AC/DC: "um álbum de Rock gravado no estúdio do Bon Jovi"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por André Biasuz, Fonte: Daily Telegraph, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 18/11/08. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Enquanto o AC/DC domina as paradas mundiais com seu primeiro álbum em oito anos, um antigo membro da banda não foi convidado para a festa.

1472 acessosPhil Rudd: quem disse que é fácil tocar AC/DC?5000 acessosNickelback: 11 razões para respeitar - muito - a Chad Kroeger

O baterista original, Colin Burgess, que divide um pequeno apartamento com seu tio e seu sobrinho, admite que se pergunta às vezes como seria estar comandando as baquetas da banda.

“Financeiramente, estou tendo alguns problemas, mas nada sério”, ele diz. “É nessas horas que eu não me importaria em voltar para o AC/DC. Mas é o amor e não o dinheiro que faz o mundo girar”, explica.

Burgess, chutado da banda em 1974 por tocar bêbado, compara o novo álbum, “Black Ice”, com um trabalho pop-rock do BON JOVI. “Eles tentaram fazer um album de rock’n’roll num estúdio do Bon Jovi e, pra mim, isso simplesmente não funciona”.

Burgess foi um dos membros fundadores da lendária banda australiana, criando o grupo com Malcolm Young em 1973 depois que deixou o MASTERS APPRENTICES.

Ele insiste que era inocente de qualquer mal-comportamento no palco, dizendo que sua bebida teria sido adulterada [nota: o termo em inglês se refere a drinks batizados às escondidas com ulgum remédio ou droga]. “Eu sei que dizem que eu estava bêbado, mas isso é mentira. Para vocês garotos que tem suas bebidas mexidas, eu entendo pelo que vocês estão passando, porque aconteceu comigo. Todos me olhavam como se eu fosse o beberrão, e eu fui tirado da banda. Eu não desejaria o que passei pra ninguém".

AC/DC é uma das maiores bandas do mundo, tenho vendido mais de 200 milhões de álbuns em 35 anos de carreira. Uma revista financeira internacional estimou os lucros da banda até 2007 em 12 milhões de dólares.

“Black Ice”, o novo álbum, já é um sucesso maciço pelo mundo e número um nas paradas australianas.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Phil RuddPhil Rudd
Quem disse que é fácil tocar AC/DC?

216 acessosFabio Lima: em vídeo, 13 songs by AC/DC825 acessosRio Rock City: O absurdo das cotas de meia-entrada107 acessosNo comando e na estrada: liberdade em rock'n roll0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "AC/DC"

HomenagensHomenagens
Canções inspiradas em músicos falecidos

Guns N RosesGuns N' Roses
Beta defende Axl e AC/DC dos haters virtuais

LemmyLemmy
"Se vendesse como o AC/DC lançaria dois álbuns por ano!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "AC/DC"

NickelbackNickelback
11 razões para respeitar - muito - a Chad Kroeger

NirvanaNirvana
Claudia Ohana faz cover desastroso no Programa do Jô

Legião UrbanaLegião Urbana
O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre

5000 acessosAerosmith: Tyler acha que Kiss é banda de história em quadrinhos5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja5000 acessosReligião: Top 10 citações sobre Deus e o Diabo5000 acessosMetallica: sobre o que fala "For Whom The Bell Tolls"5000 acessosGuns N' Roses: "Welcome To The Jungle" em divulgação de séries de heróis5000 acessosMarty Friedman: saiba porquê ele não quer apertar sua mão

Sobre André Biasuz

Com 5 anos já incomodava seus pais com uma guitarra de brinquedo verde lilas muito hard rock. Ainda se lembra do dia que, com 13 anos, seu amigo o apresentou à donzela de ferro. Hoje, depois de varias tentativas frustadas de matar os vizinhos com seu alto grau de excelência guitarrística, deixou um pouco de lado as 6 cordas e estuda Automação Industrial na faculdade. Tem 19 anos e ouve muito Iron Maiden, Dream Theater, Megadeth, Metallica, Arch Enemy, Rammstein, Pantera e Black Sabbath.

Mais matérias de André Biasuz no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online