Ulrich: "Não sou um baterista particularmente talentoso"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar correções  |  Comentários  | 


A MusicRadar postou em 2008 um trecho de uma entrevista com o baterista do METALLICA, Lars Ulrich, realizada pela revista Rhythm. Confira abaixo.
4578 acessosMetallica: Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington5000 acessosSlipknot: 10 vezes em que Joey Jordison foi um verdadeiro herói

Rhythm: O Rick Rubin [produtor do "Death Magnetic"] o forçou a tocar bateria melhor?

Lars: "Ele me forçou a ouvir aos outros caras. Nós temos esta tendência de 'você começa com as baterias, e então você adiciona isto, e isto...' como se tivesse construindo uma casa, com as baterias sendo a fundação e o resto vindo posteriormente. Mas ele não queria isso - ele queria que nós todos tocássemos juntos e interagissemos uns com os outros. Sua coisa toda era: 'Nós não vamos entrar em estúdio até que as músicas estejam escritas. Nós não vamos gravar até que vocês possam tocar estas músicas com suas mãos amarradas nas costas e de ponta-cabeça, enquanto estiverem dormindo...' Então o estúdio não é mais um lugar de criatividade, é um lugar de execução. Ele me fez tocar melhor porque ele nos fez ensaiar mais."

Rhythm: Você recebeu várias críticas durante os anos por pessoas que o acusam de ser um baterista ruim. Isto te incomoda?

Lars: "Costumava incomodar, há tempos atrás - e eu passava muito do meu tempo tentando compensar isso nos discos mais antigos. Mas então um dia você acorda e fica meio indiferente a isso. Isto não tem me incomodado há cerca de 15 anos. Eu não sou um Joey Jordison, eu não sou um Mike Portnoy, e eu não tenho nada além de amor e respeito e admiração por todos esses caras. Quando eu ouço alguns jovens, eles me deixam pasmos com o que conseguem fazer com seus pés e essas coisas - mas não é algo que me faz pensar, 'eu preciso me sentir melhor comigo mesmo então eu preciso aprender como fazer o que eles fazem com meus pés'. Eu não sou um baterista particularmente talentoso mas eu sou muito, muito, muito bom em entender o papel da bateria junto da guitarra base de James Hetfield. Eu te garanto que eu sou o melhor cara do mundo nisso, e isso é o suficiente para mim!"

Comente: Qual a sua opinião sobre a maestria de Lars Ulrich com as baquetas?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 27 de agosto de 2012
Post de 16 de outubro de 2014
Post de 11 de maio de 2016
Post de 26 de junho de 2017

MetallicaMetallica
Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

MetallicaMetallica
Tom Araya, do Slayer, critica o "Death Magnetic"

MetallicaMetallica
Animação 3D recria tempos do "Ride The Lightning"

MetallicaMetallica
Lars conta que o "Kill' Em All" influenciou novo álbum

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

SlipknotSlipknot
10 vezes em que Joey Jordison foi um verdadeiro herói

Dave MustaineDave Mustaine
A bizarra semelhança com um Cocker Spaniel

Cê tá de brincadeira?Cê tá de brincadeira?
Quando grandes nomes vacilam

5000 acessosThe Simpsons: 10 melhores aparições de roqueiros no desenho5000 acessosOzzy Osbourne: Sharon conta como o Madman tentou assassiná-la5000 acessosEm 21/08/1989: Morre Raul Seixas, que seria encontrado morto no dia seguinte5000 acessosMegadeth: temas de filmes e desenhos que talvez você não conheça5000 acessosOzzy Osbourne: a última conversa com Lemmy Kilmister5000 acessosIron Maiden: desvendando a música "Paschendale"

Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online