Dimmu Borgir: Silenoz se considera um satanista?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Júlio Oliveira, Fonte: Montreal Mirror, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Johnson Cummins, do Montreal Mirror, entrevistou em 2008 Silenoz, guitarrista do DIMMU BORGIR, que falou sobre o público da banda e se ele se considera um satanista de fato.

5000 acessosA7X: Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba5000 acessosAC/DC: isso sim é uma bela estrada para o inferno

Se ele se considera um satanista:

“Não sei se me classificaria como satanista. Na verdade não me aplicaria nenhum rótulo porque sou apenas eu mesmo. De fato acredito em uma responsabilidade pessoal e, em minha opinião, o Islã e o Cristianismo não ensinam isso porque ambas têm um livro de referencia que apenas diz que você não pode fazer nada que deseja senão tem de ir pedir perdão. Dê uma olhada em todas as guerras pelo mundo. As pessoas comumente acham que são motivadas por política mas na verdade sempre é a religião que causa esses conflitos. Eu acredito que se fosse me chamar de algo, seria ateísta.”

Sobre o sucesso da banda:

“O que mais me orgulha na banda é que nunca tentamos soar diferentes ou testamos uma fórmula do sucesso. Pelo contrário, quanto maior o sucesso, mais brutal e menos comercial nos tornamos. O ultimo álbum é sem dúvidas o mais brutal até o momento e ao mesmo tempo, o mais bem sucedido.”

Sobre a devoção dos fãs à banda:

“Temos todo tipo de público em nosso shows, desde os 7 até os 70 anos de idade, e é ótimo conseguirmos alcançar pessoas tão distintas. Temos alguns fãs loucos também. Na última tour, ao invés de um autógrafo, um cara queria que eu transasse com a namorada dele enquanto ele filmava. Educadamente eu recusei. Alguns dos nossos fãs se excedem um pouco mas nunca ao ponto de se tornarem assustadores, mas também seria necessário muito para assustar alguém nesta banda.”

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Satanismo e Ocultismo"

TrítonoTrítono
Diabolus In Musica e a relação com a Igreja

Aleister CrowleyAleister Crowley
Um dos pensadores que inspiraram o Heavy Metal

TraduçõesTraduções
Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismo

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Satanismo e Ocultismo"0 acessosTodas as matérias sobre "Dimmu Borgir"

A7XA7X
Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba

AC/DCAC/DC
Isso sim é uma bela estrada para o inferno

DebandadosDebandados
Saíram de uma banda e formaram outra (melhor?)

5000 acessosSeparados no nascimento: Joe Satriani e Lord Voldemort5000 acessosMetallica: a evolução de James Hetfield ao longo dos anos5000 acessosListas: 10 melhores bandas da era pós-Nirvana5000 acessosStratovarius: baixista animando São Paulo com o hit "Que Porra!"5000 acessosHomem de Ferro e Black Sabbath: uma mão lava a outra5000 acessosRoger Moreira: chamando Pitty de "imbecil" via rede social

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 22 de abril de 2014
Post de 23 de abril de 2014
Post de 16 de maio de 2015
Post de 12 de abril de 2017

Sobre Júlio Oliveira

Recifense, atualmente divide seu tempo entre trabalhar em Copenhague (Dinamarca) e morar/estudar em Malmö (Suécia). Começou a escutar Metal no início dos anos 90 com os companheiros do Colégio da Polícia Militar e desde então não parou mais, mas nunca se restringindo a um estilo, mas à qualidade da musica em questão. Resolveu começar a colaborar com o site depois de anos lendo as noticias trazidas por outros. "Tava na hora de eu dar minha colaboração também...".

Mais matérias de Júlio Oliveira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online