Lars Ulrich: "hora de reinventar a roda"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 18/01/07. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O baterista do Metallica, Lars Ulrich, falou recentemente à revista Revolver sobre o processo de composição do novo álbum do grupo, esperado para sair no final do ano. "É legal entrar no estúdio e não encontrar de repente três câmeras em sua cara e ter que sentar e falar por quatro horas sobre como você estava se sentindo na noite passada", disse ele, referindo-se a equipe de filmagem que documentou cada detalhe das intrigas do grupo durante a gravação do álbum "St. Anger", de 2003. "Nós meio que passamos dessa fase. Todos estão se dando bem agora. Têm sido divertido ir ao estúdio - é na verdade algo que eu aguardo com ansiedade, ao invés de relutar. E eu acho que isto é um reflexo de quão longe nós chegamos".

14 acessosMetallica: garoto de 13 anos toca todos os instrumentos em "Orion"5000 acessosQuando shows dão errado: 25 apresentações desastrosas

Ulrich disse que as sessões para o novo CD, que a banda está planejando gravar em Los Angeles com o produtor Rick Rubin (SYSTEM OF A DOWN, SLAYER, AUDIOSLAVE, RED HOT CHILI PEPPERS), relembrou os primeiros anos do METALLICA. "Somos James [Hetfield] e eu passando por fitas com riffs e escolhendo os melhores riffs, e então moldando músicas em cima disso", explicou. "Existem dois processos separados - um processo de composição e um processo de gravação. 'St. Anger' foi um experimento onde compomos e gravamos ao mesmo tempo. Mas isto é o que costumávamos fazer antes: sentar, escrever um monte de músicas, escolher as melhores e então ir a algum lugar gravá-las".

Ulrich disse que Rubin - que o baterista lembra de vê-lo no backstage em shows do Metallica no meio dos anos 80 com mixagens cruas de "Reign in Blood" do SLAYER, que produziu - "não quer que nós comecemos a gravar até que cada música que faremos esteja mais próxima possível dos 100% que podemos conseguir".

A banda tem cerca de 25 músicas novas, uma grande quantidade que Ulrich credita às jams que fizeram na sala de aquecimento todas as noites antes dos shows da turnê do "St. Anger". Eles pretendem definir a tracklist com cerca de 12 ou 14 músicas. "A quantidade de material é um pouco exagerada", Ulrich admitiu, "então estamos tentando ser os mais críticos possíveis com nós mesmos. É ótimo com Rick, pois ele não tem nenhuma experiência conosco. Ele só vem e diz 'isto é ótimo, isto não é tão bom'. Eu acho que depois de 15 anos com Bob [Rock], era hora de reinventarmos a roda. Eu acho que o que aconteceu com Bob foi que chegamos em um ponto onde nós simplesmente nos conhecíamos muito bem. E precisávamos de uma dinâmica diferente."

A entrevista completa da revista Revolver com Lars Ulrich pode ser conferida na edição de março de 2007.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MetallicaMetallica
Garoto de 13 anos toca todos os instrumentos em "Orion"

697 acessosMetallica: fã esquece onde estacionou e paga recompensa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

MetallicaMetallica
"Não nos sentimos intimidados com bandas novas!"

MetallicaMetallica
Scott Ian conta o dia em que Mustaine foi expulso

MetallicaMetallica
Assista acidente encenado em show no México

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

DesastresDesastres
Mortos e feridos em apresentações que marcaram a história

VelocidadeVelocidade
Top 10 de músicas de Metal para ser multado

Em 28/12/2009Em 28/12/2009
Morre o baterista Jimmy "The Rev" Sullivan

5000 acessosFotos de Infância: Robert Plant, do Led Zeppelin5000 acessosBatismo: Os nomes verdadeiros dos artistas do Rock e Metal5000 acessosGaleria - Tatuagens em homenagem ao Guns N' Roses5000 acessosEm cana: bandas que gravaram video clipes em presídios de verdade5000 acessosIron Maiden: a outra banda anterior ao grupo de Steve Harris5000 acessosAlice In Chains: "está cada vez mais difícil manter este negócio"

Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online