McCartney leva Beatles em vez de lutas ao Coliseu

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Fonte: IG Último Segundo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 12/05/03. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

ROMA (Reuters) - Pisando na tribuna onde gladiadores já lutaram até a morte contra animais selvagens, o ex-Beatle Paul McCartney levou pela primeira vez o rock'n'roll ao Coliseu de Roma.

767 acessosFoo Fighters: como foi gravar com Paul McCartney no último disco?5000 acessosMetallica: Bob Rock revela segredos do "Black Album"

"Nós entendemos que é a primeira vez que uma banda vai ao Coliseu desde os cristãos", brincou McCartney com a audiência, referindo-se à perseguição dos primeiros cristãos pelas autoridades romanas. "Balancem o Coliseu", ele gritou no fim do show na noite de sábado, antes de começar a cantar "Hey Jude".

Luzes em tons alaranjados deram uma atmosfera íntima ao concerto, apesar do tamanho do local. No seu auge, há uns 2000 anos, o Coliseu poderia receber até 80.000 pessoas, mas no sábado apenas 400 pessoas puderam assistir ao show beneficente.

"Este é um lugar lindo, lindo", disse o sexagenário McCartney a uma audiência composta por convidados importantes e por alguns sortudos que conseguiram comprar ingressos num leilão na Internet.

Parte do dinheiro arrecadado com o leilão irá para o Adopt a Minefield (Adote uma mina), um órgão beneficente criado pela esposa de McCartney, Heather Mills McCartney, e outra parte para projetos arqueológicos em Roma.

No show McCartney fez amplo uso de antigos sucessos dos Beatles, sendo 18 das 27 canções interpretadas por ele do repertório da banda na década de 1960, incluindo "Can't Buy Me Love", "Let It Be" e "Yesterday".

"Eu amei estas canções por mais de 30 anos, e vê-lo interpretá-las no Coliseu é bom demais para ser verdade", disse Renato Jacopetti, que pagou 1.263 dólares por dois ingressos e veio da cidade de Pádua, no norte da Itália, apenas para o show.

McCartney deve fazer um segundo show em Roma no domingo, mas dessa vez do lado de fora do monumento histórico, usando seus arcos como fundo de cenário. O show será gratuito, e os organizadores disseram esperar cerca de 200.000 pessoas.

O lucro da venda dos direitos dos dois shows para a televisão irá para uma missão arqueológica no Iraque, cujo objetivo é ajudar o Museu Nacional Iraquiano de Bagdá, que foi saqueado, a reabrir suas portas.

McCartney está no fim de uma turnê mundial que o tornou a celebridade mais bem paga do mundo. Quando a turnê acabar, em 1o de junho, em Liverpool, berço dos Beatles, cerca de 2 milhões de pessoas terão pago para vê-lo tocar.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

George HarrisonGeorge Harrison
Ronnie Von cometeu gafe e deixou de gravar com ele

767 acessosFoo Fighters: como foi gravar com Paul McCartney no último disco?243 acessosBeatles: singles natalinos serão relançados em dezembro865 acessosPipocando Música: 8 teorias de artistas que foram trocados965 acessosPaul McCartney: a máquina do tempo e as canções que não voltam mais0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

Paul McCartneyPaul McCartney
"Não, não tenho! Nem na minha bunda!"

HeróisHeróis
Astros da música transformados em heróis de HQ

Sem imaginação?Sem imaginação?
Os nomes de bandas mais estúpidos da história

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"


MetallicaMetallica
Bob Rock revela segredos do "Black Album"

AerosmithAerosmith
Curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

CuriosidadeCuriosidade
Artistas que odeiam suas próprias músicas

5000 acessosMarilyn Manson: "Sou ainda pior fora do palco"5000 acessosFotos de Infância: Marilyn Manson5000 acessosIron Maiden: a tragédia pessoal do baterista Clive Burr5000 acessosHeavy Metal: 25 bandas que fizeram o gênero ser o que é4458 acessosDave Mustaine: Quem não pode alimentar um bebê não deve tê-lo?4316 acessosSantana: músico pede para Obama legalizar a maconha

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online