Metallica: "Jason é um cara muito legal", diz Trujillo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Gabriel Costa, Fonte: MercuryNews.com
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 17/12/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Jon Matsumoto, do MercuryNews.com, conduziu uma entrevista com o baixista do METALLICA, Robert Trujillo, na qual o músico conta que o processo de tornar-se parte da veterana banda foi estranho e até mesmo desconfortável, uma vez que aconteceu na frente das câmeras, durante a gravação do documentário "Some Kind of Monster".

543 acessosMetallica: Lars queria ver Phil Rudd tocando Enter Sandman5000 acessosSonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejados

"Eu ficava um pouco nervoso com a equipe de filmagem lá todo dia", admite Trujillo. "Não havia esconderijo, porque eu era parte do espetáculo. Eu percebi que simplesmente teria que engolir aquilo e tentar não pensar demais a respeito. Foi um período de transição bastante pesado para a banda. Eu sei que James [Hetfield, guitarra e voz], às vezes, estava andando sobre gelo fino."

Seis anos depois, no entanto, o baixista afirma que a banda segue a todo vapor, e diz que pretende ter uma participação maior na composição do sucessor de "Death Magnetic", que também deve ser produzido pelo renomado Rick Rubin.

"Tem bastante coisa no álbum onde eu tive voz ativa", nota Trujillo. "Mas, pessoalmente, eu senti que o meu papel — e essa foi a minha escolha — era absorver o processo e realmente aprender a arte da composição através dos olhos do METALLICA. Quando Lars [Ulrich, bateria] e James constroem e arranjam uma canção, é bem especial. Você realmente tem que deixá-los alimentarem-se um do outro. Você não quer arruinar aquele fluxo de energia."

Na entrevista, Trujillo conta ainda que foi bem recebido na banda, diferentemente do baixista anterior, Jason Newsted, que foi vítima de lendárias "brincadeiras" ao substituir o falecido Cliff Burton, que gravou os três primeiros álbuns do METALLICA.

"Quando eles passaram pela transição (comigo), eles tiveram que perceber que tinham que tratar as pessoas com mais respeito, e eles cresceram", sugere. "Eles tinham suas questões com Jason. Não é realmente meu papel comentar sobre isso."

"Jason é um cara muito legal. Eu não tive nada a não ser ótimas experiências com ele. Eu sei que quando entrei na situação eles me receberam de braços abertos. Foi quase surreal, porque eu estive em situação similares profissionalmente onde eu não era incluído nas reuniões de banda."

Leia a entrevista completa (em inglês) neste link.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MetallicaMetallica
Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington

543 acessosMetallica: Lars queria ver Phil Rudd tocando Enter Sandman0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

Dave MustaineDave Mustaine
Vocalista comenta sobre os ex-colegas do Metallica

MetallicaMetallica
Banda dubla Rihanna em trailer de "Carpool Karaoke"

Thrash MetalThrash Metal
A paranóia do holocausto nuclear

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

SonhoSonho
Os 10 palcos de shows mais desejados

Collectors RoomCollectors Room
A coleção de Gastão Moreira, ex-VJ do programa Fúria Metal

Pagando micoPagando mico
10 maneiras de ser humilhado em um show

5000 acessosSlayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxo5000 acessosRock Cristão: as principais bandas nacionais5000 acessosSlipknot: Mick Thomson esfaqueado em briga com irmão5000 acessosIron Maiden: Lady Gaga acordou às 5 da manhã para comprar TBOS4148 acessosThe Walking Dead: e se a série fosse refeita com astros do Rock?4246 acessosQueen: polêmico cover traz Freddie Mercury saindo do túmulo

Sobre Gabriel Costa

Carioca, jornalista por profissão e roqueiro de nascença, Gabriel teve o primeiro contato direto com o rock and roll ao ouvir o álbum de estreia do Black Sabbath em um velho vinil de seu pai. Garoto do século 20, nascido em 1984, é absolutamente fascinado por tudo o que envolve o estilo, da música à mitologia. Canta na banda Six Pack Wonder, escuta de Backyard Babies a Strapping Young Lad, ama The Wildhearts e segue fielmente os ensinamentos de Lemmy e Danko Jones. Escreve no Twitter em http://twitter.com/gabrielccosta.

Mais matérias de Gabriel Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online