AC/DC: cambistas lucram milhões de dólares com ingressos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Glezer, Fonte: Daily Telegraph, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 04/06/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O co-promotor da tour australiana do AC/DC, Michael Chugg, ficou horrorizado ao descobrir que algumas pessoas estão vendendo ingressos que ainda não estão disponíveis para os shows da banda através do eBay.

439 acessosMetallica: Lars queria ver Phil Rudd tocando Enter Sandman5000 acessosKing Diamond: Alguém já o viu sem a maquiagem?

Ele disse: "Nenhum ingresso foi impresso ainda!"

Enquanto isso, os fãs tem pago até 6 vezes o valor original dos ingressos para assistir ao lendário quinteto australiano. Daniel Feiler, porta-voz do eBay, negou, porém, que o eBay seja responsável pelos preços inflacionados. "Para início de conversa, é incrível que os promotores não garantam que os fãs possam comprar ingressos verdadeiros", disse.

Uma grande parte do problema são as leis de direito do consumidor. Segundo elas, o eBay não pode garantir nada aos consumidores, incluindo restituições. "Ao usar o eBay, você está arriscando os seus direitos, seu dinheiro e está pagando muito mais caro", disse Daley-Carr.

Leia a matéria completa no link abaixo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Phil RuddPhil Rudd
Por que ele se recusa a fazer solos de bateria

439 acessosMetallica: Lars queria ver Phil Rudd tocando Enter Sandman1477 acessosRock: gênero é um trintão decadente, segundo Spotify0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "AC/DC"

AC/DC e SabbathAC/DC e Sabbath
O ataque com faca de Geezer Butler a Malcom Young

AC/DCAC/DC
Quem Dave Mustaine gostaria de ver no vocal?

ACDCACDC
"Foram os ciúmes!", diz Dave Evans sobre sua saída da banda

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "AC/DC"

King DiamondKing Diamond
Alguém já viu Kim Petersen sem a maquiagem?

Axl RoseAxl Rose
Um dos vocalistas com maior alcance

Death MetalDeath Metal
Menina de 6 anos detona no America's Got Talent

5000 acessosGuns N' Roses: A crítica de Portnoy ao trabalho de Matt Sorum5000 acessosMetal: adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?5000 acessosThe Wall - Uma obra de arte conceitual5000 acessosThe Big 4: como as quatro bandas elaboraram sua jam5000 acessosUruca: Os 9 mais azarados da história do Rock5000 acessosLed Zeppelin: 200 milhões nos últimos 5 anos, a coleção de discos de Page

Sobre Rafael Glezer

Estudante de engenharia elétrica pela POLI-USP, começou a ouvir rock com o show do Guns N' Roses no Rock in Rio III em 2001 e nunca mais parou. É fã de automobilismo e de guitarristas como David Gilmour, Slash, Jimmy Page entre outros. Escreve as matérias como hobby e nunca imaginou ter tantos leitores. Encontrado no twitter em @rafaelglezer.

Mais matérias de Rafael Glezer no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online