Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemAC/DC: Angus Young conta como é para ele o antes, o durante e o depois de um show

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemRush: Geddy Lee comenta as dificuldades da gravação de "Hemispheres"


Stamp

Veteranos do Whitesnake e Judas Priest sacodem SP

Fonte: Terra Música
Em 11/09/05

As bandas Angra, Whitesnake e Judas Priest sacudiram São Paulo, nesta sexta-feira à noite, com um espetáculo completo de heavy metal. Os 25 mil fãs - estimativa da Polícia Militar - que compareceram ao Anhembi, na zona norte da capital, foram brindados com shows generosos de dois dos maiores conjuntos de rock pesado da história.

Na noite agradável e sem chuva da capital paulista, os "veteranos" deram o tom e levaram milhares de roqueiros, de todas as idades, ao delírio. Três nomes garantiram os melhores momentos do festival: David Coverdale e Tommy Aldridge, do Whitesnake, e Rob Halford, vocalista do Judas Priest, a estrela mais esperada da noite.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Coverdale, prestes a completar 54 anos, exibiu uma forma física invejável e conduziu com vigor os hits que o consagraram à frente do Whitesnake - uma das bandas mais respeitadas em todos os tempos no cenário do hard rock. Já o baterista Tommy Aldridge, 55, mostrou energia de garoto e provou que não à toa tem no currículo passagens por grupos como Aerosmith, Ozzy Osbourne, Ted Nugent, Thin Lizzy e muitos outros.

Rob Halford, 54 anos, por sua vez, assumiu a postura de anfitrião da noite metálica e brindou o público paulistano com 19 hits que abrangem quase toda a história do Judas Priest. E a ansiedade dos fãs para ver o "Deus do Metal" cantando novamente com a banda que o consagrou era grande, pois desde 1991 o quinteto britânico não se apresentava no País com sua formação original - Halford deixou o Judas em meados de 1992 para sair em carreira solo e só voltou na metade de 2003.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O festival começou por volta das 19h, sem os atrasos que são praxe em grandes shows de rock, com a apresentação do Angra. O quinteto paulista aproveitou os quase 60 minutos que passou no palco para desfilar hits de seus 14 anos de estrada, com destaque para Carry On, Acid Rain, Angels Cry e Rebirth, dedicada pelo vocalista Edu Falaschi a todos os fãs que deram suporte ao grupo nos "momentos difíceis" que sucederam a mudança de formação do Angra, há quatro anos.

David Coverdale e seu Whitesnake assumiram o palco por volta das 20h30, quando o Anhembi já estava bem mais cheio - o trânsito intenso da sexta-feira e a localização do Sambódromo fizeram com que centenas de fãs só chegassem ao festival depois das 21h.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O "cartão de visitas" de Coverdale ao público paulistano foi um medley de Burn e Stormbringer, dois verdadeiros hinos que ele consagrou quando foi vocalista do Deep Purple. E a chama manteve-se acesa com sucessos do calibre de Love Ain't no Stranger, Gimme All Your Love, Crying in the Rain, Is This Love? - que levou dezenas de moças às lágrimas na pista -, Here I Go Again e Still Of The Night.

Além do set list generoso, o show do Whitesnake marcou o festival por dois fatores: a presença de palco de David Coverdale, que mostrou a mesma vitalidade e volúpia dos momentos mais destacados de sua carreira, e a performance do lendário Tommy Aldridge, que deu uma aula de bateria ao solar - metade com as baquetas e outra metade com as mãos nuas - durante quase cinco minutos em Crying in the Rain.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Mas ainda faltava a atração de fundo da festa: Judas Priest com seu líder original, Rob Halford. Por volta das 22h10, o "Deus do Metal" surgiu de dentro de um imenso desenho de olho que adornava o fundo do palco para abrir o show com Eletric Eye. O público que tomava a pista e os camarotes do Anhembi veio abaixo.

Em quase duas horas de show, o Judas Priest desfilou pelo palco seus principais carros-chefes: um apanhado de 15 clássicos dos 30 anos de carreira; quatro hits do novo álbum, Angel of Retribution; jaquetas de couro dos mais variados tipos; a já famosa moto Harley-Davidson; as peripécias vocais de Rob Halford e os solos inspirados do baterista Scott Travis e do guitarrista Glenn Tipton.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Halford disse ao público paulistano que estava muito feliz em voltar ao Brasil com o Judas Priest para celebrar "o grande heavy metal" executado pela banda nos últimos 30 anos. E o impacto causado nos fãs quando foram tocadas músicas como Breakin' the Law, Turbo Lover, Victim of Changes, Painkiller, Living After Midnight e You've Got Another Thing Coming mostrou que a falta de modéstia do vocalista tem lá suas razões.

Redação Terra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Judas Priest: 10 composições que merecem mais atenção, pela Ultimate Guitar


Roger Glover: como foi ter produzido Sin After Sin, do Judas Priest