Black Sabbath: About.com elege os 5 melhores álbuns da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Karina Detrigiachi, Fonte: About.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O BLACK SABBATH é um dos fundadores do heavy metal. Formado em Birmingham, Inglaterra, em 1969, eles abriram o caminho para todos os gêneros de metal.

Nos anos 70 eles lançaram uma série de álbuns clássicos. Houve muitas mudanças de formação e reuniões ao longo dos anos, e seu vocalista OZZY OSBOURNE é conhecido pela geração mais jovem como um pai de "reality show" ao invés do legendário pioneiro do metal que realmente é.

De fato, o BLACK SABBATH agora faz parte do Rock And Roll Hall Of Fame. Veja abaixo a lista dos cinco melhores álbuns da banda segundo o site About.com.

1. Paranoid (1970)

Este não é somente o melhor álbum do BLACK SABBATH, mas sim um dos melhores álbuns de heavy metal de todos os tempos. Ele inclui os lendários singles "Iron Man" e "Paranoid" e é um momento decisivo na história do heavy metal.

Ouça este álbum e você ouvirá porque cada banda de heavy metal da história é descendente do BLACK SABBATH. Eles definiram um gênero, e este álbum os define.

2. Master Of Reality (1971)

É difícil acreditar que uma banda poderia lançar seus dois melhores álbuns no mesmo ano, mas isso foi exatamente o que o BLACK SABBATH fez. Esta foi a continuação de “Paranoid”. Com apenas oito canções, sendo que duas se tratam de um breve instrumental, porém uma amostra brilhante da guitarra de Tony Iommi. É também mais complexo do que os seus dois primeiros álbuns e marca uma progressão musical.

3. Sabbath Bloody Sabbath (1973)

Seu quinto álbum tem algo para todos. Há um outro instrumental do Iommi, e na outra extremidade do espectro há a esmagadora faixa-título. Os vocais do Ozzy são alguns de seus melhores, e a produção também é muito boa.

A adição de Rick Wakeman do YES nos teclados recebe críticas diversificadas, porém ele acrescentou algo diferente a esta mistura.

Nota do editor: ao que consta, a participação de Wakeman no disco sob o pseudônimo "Spock Wall" é apenas uma lenda, desmentida na biografia "How Black Was Our Sabbath", cuja resenha em português pode ser vista no link abaixo:
5000 acessosHow Black Was Our Sabbath: An Unauthorized View from the Crew

4. Heaven And Hell (1980)

É muito difícil substituir uma lenda como OZZY OSBOURNE, mas fazê-lo com um vocalista do calibre de RONNIE JAMES DIO foi uma grande jogada. A banda parecia rejuvenescida e o alcance vocal de Dio lhes permitiu fazer mais algumas coisas. Todas as músicas são boas, mas a faixa título é excepcional.

5. Vol. 4 (1972)

Seu quarto álbum mostrou ambas as extremidades do espectro musical. No lado mais suave está a balada "Changes", que fez muito sucesso comercial. Do outro lado da moeda está "Supernaut", uma canção muito rápida e intensa. Algo lhe diz o quão bom o SABBATH é quando este álbum é apenas o seu quarto melhor.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Sabbath e MaidenSabbath e Maiden
Bandas lançam álbuns ao vivo no mesmo dia

210 acessosSom de Peso: uma resenha do "Vol 4" do Black Sabbath837 acessosBlack Sabbath: Geezer Butler tem 120 riffs para novo projeto893 acessosBlack Sabbath: em vídeo, dez grandes covers de músicas da banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

KerrangKerrang
Os 5 melhores álbuns feitos em pouco tempo

Heavy MetalHeavy Metal
Fãs sofrem mais de ansiedade e depressão?

BaixistasBaixistas
Steve Harris ganha de Cliff Burton em votação

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"


Iron MaidenIron Maiden
Os álbuns da banda, do pior para o melhor

Black SabbathBlack Sabbath
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

RockstarsRockstars
Filhos de roqueiros seguindo os passos dos pais

5000 acessosAquiles Priester: Posters, action figures e latinhas de coca-cola5000 acessosIron Maiden: ouça o baixo de Steve Harris isoladamente5000 acessosAngra e Detonator: "Sem nenhuma dúvida, esse cara comprou a mídia!"5000 acessosZakk Wylde: "Dimebag criou uma nova forma de música"5000 acessosBon Jovi: sexo, drogas e... Jon Bon Jovi?5000 acessosDetonator: versão metálica do hit "Amor de Chocolate"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de outubro de 2014


Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online