Blur: tocar baixo é mais fácil que cuidar da fazenda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Gigwise.com, Tradução
Enviar Correções  

Alex James admitiu que ele acha que cuidar de uma fazenda é mais difícil do que tocar baixo no BLUR.

James começou uma nova carreira como produtor de queijo quando o BLUR entrou em um hiato na última década.

Em uma entrevista para a XFM o baixista admitiu que, apesar dele amar seu novo trabalho ele o achou mais punitivo do que jamais imaginou.

publicidade

"Baixista é provavelmente um dos trabalhos mais fáceis do mundo", ele disse.

"Agora eu tenho o mais difícil deles, um fazendeiro. Você tem que levantar cedo. Eu pensei que estive meio que me aposentado para ter uma vida tranquila, mas eu estou mais ocupado do que nunca. Mas eu estou amando.

James, que fez uma breve pausa na fazenda no último verão para voltar ao BLUR, descreveu sua recente reforma como "maravilhosa".

publicidade

E ele disse que o reacendimento de amizades entre os membros da banda significou que "sempre haveria o Blur", ainda que o grupo não estivesse tocando junto.

James está atualmente criando um novo queijo para o Príncipe de Gales, que ele descreveu como o "queijo mais fino do mundo".




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Two and a Half Men: Participações de astros do rockTwo and a Half Men
Participações de astros do rock

Iron Maiden: o passado vergonhoso registrado em fotosIron Maiden
O passado vergonhoso registrado em fotos


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin