Dimmu Borgir: Silenoz se considera um satanista?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Júlio Oliveira, Fonte: Montreal Mirror, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Johnson Cummins, do Montreal Mirror, entrevistou em 2008 Silenoz, guitarrista do DIMMU BORGIR, que falou sobre o público da banda e se ele se considera um satanista de fato.

Metallica: integrantes escolhem álbuns e músicas dos anos 2000Slipknot: Corey explica as nojentas desvantagens das máscaras

Se ele se considera um satanista:

"Não sei se me classificaria como satanista. Na verdade não me aplicaria nenhum rótulo porque sou apenas eu mesmo. De fato acredito em uma responsabilidade pessoal e, em minha opinião, o Islã e o Cristianismo não ensinam isso porque ambas têm um livro de referencia que apenas diz que você não pode fazer nada que deseja senão tem de ir pedir perdão. Dê uma olhada em todas as guerras pelo mundo. As pessoas comumente acham que são motivadas por política mas na verdade sempre é a religião que causa esses conflitos. Eu acredito que se fosse me chamar de algo, seria ateísta."

Sobre o sucesso da banda:

"O que mais me orgulha na banda é que nunca tentamos soar diferentes ou testamos uma fórmula do sucesso. Pelo contrário, quanto maior o sucesso, mais brutal e menos comercial nos tornamos. O ultimo álbum é sem dúvidas o mais brutal até o momento e ao mesmo tempo, o mais bem sucedido."

Sobre a devoção dos fãs à banda:

"Temos todo tipo de público em nosso shows, desde os 7 até os 70 anos de idade, e é ótimo conseguirmos alcançar pessoas tão distintas. Temos alguns fãs loucos também. Na última tour, ao invés de um autógrafo, um cara queria que eu transasse com a namorada dele enquanto ele filmava. Educadamente eu recusei. Alguns dos nossos fãs se excedem um pouco mas nunca ao ponto de se tornarem assustadores, mas também seria necessário muito para assustar alguém nesta banda."



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Satanismo e Ocultismo"Todas as matérias sobre "Dimmu Borgir"


Em vídeo: Seguidores do Demônio, as 10 bandas mais perigosas segundo pastor americanoEm vídeo
Seguidores do Demônio, as 10 bandas mais perigosas segundo pastor americano

Slayer: Kerry King fala sobre sua relação com religiõesSlayer
Kerry King fala sobre sua relação com religiões

As I Lay Dying: Banda cristã explica a proximidade com o BehemothAs I Lay Dying
Banda cristã explica a proximidade com o Behemoth


Metallica: integrantes escolhem álbuns e músicas dos anos 2000Metallica
Integrantes escolhem álbuns e músicas dos anos 2000

Slipknot: Corey explica as nojentas desvantagens das máscarasSlipknot
Corey explica as nojentas desvantagens das máscaras

Motorhead: Lemmy conta seu segredo com as mulheresMotorhead
Lemmy conta seu segredo com as mulheres

Massacration: saiba quem é o baterista que tocava de verdadeMassacration
Saiba quem é o baterista que tocava "de verdade"

Rock In Rio: por que ladrões agem menos no dia do Metal?Rock In Rio
Por que ladrões agem menos no dia do Metal?

Revolver Golden Gods 2012: veja quem foram os vencedoresRevolver Golden Gods 2012
Veja quem foram os vencedores

James LaBrie: Mike Mangini é o melhor do planetaJames LaBrie
Mike Mangini é o melhor do planeta


Sobre Júlio Oliveira

Recifense, atualmente divide seu tempo entre trabalhar em Copenhague (Dinamarca) e morar/estudar em Malmö (Suécia). Começou a escutar Metal no início dos anos 90 com os companheiros do Colégio da Polícia Militar e desde então não parou mais, mas nunca se restringindo a um estilo, mas à qualidade da musica em questão. Resolveu começar a colaborar com o site depois de anos lendo as noticias trazidas por outros. "Tava na hora de eu dar minha colaboração também...".

Mais matérias de Júlio Oliveira no Whiplash.Net.