Rock em Análise: Rebatendo o vocalista Edu Falaschi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fábio Cavalcanti, Fonte: Rock em Análise
Enviar correções  |  Ver Acessos

Bem-vindo(a) à coluna "Rebatendo", um espaço dedicado à fina arte da discordância musical. O objetivo é simples: "rebater" aquelas opiniões munidas de argumentos que, no fundo, não convencem quase ninguém... Se você é um fã "babão" do artista abordado - e, consequentemente, desprovido de opinião própria -, passe longe do texto a seguir...

Steve Perry: 5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do JourneyRaul Seixas: 10 importantes obras do Maluco Beleza

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Antes de tudo, vamos relembrar da recente declaração de Edu Falaschi (Angra e Almah) sobre alguns "probleminhas" recorrentes no rock nacional:

Edu Falaschi: desabafo e declaração polêmica de vocalistaEdu Falaschi
Desabafo e declaração polêmica de vocalista

Quase todo mundo concorda que o Sr. Falaschi exagerou na dose de "agressividade" em sua declaração, o que vem levantando questões sobre o quanto o artista "forçou a barra" para polemizar, visto que tal postura raramente foi adotada pelo mesmo em toda a sua carreira. Mas, não podemos negar que assuntos pertinentes foram abordados, sendo que alguns deles merecem ser discutidos a fundo.

Em primeiro lugar, a velha retaliação ao ato de "pagar pau pra gringo" se mostra um tanto hipócrita, visto que todos nós adoramos um estilo que é basicamente... gringo! As melhores bandas de rock nacionais são influenciadas pelo rock de fora, e até os seus integrantes adorariam assistir - e de camarote, se possível - a qualquer show dos seus ídolos.

Em segundo lugar, quem disse que o ato de priorizar os caríssimos shows gringos representa uma total falta de respeito e consideração pelo rock tupiniquim? Se vamos gastar toda uma bagatela para assistir uma de nossas bandas favoritas, é claro que dificilmente sobrará algo para assistir aos shows de algumas das melhores bandas da nossa terra, como o Dr. Sin, Sepultura, ou o próprio Angra. Agora, combate ao preço dos ingressos desses shows gringos é uma outra história, outra luta...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda no campo da suposta falta de interesse nos shows nacionais, é fato que muitos "roqueirinhos" estúpidos gostam de reclamar e reclamar, mas não querem desembolsar um centavo sequer para assistir aos shows. Vou ainda mais longe e os excluo de qualquer equação referente a este assunto, visto que tais pessoas não merecem nenhuma citação adicional.

Quanto aos verdadeiros interessados no rock brasileiro, já foi citado o problema das prioridades, mas temos ainda outro fator crítico: produção! Todos nós sabemos que boa parte dos shows/festivais nacionais carece de boa divulgação e profissionalismo básico em sua organização, salve raríssimas exceções!

Como podemos ver, muitos fatores influenciam negativamente no interesse em gastar e se deslocar a um local de caráter duvidoso, para assistir a apenas uma ou duas bandas realmente boas. A certa falta de apoio ao rock/metal pode até existir, mas nem sempre é gratuita como pode parecer...

Sei muito bem que um artista de rock nacional tem alguns motivos fortes para reclamar de determinados problemas, sem cair nas armadilhas do "mimimi" choroso, mas sei também que alguns deles vêm abusando deste direito, o que os faz perder parte da suposta "força" que os músicos do gênero deveriam mostrar, frente aos estilos populares que ainda inundam este país.

Sr. Falaschi, caso tenha oportunidade de ler este humilde texto, apenas pense bem nisso tudo antes do seu próximo acesso de raiva.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção OpiniõesTodas as matérias sobre "Edu Falaschi"Todas as matérias sobre "Angra"


Top 20: discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigosTop 20
Discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigos

Edu Falaschi: não tenho saudades do AngraEdu Falaschi
"não tenho saudades do Angra"


Steve Perry: 5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do JourneySteve Perry
5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do Journey

Raul Seixas: 10 importantes obras do Maluco BelezaRaul Seixas
10 importantes obras do Maluco Beleza


Sobre Fábio Cavalcanti

Baiano, sempre morou em Salvador. Trabalha na área de Informática e ¨brinca¨ na bateria em momentos vagos, sem maiores pretensões. Além disso, procura conhecer novas - e antigas - bandas dos mais variados subgêneros do rock. Por fim, luta para divulgar, sempre que possível, o pouco conhecido cenário rocker da tão sofrida ¨Terra do Axé¨.

Mais matérias de Fábio Cavalcanti no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline