Matérias Mais Lidas

imagemA opinião de Dave Mustaine sobre a clássica "The Unforgiven", do Metallica

imagemPrika Amaral esclarece por que contratou apenas mulheres europeias para a Nervosa

imagemAudioslave: Tom Morello recorda seu sinistro primeiro encontro com Chris Cornell

imagemLegião Urbana e a surpreendente música que serviu de base para "Ainda é Cedo"

imagemVocalista do Anvil afirma que Rob Halford e Ian Gillan são personagens

imagemCinco músicos que começaram vida nova após saírem de grandes bandas de heavy metal

imagemJames Hetfield e esposa Francesca se divorciam após 25 anos de união

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemCinco músicas lançadas após o ano 2000 que se tornaram clássicos do rock - Parte II

imagemNando Reis e a linda música que Samuel Rosa dispensou por ter recebido na hora errada

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemAC/DC: Rick Rubin recorda a problemática produção de "Ballbreaker"

imagemO show do Black Sabbath que acabou em tumulto por conta de uma garrafa

imagemO comovente relato de Kiko sobre como foi gravar em meio ao câncer de Mustaine

imagemNando Reis relembra curioso único game que jogou na vida, durante gravação dos Titãs


Dream Theater 2022

Lars Ulrich: "hora de reinventar a roda"

Por Douglas Morita
Fonte: Metallica Remains
Em 18/01/07

publicidade

O baterista do Metallica, Lars Ulrich, falou recentemente à revista Revolver sobre o processo de composição do novo álbum do grupo, esperado para sair no final do ano. "É legal entrar no estúdio e não encontrar de repente três câmeras em sua cara e ter que sentar e falar por quatro horas sobre como você estava se sentindo na noite passada", disse ele, referindo-se a equipe de filmagem que documentou cada detalhe das intrigas do grupo durante a gravação do álbum "St. Anger", de 2003. "Nós meio que passamos dessa fase. Todos estão se dando bem agora. Têm sido divertido ir ao estúdio - é na verdade algo que eu aguardo com ansiedade, ao invés de relutar. E eu acho que isto é um reflexo de quão longe nós chegamos".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Ulrich disse que as sessões para o novo CD, que a banda está planejando gravar em Los Angeles com o produtor Rick Rubin (SYSTEM OF A DOWN, SLAYER, AUDIOSLAVE, RED HOT CHILI PEPPERS), relembrou os primeiros anos do METALLICA. "Somos James [Hetfield] e eu passando por fitas com riffs e escolhendo os melhores riffs, e então moldando músicas em cima disso", explicou. "Existem dois processos separados - um processo de composição e um processo de gravação. 'St. Anger' foi um experimento onde compomos e gravamos ao mesmo tempo. Mas isto é o que costumávamos fazer antes: sentar, escrever um monte de músicas, escolher as melhores e então ir a algum lugar gravá-las".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Ulrich disse que Rubin - que o baterista lembra de vê-lo no backstage em shows do Metallica no meio dos anos 80 com mixagens cruas de "Reign in Blood" do SLAYER, que produziu - "não quer que nós comecemos a gravar até que cada música que faremos esteja mais próxima possível dos 100% que podemos conseguir".

A banda tem cerca de 25 músicas novas, uma grande quantidade que Ulrich credita às jams que fizeram na sala de aquecimento todas as noites antes dos shows da turnê do "St. Anger". Eles pretendem definir a tracklist com cerca de 12 ou 14 músicas. "A quantidade de material é um pouco exagerada", Ulrich admitiu, "então estamos tentando ser os mais críticos possíveis com nós mesmos. É ótimo com Rick, pois ele não tem nenhuma experiência conosco. Ele só vem e diz 'isto é ótimo, isto não é tão bom'. Eu acho que depois de 15 anos com Bob [Rock], era hora de reinventarmos a roda. Eu acho que o que aconteceu com Bob foi que chegamos em um ponto onde nós simplesmente nos conhecíamos muito bem. E precisávamos de uma dinâmica diferente."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A entrevista completa da revista Revolver com Lars Ulrich pode ser conferida na edição de março de 2007.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A opinião de Dave Mustaine sobre a clássica "The Unforgiven", do Metallica

James Hetfield e esposa Francesca se divorciam após 25 anos de união

Cinco músicos que começaram vida nova após saírem de grandes bandas de heavy metal

Metallica: Fãs abrem museu exclusivamente dedicado a Cliff Burton na Suécia

As faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

As seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

A opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

Nova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

Artigo na Far Out Magazine aponta James Hetfield como pior letrista da história do metal

Fãs de Stranger Things do Tik Tok querem cancelar o Metallica

Metallica e as duas músicas do "Black Album" que retratam traumas de James Hetfield

Lars Ulrich explica por que Bon Scott é seu vocalista preferido de todos os tempos

Nergal surpreende ao citar música do Metallica que ele considera uma das melhores

O álbum do Megadeth que parecia ser do Metallica, até que um fã enquadrou Mustaine

Vocalista do Behemoth diz que seu amigo Lars Ulrich é um ser humano incrível

Motorhead: Trujillo explica porque Lemmy é uma lenda

Dia Mundial do Rock: relembre 100 clássicos lançados na década de 90

Babymetal: O "kawaii metal" que conquistou o planeta

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rock

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer


Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita.