Tony Martin quase foi para o Candlemass

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Thiago Coutinho, Fonte: Tony Martin official website
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 16/11/04. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Tony Martin, um dos ex-vocalistas do BLACK SABBATH, está preparando um novo trabalho solo, que contará inclusive com a participação do finado batera Cozy Powell, que faleceu em 1999 em um acidente de carro. As faixas gravadas por Powell foram escritas há alguns anos e encontradas há pouco tempo por Martin em seu vasto material. Martin revelou ainda que esteve em contato com o grupo Candlemass para uma possível colaboração conjunta, mas que acabou não sendo concluída.

934 acessosEstreias: 20 ótimas músicas que abrem discografias5000 acessosGuitarpedia: os 5 erros mais comuns do guitarrista

Veja o comunicado postado em seu website oficial: “Estive submergido em muito material e não tive tempo para atualiza-los das coisas que estão acontecendo. Primeiro, estive trabalhando com uma banda chamada Candlemass, eles são da Suécia, fazem um som à lá anos 90 e quase foram a banda de abertura do Sabbath durante a turnê do álbum ‘Tyr’, mas são um grande grupo do seu jeito. Trabalhei em três canções deles para então ajuda-los a concluir o novo álbum, mas não funcionou. Na verdade, e essa não é a verdade completa, e essa não é a verdade completa, as faixas que eles me ofereceram eram fantásticas, mas completamente fora do meu estilo, eu até era capaz de fazer alguma coisa em uma delas, mas as outra eram totalmente fora do meu alcance vocal (muito baixas) e estilo. Fui para Londres encontrá-los e eles são gente finíssima. Eu lhes desejei muita sorte com seu novo álbum e espero olhar para frente e ver a coisa toda pronta.

Meu novo álbum está ficando legal, e decidi manter a primeira prensagem em duas mil cópias. Haverá doze faixas no álbum e uma gravada ao vivo nos tempos do Sabbath. Eu também gravei duas faixas com Cozy Powell. Como? Bem, quando aceitei participar do Cozy Powell’s Hammer ele me deu 20 faixas apenas com a bateria para que eu trabalhasse em cima, e eu as havia esquecido até encontra-las enquanto mudava para minha nova casa. As duas faixas que coloquei no álbum chamam-se ‘Raising Hell’ e ‘Wings of Thunder’. Elas foram feitas durante os dias do Sabbath e eu toquei as demos para Cozy quando estávamos fazendo o Hammer. Ele as achou bem legais. Essas músicas vão bem ao estilo de Cozy e estão guardadas há tempos. Eu estava determinado a fazê-las do jeito certo! Estou muito satisfeito com o jeito que elas ficaram. Se essas músicas fizerem sucesso, eu farei um álbum completo com novas faixas e as baterias gravadas por ele.

As outras faixas que estarão no álbum são ‘Bitter Sweet’ e ‘Filds of Lies’. Essas duas vão bem na linha do Sabbath e eu as fiz com Geoff Nichols [N. do T.: tecladista que trabalhou com o Black Sabbath em diversos álbuns, chegando a gravar a clássica balada “Changes] e essas são apenas algumas das faixas que escrevemos juntos. Há ainda uma balada, ‘Wherever You Go’ e ainda tem um rap metal que meu filho escreveu chamada ‘Unbearable’. Estou no momento dando os toques finais no vocal e toda a arte já está pronta, mas não querer perder muito tempo com tudo isso, apenas olhar para frente.

E por tudo isso, há muita diversidade no álbum e eu amo todas elas, e espero que todos vocês também amem! Se vocês apreciaram as diferenças do Sabbath ao ‘Back Where I Belong’, então vocês provavelmente gostarão. Mal posso esperar para que tudo esteja pronto antes do Natal.”

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

EstreiasEstreias
20 ótimas músicas que abrem discografias

218 acessosBlend Guitar: em vídeo, Top 10 Heavy Metal Bands2392 acessosZakk Sabbath: banda de Zakk Wylde lança EP em junho589 acessosArquivo KZG: Gastão Moreira entrevista o Black Sabbath em 19920 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Geezer ButlerGeezer Butler
A morte de Dio poderia ter sido evitada

Black SabbathBlack Sabbath
Ícones do metal nacional se despedem da banda

Heaven & HellHeaven & Hell
Mistérios e autocensura na capa de álbum

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Candlemass"

GuitarpediaGuitarpedia
Os 5 erros mais comuns do guitarrista

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Paul Stanley e Ioná Magalhães

SlipknotSlipknot
"Ozzy Osbourne quis entrar pra banda", diz Corey Taylor

5000 acessosIron Maiden: os fãs mais insuportáveis em lista da MTV5000 acessosKirk Hammet: "não sou um Van Halen, ainda estou aprendendo"5000 acessosHailMetal.com: Os cinqüenta melhores álbuns de Death Metal5000 acessosMatanza: "Não tenho que justificar #$%@ nenhuma!"5000 acessosLed Zeppelin: as misteriosas viagens à Índia5000 acessosJethro Tull: Ian Anderson não sabia tocar flauta

Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online