Matérias Mais Lidas

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Raimundos: vão cancelar Renato Russo?, diz Digão ao postar vídeo com falas do cantorRaimundos: "vão cancelar Renato Russo?", diz Digão ao postar vídeo com falas do cantor

Brian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentáriosBrian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentários

W.A.S.P.: a condição imposta por Blackie Lawless para entrada de Aquiles PriesterW.A.S.P.: a condição imposta por Blackie Lawless para entrada de Aquiles Priester

Celtic Frost: Tom Warrior elogia integrante de banda brasileira; admiro imensamenteCeltic Frost: Tom Warrior elogia integrante de banda brasileira; "admiro imensamente"

Thiago Castanho: pede pra ele tocar guitarra e cantar, diz sobre filho de ChorãoThiago Castanho: "pede pra ele tocar guitarra e cantar", diz sobre filho de Chorão

Queensryche: vocalista não esconde mais seus cigarros e não liga para os críticosQueensryche: vocalista não esconde mais seus cigarros e não liga para os críticos

Deep Purple: em 2004, Steve Morse gravou covers de Ozzy e arrumou dor de cabeçaDeep Purple: em 2004, Steve Morse gravou covers de Ozzy e arrumou dor de cabeça

Mötley Crüe: John Corabi sente-se insultado pela forma que foi retratado em The DirtMötley Crüe: John Corabi sente-se insultado pela forma que foi retratado em "The Dirt"

Angra: por que Fabio Lione não consegue mais escutar power metalAngra: por que Fabio Lione não consegue mais escutar power metal

Megadeth: as músicas que o baterista Dirk Verbeuren mais gosta de tocar ao vivoMegadeth: as músicas que o baterista Dirk Verbeuren mais gosta de tocar ao vivo

Audioslave: a opinião do guitarrista Tom Morello sobre o hit CochiseAudioslave: a opinião do guitarrista Tom Morello sobre o hit "Cochise"

Angra: Kiko Loureiro diz quais álbuns lançados pela banda são os seus favoritosAngra: Kiko Loureiro diz quais álbuns lançados pela banda são os seus favoritos

Slash: o álbum clássico que fez ele mudar do baixo pra guitarraSlash: o álbum clássico que fez ele mudar do baixo pra guitarra

Black Sabbath: Tony Iommi afirma que gostaria de remixar o álbum Born AgainBlack Sabbath: Tony Iommi afirma que gostaria de remixar o álbum "Born Again"


Garimpeiro
Monolito02

Ruídos Delfianos: Dream Theater e o surrealismo

Por Luiz Felipe Lima
Fonte: Delfos
Em 07/08/14

Já faz algum tempo desde que o primeiro texto da série Ruídos Delfianos foi lançado. Há quase um ano atrás, o lorde da cafajestagem Frodrigues fez o texto que viria a ser o debut da série, falando da música "2 Minutes to Midnight", do Iron Maiden, e, ainda que tenha demorado um pouco, aqui está o texto que dá sequência à série.

Matéria originalmente publicada no site DELFOS
http://www.delfos.jor.br

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Porém, vou fazer um pouco diferente do Frodrigues. Enquanto o debut explicava de forma concreta a música do sexteto inglês, o que vou apresentar neste texto é muito mais uma conjectura do que uma explicação definitiva - até porque a música em questão pretende provocar muito mais as confabulações do que dar de fato uma resposta final.

MUITO PROG PARA SER METAL, MUITO METAL PARA SER PROG

O Dream Theater é uma banda que, ao longo de toda a sua história, sempre se preocupou em dar muitos significados às suas músicas e discos. Como qualquer banda prog que se preze, vários discos e músicas da banda são construídos em cima de conceitos e temas diversos - e aqui eu dou um destaque especial à Twelve-Step Suite, que trata da passagem do baterista Mike Portnoy pelos 12 Passos dos Alcoólatras Anônimos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Isso obviamente faz com que ouvir músicas da banda seja uma constante surpresa, pois é comum descobrir alguns elementos nelas que você não tinha reparado anteriormente. Ao mesmo tempo, isso também permite que surjam outras interpretações e que outras músicas com um sentido não tão claro finalmente mostrem a que vieram. E aí vem Under a Glass Moon.

QUEBRANDO O VIDRO

Under a Glass Moon foi uma faixa que eu demorei muito para entender. Nas primeiras vezes que eu ouvi, achei um saco, mas depois de um tempo acabei me acostumando e gostando dela. Porém, foi só depois de analisá-la a fundo que ela entrou para o meu Top 10 de músicas da banda. Abaixo está a música, mas já aviso que não garanto que você vá gostar - e logo depois do vídeo eu explico o porquê.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nas primeiras ouvidas desatentas, algo que chama bastante atenção é o exagero da faixa. Sim, isso é verdade, essa música é absurdamente exagerada. Ela possui diversas mudanças de andamento, vocais muito ostensivos e um solo de guitarra que beira o ridículo de tão técnico e complexo. Porém, diferente do que acontece em outras músicas da banda - que são complexas, mas ainda assim soam bem "musicais" -, Under a Glass Moon soa muito "anti-musical".

Essa música, a princípio, parece que nasceu errada: ela é muito pomposa e tem tanta informação ao mesmo tempo que chega a dar náusea. E aí, quando você vê que a banda é conhecida pela qualidade técnica dos seus integrantes, fica a impressão de que foi mesmo uma bola fora, e que eles cometeram aquele erro crasso de se preocupar mais com a técnica do que com a musicalidade. Eu passei muito tempo pensando que, ao fazer Under a Glass Moon, eles se esqueceram de que estavam fazendo música e resolveram competir para ver quem fazia a linha musical mais complexa e chata.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

BANHANDO A ALMA EM LÁGRIMAS DE PRATA?

Por isso fiz evil monkey para a banda por muito tempo, fazendo pipi na capa do CD e dizendo o quanto a Lua de Cristal da Xuxa era mais legal, até o dia em que eu passei a gostar dela e resolvi ver a letra da música. E aí eu fiquei ainda mais espantado: eu não entendi bulhufas. A letra não fazia nenhum sentido! Mais do que qualquer coisa, parecia um apanhado de metáforas e não uma letra que tivesse um significado propriamente dito. Isso me deixou curioso e eu resolvi ir um pouco mais fundo.

Entre as diversas conjecturas que eu fiz, uma bem interessante era a de que a letra da música soava muito bem. Se às vezes algumas músicas têm letras tão travadas que são desagradáveis de se ouvir, outras vão pelo caminho oposto e têm letras que soam muito bem - e que não precisam nem dizer nada, pois o simples fato de soar bem já é o bastante. Então, ainda que ela não dissesse coisa com coisa, pelo menos era legal de ouvir e de cantar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas mesmo assim me parecia muito simplório pensar que aquelas metáforas todas só existissem para a música ficar bonita de cantar. Outra coisa que eu percebi é que, afinal de contas, aquelas metáforas todas criavam um mundo fantasioso, algo que parecia saído do subconsciente, algo... surrealista. E foi quando eu me lembrei das aulas de Arte da escola que tudo pareceu fazer sentido.

QUANDO DOIS MUNDOS COLIDEM

Uma coisa muito interessante e, de certa forma, bastante comum do mundo artístico é quando duas formas distintas de arte se encontram e se misturam. Seja ideológica ou materialmente, é fato que alguns dos melhores momentos artísticos acontecem nesses momentos. Quer um grande exemplo? O cinema: o encontro da música, da pintura, da literatura e da fotografia, que juntas formaram algo completamente novo. E, ainda assim, quando o cinema encontra qualquer uma dessas outras formas de arte é comum que surjam outros momentos igualmente grandiosos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pois foi exatamente nisso que eu pensei enquanto analisava Under a Glass Moon. Afinal de contas, será que a ideia da banda era criar uma música feita unicamente para se ouvir? Ou o objetivo era criar algo diferente? Será que esse aparente diálogo com um outro universo artístico não teria sido proposital? A meu ver sim, pois as semelhanças com o pensamento surrealista não eram poucas ou isoladas.

Como eu sei que as aulas de Artes sempre são boicotadas no colégio e que muitos não gostam da matéria (coitada!), é válido fazer uma contextualização. O Surrealismo foi um movimento artístico surgido no século XX. Esse movimento foi fortemente influenciado pela psicanálise do Freud e tem como um grande expoente o pintor Salvador Dalí. Você provavelmente já viu quadros dele - e, se não viu ou não lembra, eu coloquei alguns na galeria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas qual é, afinal, o mote desse movimento? O nosso bom, mas não tão velho, pai dos curiosos tem a resposta: o Surrealismo enfatiza o papel do inconsciente na atividade artística. O objetivo nesse estilo é criar uma arte livre da consciência e da lógica, expressando o mundo da imaginação, do inconsciente e dos sonhos.

Imaginação? Sonhos? Inconsciente? Exatamente, delfonauta. E a música, assim como os quadros do Dalí, é extremamente rica em detalhes, como se cada compasso fosse feito para te colocar em um estado de imersão, de total ausência de consciência. A introdução forte, grandiosa, que traz a sensação de se estar entrando em um lugar incomum. As diferentes texturas que os instrumentos criam, com uma ótima performance do baterista Mike Portnoy e do vocalista James LaBrie. E, como não poderia deixar de ser, o solo de guitarra.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

UM SOLO INCOMUM PARA UMA MÚSICA INCOMUM

Lembra que eu falei o quanto eu achava esse solo ruim? Pois é, eu mudei de opinião. O solo sempre soou estranho porque ele não se parece com nada do que o guitarrista John Petrucci faz. Esse solo tem muitas técnicas complexas e muitos detalhes que são mais estéticos do que propriamente musicais.

Isso pode não fazer nenhum sentido em uma proposta essencialmente musical, mas possui todo o sentido se passarmos a avaliar a partir da imersão que a música se propõe a criar. O solo funciona exatamente como um solo deve funcionar - prestando um serviço à música - mas a questão é que a música em si não funciona da maneira comum. Under a Glass Moon não é só uma faixa, é uma experiência. E exatamente por isso o solo tem como objetivo dar texturas e detalhes a ela, tornando mais rica essa imersão que se pretende criar. E apesar de eu ter destacado o solo de guitarra, não é apenas ele que é exagerado, mas também o vocal, a bateria, o teclado...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Essa música é bastante abrangente e com certeza renderia muitas outras páginas com as mais diversas interpretações, por isso deixo essa lacuna para você preencher. E digo mais: o delfonauta que conseguir achar indícios de que ela é, na verdade, uma adoração à Deusa Ruiva do Bacon, ganha um abraço telepático.

E com essa matéria encerramos o nosso Especial Dia do Rock. Não se esqueça de comentar e compartilhar as matérias do Especial com seus amigos e nos ajudar na dominação mundial!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Retrospectiva: confira 21 músicas lançadas por bandas de heavy metal em 2021Retrospectiva: confira 21 músicas lançadas por bandas de heavy metal em 2021

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Dream Theater: o que James LaBrie pensa de quem fala que ele canta malDream Theater: o que James LaBrie pensa de quem fala que ele canta mal

Grammy: Dream Theater, Mastodon e Gojira estão na disputa da categoria Metal PerformanceGrammy: Dream Theater, Mastodon e Gojira estão na disputa da categoria Metal Performance

Lista: 100 músicas perfeitas para amolecer o coração dos metaleiros insensíveisLista: 100 músicas perfeitas para amolecer o coração dos metaleiros insensíveis

Mais ou menos: 10 discos de estreia que não são tão bons, em lista da Classic RockMais ou menos: 10 discos de estreia que não são tão bons, em lista da Classic Rock

Dream Theater: James LaBrie afirma que não fala com Mike Portnoy há mais de uma décadaDream Theater: James LaBrie afirma que não fala com Mike Portnoy há mais de uma década

Dream Theater: Guerra do Golfo e troca de vocalista foram problemas nos anos 90Dream Theater: Guerra do Golfo e troca de vocalista foram problemas nos anos 90

Dream Theater: Petrucci diz que no início, banda era uma mistura entre Yes e MetallicaDream Theater: Petrucci diz que no início, banda era uma mistura entre Yes e Metallica

Dream Theater: James LaBrie recusou a chance de ser vocalista do Iron MaidenDream Theater: James LaBrie recusou a chance de ser vocalista do Iron Maiden

Resenha - A View from the Top of the World - Dream TheaterResenha - A View from the Top of the World - Dream Theater

Dream Theater: Felipe Andreoli manda ver em cover de The Dance Of Eternity; confiraDream Theater: Felipe Andreoli manda ver em cover de "The Dance Of Eternity"; confira

Dream Theater: veja Jordan Rudess, como quem não quer nada, tocando piano em um hotelDream Theater: veja Jordan Rudess, como quem não quer nada, tocando piano em um hotel

Dream Theater: Petrucci diz que quem é fã da banda, vai gostar do novo discoDream Theater: Petrucci diz que quem é fã da banda, vai gostar do novo disco

Pink Floyd: quando Jordan Rudess, do Dream Theater, foi tirado de gravação de The WallPink Floyd: quando Jordan Rudess, do Dream Theater, foi tirado de gravação de The Wall


Mike Portnoy: músico fala detalhadamente de suas tatuagensMike Portnoy: músico fala detalhadamente de suas tatuagens

John Petrucci: não sabia que Voodoo Child é do Jimi HendrixJohn Petrucci: não sabia que "Voodoo Child" é do Jimi Hendrix

Dream Theater: as mudanças de dinâmica após a saída de PortnoyDream Theater: as mudanças de dinâmica após a saída de Portnoy


Iron Maiden: Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo HorizonteIron Maiden
Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo Horizonte

Dead Fish: A proposta mais indecente que a banda já recebeu pelo FacebookDead Fish
A proposta mais indecente que a banda já recebeu pelo Facebook


Sobre Luiz Felipe Lima

Depois de ficar louco com o Ritualive do Shaman nos primórdios dos anos 2000, a sua trajetória no Metal apenas se intensificou. Fã inveterado de Pantera, aprendeu rápido que é possível achar música boa desde Death até Europe, e escreve para que cada vez mais pessoas consigam perceber que não se pode ter uma mente pequena se você quiser conhecer grandes músicas.

Mais matérias de Luiz Felipe Lima.