Peter Criss: orgulho de ser americano e cristão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Rangel, Fonte: Peter Criss - site oficial
Enviar correções  |  Ver Acessos

O baterista original do KISS, Peter Criss postou a seguinte mensagem anteontem (11 de setembro) no seu site oficial:

"O tempo passa tão rápido que ninguém pode pará-lo. Mas para mim e minha família, e para os bravos que deram suas vidas sem egoísmo, e para as famílias que continuam suas vidas dia após o outro com o pesadelo daquele dia, nós lembraremos daquela infâmia. E 'nunca esqueceremos'".

"11 de Setembro foi um dos dias mais tristes do planeta."

"Minhas orações vão para todas as famílias que perderam tanto e para as famílias que até hoje continuam com dor e sofrimento."

"Eu tenho orgulho de ser americano e cristão. Não existe um dia que eu não reze pela paz no planeta."

"Que Deus abençoe todos aqueles que lutam pela liberdade e paz. Não vamos esquecer dos nossos rapazes e garotas que estão lá morrendo por nós."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Kiss"Todas as matérias sobre "Peter Criss"


Kiss: se não dermos o melhor, saímos e damos chance ao Greta Van FleetKiss
"se não dermos o melhor, saímos e damos chance ao Greta Van Fleet"

Farewell: 10 bandas que fizeram turnê de despedida, mas voltaram"Farewell"
10 bandas que fizeram turnê de despedida, mas voltaram


Classic Rock: as 10 melhores baladas dos anos 80Classic Rock
As 10 melhores baladas dos anos 80

Monsters Of Rock 2015: conheça a loira que deu um show com o Steel PantherMonsters Of Rock 2015
Conheça a loira que "deu um show" com o Steel Panther


Sobre Vitor Rangel

Um carioca apaixonado pela boa música que no momento está cursando o 5º período de Publicidade na PUC-Rio. Teve seu primeiro contato com o rock ainda na infância, quando sua irmã colocava os discos de Iron Maiden e Pantera no toca-fitas de sua casa. Nos últimos anos, tem se dedicado inteiramente à música e à guitarra. Sua banda favorita é Metallica e também é fã incondicional de Zakk Wylde, Steve Vai e John Petrucci. Escuta de tudo um pouco, desde Madonna até Sepultura. Espera que um dia o Metallica ainda venha fazer um show no Brasil e não tem vergonha em dizer que chorou no show do Black Sabbath, em 2004, no Ozzfest.

Mais matérias de Vitor Rangel no Whiplash.Net.

adGooILQ