Tomada de graça no Centro Cultural São Paulo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Fonte: Tomada - Rock On
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nessa quinta-feira, dia primeiro de julho, o TOMADA estará tocando músicas do "Tudo em nome do Rock & Roll" e de seu próximo disco, "Volts", no Centro Cultural São Paulo. Detalhe: totalmente de graça! Será uma homenagem a todos que participam e participaram do disco.

O Centro Cultural São Paulo fica na Rua Vergueiro número 1000.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Tomada"


Death On Two Legs: a declaração de ódio de Freddie MercuryDeath On Two Legs
A declaração de ódio de Freddie Mercury

Sasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinilSasha Grey
Sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil

Rockstars: as esposas mais lindas do rock - 1ª parteRockstars
As esposas mais lindas do rock - 1ª parte

Refrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/MetalRefrãos
Alguns dos mais marcantes do Rock/Metal

Ozzy Osbourne: o morcego era quente e crocanteOzzy Osbourne
"o morcego era quente e crocante"

Seus problemas acabaram: Zumbido no ouvido? Beba mais café!Seus problemas acabaram
Zumbido no ouvido? Beba mais café!

Slayer: Importante não é a melodia, mas a fúria na vozSlayer
"Importante não é a melodia, mas a fúria na voz"