Vince Neil fala sobre reunião do Motley Crue

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Coutinho, Fonte: The Edmonton Sun
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 08/11/04. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O repórter Mike Ross, do diário The Edmonton Sun, entrevistou recentemente o ex-vocalista do MOTLEY CRUE, Vince Neil, que falou a respeito de uma possível reunião de sua outrora banda principal e sobre seu vindouro trabalho solo. Os principais excertos estão logo abaixo, mas se você quiser ler a íntegra do bate-papo, clique aqui.

562 acessosConsequence of Sound: 10 discos de Hair Metal que "não são ruins"5000 acessosSlayer: Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

Sun — Nos foi passado que talvez esse seja a última oportunidade de vê-lo sozinho antes que se junte ao Motley Crue em 2005. Você pode nos dar algum detalhe sobre isso?
Vince — Não tenho nenhum detalhe sobre isso. Isso poderá ou não poderá acontecer. Não temos plena certeza do que estamos fazendo. Todos estão com seus próprios projetos no momento. Tenho estado em turnê desde abril, tenho um novo álbum prontinho para o ano que vem e o Tommy [Lee, baterista] está fazendo seu livro e todas as outras coisas. É difícil colocar quatro caras ocupados juntos para algo massivo como uma turnê de reunião do Motley Crue.

Sun — Diga-me algo sobre o novo álbum...
Vince — Não há álbum novo.

Sun — Você disse que tem um novo álbum para o ano que vem.
Vince — Oh, sim, meu álbum. Eu gravei quatro novas músicas para o Motley, mas tenho um novo single que acabei de finalizar. É uma música chamada ‘Promise Me’ que escrevi em parceria com Desmond Child [N. do T.: famoso por co-escrever músicas com Bon Jovi, Aerosmith, entre outros], então é óbvio que é uma canção muito legal. Não soa como o Motley. Soa como, sei lá, algo na linha do U2.

Sun — De volta à reunião do Motley, você está a fim disso?
Vince — Se acontecer, aconteceu. Se não, não importa para mim. Minha vida continua.

Sun — Você quer fazê-la?
Vince — Não é algo que eu esteja procurando. Estou me divertindo com o que estou fazendo agora. Eu adoro sair e tocar em locais menores e me divertir com a minha banda. No Motley é tudo mais perigoso mentalmente. Você tem quatro pessoas correndo no palco ao invés de uma. Há muito mais problemas com grandes produções.

Sun — Ok, mas se você estivesse a fim disso, se você pudesse apertar um botão e fazer a reunião do Motley Crue acontecer, você o faria?
Vince — Eu provavelmente o faria.

Sun — Isso era tudo que eu queria saber. Fale a respeito das quatro novas faixas do Motley Crue. Você as toca ao vivo?
Vince — Não. Nós as fizemos alguns meses atrás. Não há nada a dizer a respeito delas. São apenas algumas boas canções. Não sei se são para o Motley ou não. Eu as gravei com Nick [Sixx, baixista] e o produtor Bob Rock e as cantei. Eu não tenho certeza em que elas serão usadas.

Sun — Todos os ressentimentos entre vocês foram deixados para trás?
Vince — O que você quer dizer?

Sun — Você sabe, argumentos, desentendimentos...
Vince — O Motley não se fala há cinco ou seis anos. Eu falo bastante com o Nikki, mas é só isso.

Sun — Ele parece ser o mais disposto a esta reunião...
Vince — Também acho. Mas nós não falamos em negócios quando conversamos.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mötley CrüeMötley Crüe
Nikki Sixx anuncia aposentadoria

562 acessosConsequence of Sound: 10 discos de Hair Metal que "não são ruins"1343 acessosHair Metal: dez álbuns que valem a pena462 acessosMötley Crüe: como crianças de hoje reagem ao som da banda?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motley Crue"

Mötley CrüeMötley Crüe
Quem Nikki Sixx acha que será o novo Metallica?

Na cadeiaNa cadeia
Astros do rock que foram enjaulados

Motley CrueMotley Crue
Vince Neil já foi visitado por filha falecida?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Motley Crue"

SlayerSlayer
Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

FutebolFutebol
Conheça os times do coração de alguns rockstars

MetallicaMetallica
Membros entre os maiores maricas de todos os tempo

5000 acessosEm 07/07/1990: Morre Cazuza, por complicações decorrentes da AIDS5000 acessosLemmy Kilmister: A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron Maiden5000 acessosMetal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvir5000 acessosRock Brasileiro da Década de 504276 acessosBlack Metal Name Generator: torne o seu nome muito mais truezão5000 acessosMetalhammer: 10 ridículos anúncios no Heavy Metal

Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online