Presos suspeitos de queimar igrejas na França

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fabio Rondinelli, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Sete pessoas foram levadas sob custódia pela polícia dia 21 de junho. Elas teriam conexão com uma série de ataques a locais cristãos na Bretanha, região do noroeste francês, de acordo com a mídia local (clique aqui para ler mais detalhes, e confira imagens neste link). Os detidos têm de 20 a 30 anos, mas nenhum outro detalhe acerca de suas identidades foi informado.

Raul Seixas: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Fotos de Infância: Yngwie Malmsteen

Um obscuro grupo anti-religião ligado ao Heavy Metal assumiu a autoria dos ataques, que incluem a queima da Capela da Cruz, localizada em Loqueffret, na região remota da Bretanha, e que data do século XVI.

Membros do grupo, que se auto-denomina "True Armorik Black Metal", ou TABM, se descrevem como "extremistas e anti-eclesiásticos" através de uma carta enviada ao Telegramme, o jornal local, que publicou alguns trechos na quinta-feira passada.

"Atacaremos de novo e de novo e de novo", avisa a carta, na qual o acrônimo do grupo está marcado em letras vermelho-sangue sobre a imagem de uma cruz invertida.

Pixações com as letras ABM foram encontradas em nove locais cristão depredados nas últimas semanas. A polícia acreditava que a sigla significava Aryan Black Metal, um movimento satanista baseado no Heavy Metal, paganismo e política de extrema direita.

Oito outros templos cristãos - seis cruzes de granito ao longo de estradas e duas fontes - foram destruídos mês passado na área de Finistere, departamento francês próximo aos populares resorts de Benodet e Concarneau.



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Raul Seixas: Perguntas e respostas e curiosidades diversasRaul Seixas
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Fotos de Infância: Yngwie MalmsteenFotos de Infância
Yngwie Malmsteen


Sobre Fabio Rondinelli

É paulistano e tem 22 anos. Há cerca de uma década conheceu o Rock através de Aerosmith e The Offspring. Um pouco depois, com uma ajudinha básica do Iron Maiden, descobriu o Metal e seus derivados. Hoje é devoto de ambos e aprecia bandas das mais diversas vertentes: de Beatles, Queen e Pink Floyd, passando por Engenheiros do Hawaii e Radiohead, até Angra, Blind Guardian e System of a Down. Visita o Whiplash faz alguns anos e certo dia resolveu traduzir algumas notícias para o site.

Mais matérias de Fabio Rondinelli no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin