Jimi Hendrix: Segundo Carmine Appice, ele não gostava do Led

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Rangel, Fonte: Classic Rock Revisited
Enviar correções  |  Ver Acessos

Jeb Wright do Classic Rock Revisted entrevistou em agosto de 2006 o lendário baterista de rock Carmine Appice (VANILLA FUDGE, CACTUS, BECK, BOGERT & APPICE, ROD STEWART, KING KOBRA, OZZY OSBOURNE). Alguns trechos da entrevista seguem abaixo:

Terry O'Neill: Morre, fotógrafo que trabalhou com Beatles, Stones e outros gigantesRoqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar um

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Classic Rock Revisted: Você me deixa curioso com as notícias do "The Song Almost Remains the Same" (o próximo álbum do VANILLA FUDGE de covers do LED ZEPELIN). Você vai fazer esse álbum com o estilo do VANILLA FUDGE e mudar os arranjos?

Carmine: Algumas delas estarão mais lentas, como 'Immigrant Song'. Colocaremos uma introdução estilo Viking nela. Na 'Dancing Days' nós faremos algo estranho que possui o estilo do VANILLA FUDGE. Estamos fazendo 'Fool in the Rain' com harmonias de três partes.

Carmine: LED ZEPPELIN era bastante similar ao VANILLA FUDGE de certo modo. Tim e eu nunca tentamos tocar músicas do LED antes e agora que estamos tocando nós descobrimos que a maneira como tocamos é muito parecida com o que John Bonham e John Paul Jones tocavam em termos de sentimento. Estou achando essas músicas muito fáceis de tocar para mim por causa disso. Realmente sinto a mesma coisa e isso é muito legal pra mim. Já toquei algumas músicas do ZEPPELIN em algumas clínicas com caras como Tony Franklin, mas não tinha o mesmo sentimento que ocorreu com Tim e eu.

Classic Rock Revisted: O ZEPPELIN foi pego pegando coisas emprestadas de outras bandas antigamente.

Carmine. Eles abriam o nosso show. Nós os tínhamos como primeiro ato. Robert Plant estava verde. Eles nem tinham um nome quando começamos a fazer turnê com eles. No primeiro show deles nós que pagamos o cachê. O promotor nem queria eles na turnê, já que estava tudo esgotado para os shows do VANILLA FUDGE e SPIRIT. Ele não queria pagar pelo LED ZEPPELIN, então nós pagamos os seus cachês. Eu, na verdade, acho que pagamos metade do cachê deles. Eu ajudei John Bonham a conseguir o patrocínio da Ludwig. Nós éramos próximos e os vimos crescerem.

Carmine: Mas o ZEPPELIN realmente pegou coisas emprestados de outros. Jimi Hendrix pessoalmente me disse que ele não gostava de ZEPPELIN pois eles roubavam de todo mundo. 'You Shook Me' era do álbum do JEFF BECK. 'Dazed & Confused' tinha um pouco de VANILLA FUDGE e tem também partes de 'Beck's Bolero' nela. Eu acho que algum membro da banda me disse que o riff de 'Good Times Bad Times' veio de uma linha de baixo de Tim Bogart. Quando eu escuto isso, soa como Tim. Quando escutei pela primeira vez John Bonham fazer aquela coisa tripla com a bateria, eu fui até ele e disse, 'John, isso é incrível. Eu tenho que admitir que eu peguei isso de você.' Ele olhou pra mim e disse, 'O que você está falando? Eu peguei de você!' Eu respondi, 'Eu não faço isso. Você não poderia ter pego de mim.' Ele continuou me dizendo onde eu tinha feito aquilo no primeiro álbum do VANNILA FUDGE e ele estava certo. Eu tinha feito apenas num momento no álbum e ele pegou isso e transformou numa coisa maior ainda e melhor. Nós costumávamos ficar sentados do lado do palco do ZEPPELIN. Conversávamos nos camarins e construímos uma grande relação com eles.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Jimi Hendrix"Todas as matérias sobre "Led Zeppelin"Todas as matérias sobre "Vannilla Fudge"


Terry O'Neill: Morre, fotógrafo que trabalhou com Beatles, Stones e outros gigantesTerry O'Neill
Morre, fotógrafo que trabalhou com Beatles, Stones e outros gigantes

Leo Chaves: cantor sertanejo é fã de Elvis Presley, Led Zeppelin e DisturbedLeo Chaves
Cantor sertanejo é fã de Elvis Presley, Led Zeppelin e Disturbed

Em 08/11/1971: Led Zeppelin lançava o icônico Led Zeppelin IVEm 08/11/1971
Led Zeppelin lançava o icônico Led Zeppelin IV

Led Zeppelin: Robert Plant diz que não pode se relacionar com Stairway to HeavenLed Zeppelin
Robert Plant diz que não pode se relacionar com "Stairway to Heaven"

Led Zeppelin: Paul Stanley diz que nunca viu nada que fosse tão perfeitoLed Zeppelin
Paul Stanley diz que nunca viu nada que fosse tão perfeito

Led Zeppelin: décadas depois, o que Robert Plant pensa sobre o álbum IVLed Zeppelin
Décadas depois, o que Robert Plant pensa sobre o álbum IV

Led Zeppelin: ouça Nirvana e mais artistas que registraram suas cançõesGrandes covers: cinco versões para "Black Dog", do Led Zeppelin

Cinema: 5 filmes clássicos do Rock e seus títulos em versão brasileiraCinema
5 filmes clássicos do Rock e seus títulos em "versão brasileira"

Steve Albini: "eu não curtia Led Zeppelin quando era adolescente"

Led Zeppelin: segundo Jason Bonham a reunião esteve próximaLed Zeppelin
Segundo Jason Bonham a reunião esteve próxima

Mais capas de álbuns: a história do rock no Google Street ViewMais capas de álbuns
A história do rock no Google Street View


Roqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar umRoqueiro poser
100 regras essenciais para se tornar um

No alto do castelo: As diferenças entre os diferentes estilos de rockNo alto do castelo
As diferenças entre os diferentes estilos de rock


Sobre Vitor Rangel

Um carioca apaixonado pela boa música que no momento está cursando o 5º período de Publicidade na PUC-Rio. Teve seu primeiro contato com o rock ainda na infância, quando sua irmã colocava os discos de Iron Maiden e Pantera no toca-fitas de sua casa. Nos últimos anos, tem se dedicado inteiramente à música e à guitarra. Sua banda favorita é Metallica e também é fã incondicional de Zakk Wylde, Steve Vai e John Petrucci. Escuta de tudo um pouco, desde Madonna até Sepultura. Espera que um dia o Metallica ainda venha fazer um show no Brasil e não tem vergonha em dizer que chorou no show do Black Sabbath, em 2004, no Ozzfest.

Mais matérias de Vitor Rangel no Whiplash.Net.

adGoo336