Desmistificando o "Kill' em All", do Metallica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

"Kill' em All" é o melhor álbum do Metallica e é o expoente do thrash metal? A resposta é "não". E veja por que.

1073 acessosDave Mustaine: revelando que já tentou gravar com James Hetfield5000 acessosPink Floyd: dupla sertaneja desvirtua clássico da banda

Primeiramente - e isso é reconhecido pela própria banda - Kill' em All foi um álbum muito mal produzido. Na época, segundo o próprio Lars Ulrich, ele e James eram péssimos músicos. Isso se percebe na execução das músicas. Boa parte dos "clássicos" deste álbum é mal tocada, pois na ocasião eles ainda eram músicos amadores. Mas aí tem os fãs inveterados que reafirmam a importância do álbum como um expoente do thrash metal, e dizem que apesar de ter sido mesmo mal produzido, ele é o primeiro álbum de thrash metal da história e foi ele que influenciou outras bandas do gênero.

Isso poderia ser verdade. Poderia. Mas infelizmente para os fãs nem mesmo o próprio Metallica acha isso. Kill'em All tem, em suma, a mesma sonoridade de composições anteriores do Motörhead. E apesar da própria banda não se considerar thrash, a sonoridade dos álbuns "Overkill" (1979) e "Ace of Spades" (1980) serve justamente para provar isso. A própria canção "Ace of Spades", uma das mais conhecidas da banda, é de longe reconhecível por seu peso, velocidade e agressividade, tudo característico do thrash metal que vemos em Kill'em All, porém com uma execução e produção muito superior.

Sem sombra de dúvidas, se alguma banda pode ser reconhecida como um marco para o thrash metal, esta banda é o Motörhead, cuja influência é nítida em tudo que feio no início da década de 1980. E isso é algo reconhecido pelo próprio Metallica. Tanto é verdade que em seu segundo álbum, o "Ride the Lightning", a sonoridade do Metallica passa a ser bem diferenciada, tornando - este sim - o melhor ou pelo menos o segundo melhor álbum da banda, levando em conta que muitos ainda preferem "Master of Puppets", que é outro excelente álbum.

Até então o que este texto diz é factual. Não é opinião. De fato, os dois álbuns citados do Motörhead foram lançados anos antes de Kill'em All, e qualquer pessoa com o mínimo conhecimento na história do gênero sabe que o primeiro álbum do Metallica é, praticamente, uma cópia do que Lemmy já tinha feito. Mas aí você se questiona: porque esse mito em cima do Metallica, então?

A explicação é simples: Falso saudosismo. Fãs de thrash metal - o que também sou - têm o péssimo hábito de saudar demais os "primeiros clássicos" de qualquer banda do gênero. E como Motörhead não é considerado thrash metal, não se encaixa nesta categoria, e aí os fãs precisam ter alguém para idolatrar. Então, independente do que o Kill'em All tivesse apresentado, ele seria chamado de clássico e teria a mesma idolatria, porque é provável que a maioria das pessoas que se dizem fãs deste álbum sequer o escutam quando estão sozinhos em casa; devem escutar, porém, na presença de outras pessoas, para mostrar o quanto são "true".

Assim sendo, o agora desmistificado álbum se torna apenas um álbum de thrash metal, e não "O álbum" de thrash metal.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Dave MustaineDave Mustaine
Revelando que já tentou gravar com James Hetfield

322 acessosApocalyptica: noites dedicadas ao Metallica no Brasil886 acessosTen Second Songs: 10 músicas pop tocadas no estilo do Metallica0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

Chris CornellChris Cornell
Misturando One do Metallica e U2 na mesma música

James HetfieldJames Hetfield
As dificuldades de ser cinquentão, rockstar e pai

Dave MustaineDave Mustaine
Falando como foi tocar com o Metallica

0 acessosTodas as matérias da seção Opiniões0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"


Pink FloydPink Floyd
Dupla sertaneja desvirtua clássico da banda

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Vocalista elege seus 5 álbuns preferidos

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
James Hetfield e Mano Menezes

5000 acessosSteven Tyler: primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeas5000 acessosPink Floyd: tudo sobre "Another Brick in the Wall"5000 acessosGothic Metal: os dez trabalhos essenciais do estilo5000 acessosBruno Sutter: explicando, em vídeo, como ser o melhor vocalista do Brasil2531 acessosJared Dines: conheça 10 estilos de Hardcore em 60 segundos5000 acessosKerrang!: os 100 melhores álbuns de Rock em lista da revista

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online