Metallica: ordem judicial contra mulher suspeita

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Basso, Fonte: TMZ.com, Tradução
Enviar Correções  

De acordo com TMZ.com, uma mulher acusada de espionar Justin Timberlake foi proibida de estar em qualquer lugar próximo dos membros do METALLICA - os gigantes do Metal entraram com uma ordem restritiva contra ela em março.

Metallica: Lars Ulrich e quando poderemos esperar novo material da banda

Tamanho é documento?: os Rock Stars mais altos e baixos

Os documentos - que podem ser baixados como um arquivo PDF na internet (cortesia de TMZ.com) - foram registrados no Tribunal Superior do Município de Los Angeles pelo baterista Lars Ulrich, que pediu que Karen Jane McNeil ficasse a pelo menos 140 metros de distância de todos os membros da banda, das famílias deles e das pessoas que administram o fã-clube do METALLICA.

Uma outra ordem restritiva foi concedida a Justin Timberlake contra Karen Jane McNeil semana passada depois dele dizer que ela havia estado em sua casa, entrando pelo portão e se recusado a sair.

Axl Rose também teve problemas com McNeil no início de 1995 - ela foi condenada a um ano de prisão por violar uma ordem judicial para ficar longe do frontman do G'NR.


adWhipDin adWhipDin