertura, com Back in black, do AC/DC, recebida com entusiasmo. Na segunda música, o clássico Type, os músicos improvisavam enquanto a platéia cantava o refrão em coro.

O Living Colour ganhou fama no início dos anos 80, devolvendo ao rock a presença negra que havia desaparecido com a morte de Jimi Hendrix. A banda americana tornou-se uma das mais populares do cenário musical até meados da década seguinte, com sua mistura de guitarras distorcidas, funk, jazz, blues e letras politizadas e bem-humoradas.

Depois de seis anos de separação, a banda americana voltou a se reunir para gravar um disco novo, lançado em 2003, e sair em turnê. Apesar da má distribuição de Collideoscope no Brasil, o público mostrou conhecer a maior parte das músicas e acompanhou o vocalista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jimi Hendrix parecia ser uma inspiração, tanto nos solos do guitarrista Vernon Reid, em Flying, quanto em Terrorism, em que o baixista Dough Wimbish transformou seu baixo em guitarra, numa aula de técnica. A letra da música condena a guerra e acusa o presidente americano George Bush e o primeiro-ministro inglês Tony Blair de terrorismo.

"Vocês apóiam a paz?", perguntou Wimbish, pedindo ao público que fizesse o símbolo pacifista.

Na clássica Open letter, Corey Glover demonstrou capacidade vocal cantando parte da música à capela, antes de a banda entrar. Cult of personality levantou o Canecão, que depois viu uma verdadeira festa, com a suingada Glamour boys, em que o vocalista chamou várias mulheres da platéia para dançar no palco. Depois do solo de bateria de Will, a banda voltou ao palco para o bis, tocando Ignorance is bliss e o blues Love rears its ugly head, seguida de Crosstown traffic, de Jimi Hendrix. Ovacionada, a banda fechou com uma apoteótica interpretação de Should I stay or should I go, do Clash, uma noite memorável para os fãs do rock.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: Ele está detonando, diz Santana sobre participação de Kirk em discoMetallica
"Ele está detonando", diz Santana sobre participação de Kirk em disco

Rock in Rio: festival é adiado oficialmente para 2022; confira as novas datasRock in Rio
Festival é adiado oficialmente para 2022; confira as novas datas


Lista: os 25 melhores álbuns de rock lançados em 1990Lista
Os 25 melhores álbuns de rock lançados em 1990

Megadeth: Pepeu Gomes comenta convite para tocar na bandaMegadeth
Pepeu Gomes comenta convite para tocar na banda

Anos 90: 10 shows pouco comentadosAnos 90
10 shows pouco comentados


Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçadosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos


Sobre Raphael Crespo

Raphael Crespo é jornalista, carioca, tem 25 anos, e sempre trabalhou na área esportiva, com passagens pelo jornal LANCE! e pelo LANCENET!. Atualmente, é editor de esportes do JB Online, mas seu gosto por heavy metal o levou a colaborar com a seção de musicalidade do site do Jornal do Brasil, com críticas de CDs e algumas matérias especiais, que também estão reunidas em seu blog (http://www.reviews.blogger.com.br). Sua preferência é pelo thrash metal oitentista, mas qualquer coisa em termos de som pesado é só levantar na área que ele mata no peito e chuta. Gosta também de outros tipos de som, como MPB, jazz e blues, mas só se atreve a escrever sobre o que conhece melhor: o metal.

Mais matérias de Raphael Crespo.