Velvet Revolver pode perder vocal antes de estréia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Tavares, Fonte: Fuckin' Fórum
Enviar Correções  

Como já foi noticiado anteriormente, o vocalista Scott Weiland está cumprindo pena por ter contrabandeado drogas em sua reabilitação caseira e também por ter colidido com seu carro em outubro do ano passado. Apesar de ter se declarado inocente, a corte americana decidiu colocar o cara em uma clínica de reabilitação sem nenhuma facilidade (ou seja, ele não sai de lá de jeito algum) durante seis meses. A esperança para o Velvet Revolver é que o primeiro relatório sobre o progresso dele, que será divulgado dia 5 de março, traga algo de positivo.

publicidade

Agora eis o por quê do título: como o grupo iniciará (ou iniciaria?) uma turnê promocional no dia 12 de março, e Scott Weiland supostamente iria permanecer em tratamento por seis meses, as chances dele conseguir fazer a turnê são remotas. Vamos supor que o relatório médico seja positivo e ele consiga uma liminar para excursionar com a banda. Nestes casos, a pessoa pode sair do tratamento durante o dia para realizar suas tarefas e retornar à noite; entretanto, no caso do Scott, suas obrigações incluem longas viagens, algumas até para fora do país, ou seja, ele não poderia voltar no mesmo dia, e neste caso, as autoridades consideram que estão perdendo o controle sobre o condenado, de forma que ele poderia, digamos, voltar a usar drogas ou causar novos problemas.

publicidade

O futuro do Velvet Revolver está nas mãos dos outros integrantes, pois eles têm que decidir entre manter Scott na banda e ficar parados por meses (assim como o Guns n' Roses) ou tomar a decisão mais coerente: mudar o vocalista. Quem sabe essa não é uma segunda chance para o Sebastian Bach entrar na banda...

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicasMetal Moderno
5 bandas aptas a se tornarem clássicas

Dream Theater: o suposto plágio de música de Leandro & Leonardo?Dream Theater
O suposto plágio de música de Leandro & Leonardo?


Sobre Rafael Tavares

Nascido em 1987, descobri o rock and roll já cedo, aos 6 anos de idade, quando ouvi "I Don't Care About You" com o Guns N' Roses em algum momento de 1993. De lá pra cá minha paixão pela música pesada e, especialmente pelo Guns N' Roses (que estará para sempre marcado em minha pele, alma e coração) cresceu exponencialmente. Sebastian Bach me fez querer virar cantor e o resto é história. Produtor fonográfico, formado em Letras e professor. Tão diversificado quanto o Rock and Roll, essa é minha vida, esse é meu clube. =D

Mais informações sobre Rafael Tavares

Mais matérias de Rafael Tavares no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin