Vocalista punk do The Germs ganha filme biográfico

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Fonte: IG Último Segundo
Enviar Correções  

Reuters

LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - A lenda sempre fascinante que cerca a figura de Darby Crash, o falecido vocalista da banda de punk rock de Los Angeles The Germs, vai finalmente chegar aos cinemas, com a ajuda de ex-integrantes do grupo.

"What We Do Is Secret", escrito e dirigido por Roger Grossman, concluiu suas filmagens em Los Angeles há pouco tempo.

publicidade

De acordo com o supervisor musical do filme, Howard Paar, da Emotomusic, Grossman vinha tentando há sete anos vender o projeto. Outras pessoas, incluindo a diretora Allison Anders, também já tinham tentado sem sucesso montar um filme sobre Crash. Finalmente a Rhino Films assumiu o projeto.

Crash se matou aos 22 anos com uma overdose intencional de heroína, em 7 de dezembro de 1980, mas sua morte ficou em segundo plano diante do assassinato de John Lennon, ocorrido no mesmo dia.

publicidade

Ele sempre foi um tema interessante para um filme. Nascido com o nome de Jan Paul Beahm e formado num ambiente educacional libertário na University High, na zona oeste de Los Angeles, ele mudou seu nome primeiro para Bobby Pyn e depois para Darby Crash, tornando-se um dos primeiros roqueiros punk da cidade.

O músico deixou poucas gravações: alguns singles e EPs, o feroz álbum "(G.I.)", de 1979, e várias faixas criadas para o suspense "Parceiros da Noite" ("Cruising"), de William Friedkin, de 1980, a maioria das quais não utilizada no filme.

publicidade

Mas os shows imprevisíveis e caóticos da banda, seu grupo de seguidores destrutivos (conhecido como "Circle One") e seu papel de "pai" do cenário punk hard-core do sul da Califórnia constituem um legado cujo fascínio ainda não se perdeu.

TRILHA SONORA CAPRICHADA

Na época de Crash, Howard Paar era operador do clube de ska-punk The O.N. Club, no distrito de Silver Lake. Ele assistiu a vários dos primeiros shows do The Germs e conheceu Crash pessoalmente. Portanto, tem boas condições de garantir a qualidade musical do filme.

publicidade

A precisão musical também foi garantida, desde o início da produção, pela chegada do guitarrista do Germs Pat Smear -- que mais tarde tocaria com o Nirvana e The Foo Fighters -- para colaborar com o filme.

Smear acabou dando aulas aos atores que representam sua ex-banda: Shane West no papel de Crash, Bijou Phillips como a baixista Lorna Doom, Noah Segan no papel do baterista Don Bolles e seu próprio alter ego, Rick Gonzalez.

publicidade

Mais tarde, os próprios Doom e Bolles se juntaram a Smear no set. "Os atores acabaram passando bastante tempo com as pessoas que iam representar", disse Paar.

Shane West, que recebeu uma prótese dentária especial para ficar mais parecido com Darby Crash, chegou a cantar com os membros sobreviventes do The Germs num show num clube de Hollywood no início do ano passado.

publicidade

O filme recorre a substitutos para representar outras bandas da época: o The Bronx representa os heróis do hard-core Black Flag, e Mae Shi faz as vezes da banda punk electroshock The Screamers.

Howard Paar espera colocar na trilha sonora o som de mestres originais tais como os grupos punk X, The Dils, The Bags e The Weirdos, que se apresentaram no O.N. Club

publicidade

A produtora Rhino ainda não encontrou distribuidor para "What We Do Is Secret" e pretende levar a saga do desastre mais colorido do mundo punk de L. A. para a próxima edição do Festival Sundance.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Guns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com AxlGuns N Roses
Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com Axl

Raimundos: O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da bandaRaimundos
O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da banda


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin