Ozzy Osbourne: imagem, turnês e tecnologia digital

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Eduardo Marcolino, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/02/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Michaeil Schreiber, do site Mainstreet.com, recentemente entrevistou OZZY OSBOURNE. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

1028 acessosGuns N' Roses: em 2° lugar no ranking dos que mais faturaram em 20165000 acessosHeavy Metal: quais as 10 melhores vozes da história?

Sobre sua imagem atual, comparada à da época do BLACK SABBATH e de sua subsequente carreira solo.

"O que você vê de mim é o que eu sou. Acredite. Minhas brincadeiras não foram nada além de brincadeiras. Eu não pensava 'vou morder as cabeças dessas coisas e aparecer nas primeiras páginas amanhã.' Se eu tivesse este dom, teria feito zilhões de dólares."

Sobre as mudanças na indústria da música:

"Acabaram-se os dias do roqueiro boêmio que faz uma turnê a cada lua azul, vai pro estúdio e simplesmente vende suas gravações. O trem dos 'royalties' está quebrado para sempre."

Sobre o impacto da tecnologia digital em relação à organização e produção de um show:

"Nos anos 70 e começo dos anos 80 não tínhamos celulares. Eu tenho um agora, mas não uso. Não sei mexer num computador e, particularmente, não tenho vontade. Nos velhos dias, tudo que o empresário fazia era te dar um pedaço de papel com a hora de chegada, a hora de ir para o palco e, se você se perdesse, bastava parar e pedir ajuda. E agora você tem fios e computadores. Se o sistema quebra, vira um caos".

Leia a entrevista completa (em inglês) neste link.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Guns N RosesGuns N' Roses
Em 2° lugar no ranking dos que mais faturaram em 2016

541 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?112 acessosMarcos de Ros: Tony Iommi, Dois Dedos de Prosa1383 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Vinny AppiceVinny Appice
"Dio era como um pai para mim"

HumorHumor
Como cantar grandes clássicos do Heavy Metal

Heavy MetalHeavy Metal
Fãs sofrem mais de ansiedade e depressão?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

Heavy MetalHeavy Metal
Quais as 10 melhores vozes da história?

Danilo GentiliDanilo Gentili
O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiro

Álbuns de rockÁlbuns de rock
Kerrang! aponta os 100 melhores de todos os tempos

5000 acessosFotos de Infância: Steven Tyler, do Aerosmith5000 acessosMarilyn Manson: "Sou o monstro do Lago Ness! Sou o Bicho Papão!"5000 acessosSlayer: fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela banda5000 acessosThin Lizzy: Scott Gorham e as lembranças de Phil Lynott5000 acessosLinkin Park: um exemplo mostra que é a banda mais foda do mundo5000 acessosSerguei: comentários sobre a morte de Jimi Hendrix

Sobre Eduardo Marcolino

Nascido em 1987, em Niterói/RJ, é guitarrista desde os 14 anos de idade. Toca na banda ANXTRON (rock progressivo instrumental), que fundou em 2003. Sua banda favorita é o Dire Straits e seus maiores ídolos são Mark Knopfler, Joe Satriani e Gary Moore.

Mais matérias de Eduardo Marcolino no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online