Shows: Living Colour arrasa em São Paulo e ruma ao Rio de Janeiro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  


Valeu a pena esperar tanto tempo pelo retorno do LIVING COLOUR. A banda começou e muito bem a turnê pelo Brasil, em São Paulo, no Via Funchal. Se me perguntarem o que eles tocaram em termos de música, estilo, certamente eu descarrilharia em erros terríveis. Fã de Living Colour não bate cabeça, balança. A maturidade atingida por Will Calhoun, Vernon Reid, Corey Glover e Doug Wimbish está além de qualquer rótulo musical. Reggae jams, experimentos eletrônicos, novos arranjos para antigos clássicos. Surpreendente e sempre. Tudo o que você possa imaginar aconteceu durante o show, inclusive stage dive de Glover. Rola até White Stripes, numa versão fantástica para "Seven Nation Army". E como sempre na atitude do Living Colour, desde sua formação, não tem essa de esquiva política. Há inclusive uma passagem apenas com Doug Wimbish e Will Calhoun (só o kit deste monstro legendário da bateria já valia alguns minutos de baba frente ao palco) tocando a música "Terrorism", a qual, por relato do próprio baixista, rendeu alguns dedos de fãs mandando a banda tomar naquele lugar num país da América (do Norte). Por aqui não teve isso. Muito pelo contrário, as razões para esta atitude seriam outras no Brasil; o pessoal de Porto Alegre que o diga. A gauchada que espere para aplaudir de pé a passagem do Living Colour. Cariocas e paranaenses também. Mais fotos em breve!

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Chadwick Boseman: Mick Jagger, Slash e outros músicos lamentam morte do atorChadwick Boseman
Mick Jagger, Slash e outros músicos lamentam morte do ator


Anos 90: 10 shows pouco comentadosAnos 90
10 shows pouco comentados

Lista: os 25 melhores álbuns de rock lançados em 1990Lista
Os 25 melhores álbuns de rock lançados em 1990


Dave Mustaine: Maroon 5 o deixou boquiabertoDave Mustaine
Maroon 5 o deixou boquiaberto

Kiss: Rock and roll é um trabalho para otários!Kiss
"Rock and roll é um trabalho para otários!"


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin