'Love me do' ofusca 'quinto beatle' em leilão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Fonte: Terra Música
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 30/07/03. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O chamado "quinto Beatle" parece condenado a ficar na sombra do conjunto de rock mais influente de todos os tempos: nenhum de seus objetos pessoais, leiloados nesta terça-feira em Londres, conseguiu despertar tanto interesse como um single de Love me Do.
Uma cópia assinada por Paul McCartney deste single, com o qual a banda se lançou, em 1962, foi vendida por 16.276 euros (cerca de US$ 18.700) a seu proprietário original, o DJ inglês Tony Prince. "Voltei para comprá-lo e estou feliz", declarou Prince à EFE.

767 acessosFoo Fighters: como foi gravar com Paul McCartney no último disco?5000 acessosTop 10 Guitarristas: matéria empolgada no Jornal da Globo

Esta venda monopolizou as atenções do leilão, enquanto que a prestigiosa galeria Bonhams só conseguiu vender alguns dos muitos objetos do falecido baixista dos Beatles Stuart Sutcliffe, que deveria ser o personagem principal do evento.

Sua irmã Pauline, proprietária da maioria dos objetos, disse há dias que o leilão confirmava que não tinha perdido quarenta anos de sua vida em vão defendendo a influência de Sutcliffe no grupo.

Entre os objetos pessoais havia poemas e cartas de amor, obras de arte - a verdadeira paixão de Sutcliffe -, sua certidão de nascimento e diplomas escolares e fotografias que mostram o músico após deixar o lendário grupo e pouco antes de morrer, com apenas 21 anos.

As imagens mostram a um jovem vestido de couro preto e penteado para frente, com a linha da franja emoldurando seu rosto - na verdade o mais atraente dos cinco -, e que, embora desconhecido pelo grande público, é o principal responsável pelo visual inicial dos Beatles.

Suscitaram interesse especial um caderno de preparação para sua admissão no Royal College of Art de Liverpool, que data de 1957 e qu foi vendido por 4.246 euros (uns US$ 4.900).

Uma carteira de cor creme com o nome "Stuart" escrito com a letra de Sutcliffe e que continha, entre outras coisas, uma foto de sua namorada Astrid, que escreveu "Te amo sempre e para sempre", foi vendida por 1.981 euros (US$ 2.300), muito abaixo do lance inicial, de 4.246 euros.

Uma série de ensaios sobre a história da arte escritos pelo artista foi vendida por 3.397 euros (US$ 3.900), apesar de seu lance inicial ser 7.077 euros (quase US$ 8.200).

Um retrato a tinta de Pauline feito por por Sutcliffe em 1958 foi um dos objetos que alcançaram o melhor preço, saindo a 4.954 euros (US$ 5.700), embora a expectativa fosse de que chegasse a 11.323 euros (US$ 13 mil).

Deste lote avaliado inicialmente em 1,4 milhão de euros (US$ 1,6 milhão), poemas, fotografias e diplomas foram os objetos que tiveram o pior desempenho.

Toda a expectativa se voltou para a demo (single de demonstração) da música de estréia dos Beatles, Love me Do, que Paul McCartney enviou ao conhecido DJ Tony Prince quando este trabalhava no estúdio londrino da Rádio Luxembourg, emissora conhecida internacionalmente por divulgar novidades.

A canção, incluída no primeiro álbum do grupo, Please, Please Me (1963), lançou a fama da banda em 48 horas.

Apesar de seu preço ter oscilado entre 17.692 e 19.107 euros (entre US$ 20.300 e US$ 22 mil), seu comprador hoje, o mesmíssimo Tony Prince, pagou 16.276 euros (US$ 18.600) por ele, 2.123 euros (US$ 2.400) acima do preço a que foi vendido a um colecionador espanhol em 1994, quando estava precisando de dinheiro.

Prince, já perto de completar 60 anos, explicou: "É o disco original que a Rádio Luxemburgo tocou. O primeiro disco dos Beatles divulgado no rádio".

Outra das peças relativas à banda de Liverpool que suscitou rivalidade entre os compradores, eclipsando de novo Stuart Sutcliffe, foram autógrafos dos músicos, que superaram o preço máximo estimado, de 3.963 euros (US$ 4.500), saindo por 4.812 euros (US$ 5.500).

Sutcliffe entrou no grupo através de John Lennon, assassinado em 1980, de quem se tornou amigo íntimo quando os dois estudavam arte em Liverpool, em uma época na qual dividiam um apartamento.

Lennon convenceu Sutcliffe a comprart um baixo com o dinheiro obtido com a primeira venda de uma obra sua para unir-se aos iniciantes Beatles, que na época faziam suas primeiras incursões na Alemanha com alguns shows em Hamburgo.

Foi lá que Sutcliffe se apaixonou profundamente por Astrid Kirchher, uma jovem fotógrafa alemã com a qual viveria na casa de sua mãe, em Hamburgo, onde estudaria arte na mesma escola que ela, depois de deixar o grupo.

Um derrame cerebral matou o jovem em 1962, nos braços de sua namorada. Existem várias teorias sobre a morte do "quinto Beatle", entre elas de que teria sido atingido na cabeça várias vezes durante uma briga em circunstâncias ainda não esclarecidas ou que ela foi resultado de uma overdose de anfetaminas.

O casal planejava se casar, mas seus planos foram frustrados com a progressiva deterioração do estado de saúde de Sutcliffe.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

George HarrisonGeorge Harrison
Ronnie Von cometeu gafe e deixou de gravar com ele

767 acessosFoo Fighters: como foi gravar com Paul McCartney no último disco?243 acessosBeatles: singles natalinos serão relançados em dezembro865 acessosPipocando Música: 8 teorias de artistas que foram trocados965 acessosPaul McCartney: a máquina do tempo e as canções que não voltam mais0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

RockRock
25 fotos pra fazer você continuar acreditando na música

Jimi HendrixJimi Hendrix
Fotos raras da época em que era inquilino de Ringo

BeatlesBeatles
Como surgiu a clássica faixa "Get Back"?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"


Top 10 GuitarristasTop 10 Guitarristas
Matéria empolgada no Jornal da Globo

MetallicaMetallica
James Hetfield elege as suas dez músicas favoritas

Em 28/12/2009Em 28/12/2009
Morre o baterista Jimmy "The Rev" Sullivan

5000 acessosGibson: os 10 maiores bateristas de todos os tempos5000 acessosHeavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19805000 acessosSlipknot: Ana Maria Braga surpreende em abertura do Mais Você5000 acessosNME: os 50 álbuns com mais vendas na primeira semana5000 acessosKiss: "Nunca usei drogas", diz Paul Stanley

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online