Kiss: Paul Stanley conta como fez para superar o divórcio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karina Detrigiachi, Fonte: Contact Music
Enviar Correções  

Paul Stanley, do KISS, disse recentemente em uma entrevista que utilizou a arte como uma forma de expressar sua dor durante seu período de divórcio.

O músico se separou de sua mulher Pamela Bowen em 2001 e admitiu ter tido dificuldades em lidar com suas emoções na divisão de bens nos tribunais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Stanley começou a pintar e utilizar a arte como um meio de demonstrar sua dor com o fim do relacionamento e disse que suas pinturas o ajudaram a superar os momentos mais difíceis de sua vida.

"Mais ou menos há seis ou sete anos atrás eu estava me divorciando e eu realmente, como várias outras pessoas nesta situação, estava passando por muitas coisas e muitas delas precisavam ser liberadas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um amigo, meu melhor amigo, disse que eu precisava pintar, eu nunca tinha pintado antes, de alguma forma isso se conectou comigo e eu saí para comprar telas, tintas e pincéis e várias outras coisas, e então decidi me arriscar.

Eu estava utilizando as cores e texturas para colocar minhas emoções, ou o que quer que estivesse acontecendo dentro de mim, nas telas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foi puramente um alívio e, eu acho, uma terapia catártica pra mim uma vez que outras pessoas começaram a se ver claramente conectadas a elas".




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Fotos de Infância: Amy Lee, do Evanescence, muito antes da famaFotos de Infância
Amy Lee, do Evanescence, muito antes da fama

Metal: Mapa revela os países com mais bandas do estiloMetal
Mapa revela os países com mais bandas do estilo


Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

CliIL Cli336 Cli336